Space Jam (1996) & Looney Tunes: Back in Action (2003):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de uma das melhores franquias da Warner Bros.

space-1

Space Jam: O Jogo do Século (1996):

Direção Joe Pytka, produção Ivan Reitman, Joe Medjuck e Daniel Goldberg, coprodução Sheldon Kahn, Curtis Polk e Gordon Webb, produção executiva David Falk e Ken Ross, argumento Leo Benvenuti, Steve Rudnick, Timothy Harris e Herschel Weingrod. Elenco Michael Jordan, Bugs Bunny, Daffy Duck, Lola Bunny, Wayne Knight, Bill Murray, Theresa Randle, Danny DeVito (voz) e Billy West (voz). Produção Warner Bros. Family Entertainment, Ivan Reitman e David Falk-Ken Ross, distribuição Warner Bros.

space-3

Sinopse: Após alcançar o auge da sua carreira de jogador de basquetebol, Michael Jordan decide encerrar sua carreira no esporte que o consagrou e migrar para a carreira de jogador de beisebol. Enquanto isso, num lugar no espaço, em um planeta chamado Montanha Bobolândia, que na verdade é um parque de diversões espacial, o ganancioso chefe do planeta, Swackhammer, discute com seus minúsculos empregados, os Nerdlucks, nome não mencionado durante a dublagem brasileira, que necessita de ideias para criar novas atrações para seu parque de diversões. E num painel de vídeo vê vários desenhos animados dos Looney Tunes, que é o grupo de Pernalonga e seus amigos e deduz que seria uma boa ideia tê-los como a atração do parque de diversões e ordena que seus servos viajem até a Terra e capturem os divertidos personagens. Lá, após grande discussão, fica estabelecido que teria de haver uma disputa entre os Looney Tunes e os Nerdlucks para decidir o destino dos personagens terrestres. Então em uma reunião, Pernalonga, Patolino, Gaguinho, Hortelino e Frajola, a julgar pela pequena altura dos invasores, deduzem que a disputa seria facilmente resolvida em uma partida de basquetebol. Em desvantagem, os Nerdlucks vão assistir a partidas de basquetebol e, com poderes estranhos, roubam e absorvem as habilidades de cinco grandes jogadores da NBA (Charles Barkley, Patrick Ewing, Muggsy Bogues, Larry Johnson e Shawn Bradley) e após absorverem tais habilidades, se tornam monstros gigantes e a partir de então são chamados de Monstars, e passam a desvantagem para os Looney Tunes. Depois disto, os Tunes capturam Michael Jordan e explicam a ele toda a situação. Michael decide ajudá-los na partida.

space-2

Comentários: Muitas estrelas da NBA apareceram no filme como eles mesmos, Além de Jordan, um número de jogadores e treinadores da NBA apareceram no filme. Larry Bird interpreta um amigo da Jordan, que se junta a ele para um jogo de golfe. Quando os Monstars roubam o talento dos jogadores da NBA, eles invadem um jogo entre o Phoenix Suns e o New York Knicks, fazendo com que Patrick Ewing, que jogava no Knicks, e Charles Barkley, que jogava no Suns, cometerem erros durante o jogo. Nessas cenas, os jogadores Knicks, Charles Oakley e Derek Harper e os Suns A. C. Green, Danny Ainge, e Paul Westphal (técnico) também são vistos em campo. Mais tarde no filme, Ewing e Barkley são unidos pelos que agora “estão extremamente sem talento” Larry Johnson, Muggsy Bogues e Shawn Bradley. Além disso, quando o Los Angeles Lakers tenta evitar um jogo de basquetebol com medo de serem infectados, Lakers Vlade Divac, Cedric Ceballos, Anthony Miller, e o técnico Del Harris fazem uma curta aparição. Aparições rápidas semelhantes também foram feitas por Jeff Malone, Alonzo Mourning, e Sharone Wright, o comentarista de TV Jim Rome e Ahmad Rashad. Durante a parte do filme, quando Jordan retorna para o Chicago Bulls, eles jogam no Orlando Magic onde Shaquille O’Neal pode ser visto correndo atrás da bola. Apesar de ter recebido críticas mistas para negativas, Space Jam foi um sucesso de bilheteria. No final de seu funcionamento, o filme arrecadou US$ 91 milhões nos Estados Unidos e mais de US$ 230 milhões internacionalmente tornando-se o filme de basquetebol mais rentável, com um orçamento de apenas US$ 80 milhões, dando inveja a muito filme de futebol por aí. Em 2014, a especulação de que uma sequência do filme fosse acontecer era minúscula e improvável. Fontes diziam que a estrela desse novo filme seria LeBron James junto aos Looney Tunes. Em 2015, começaram as improváveis negociações para o filme e até junho nada foi informado. Mas no dia 15 de junho de 2015 foi confirmado que a Warner Bros. estava perto de finalizar as negociações tanto para o filme quanto para escalar James. Em 24 de julho de 2015, foi confirmado que o filme iria acontecer, mas as negociações com James ainda não tinham sido finalizadas. Em 2 de maio de 2016, o Hollywood Reporter confirmou a produção do filme, com direção de Justin Lin (Velozes e Furiosos).

looney-1

Looney Tunes: Back in Action (2003):

Direção Joe Dante, roteiro Larry Doyle, elenco Pernalonga, Patolino, Brendan Fraser, Jenna Elfman, Steve Martin, Heather Locklear e Joan Cusack. Distribuição Warner Bros. Pictures.

looney-2

Sinopse: Patolino é demitido da Warner Bros por sugestão de Kate Houghton (Jenna Elfman), a nova vice-presidente de comédia da companhia, que diz que ninguém mais o acha engraçado. Kate manda o segurança que também é dublê D.J Drake (Brendan Fraser) o expulsar da Warner. É quando Patolino, ao se notar como um coadjuvante sem herói, resolve se aliar a Drake, por causa de um poderoso diamante (o macaco azul, que pode transformar humanos em macacos e macacos em humanos) citado pelo pai de Drake (Timothy Dalton), um espião secreto disfarçado de ator que fora capturado e assim impedido de continuar sua missão de destruir o diamante. Assim Kate, Drake, Patolino e Pernalonga saem de Hollywood em busca do tal diamante (Kate só vai por que os irmãos Warner ameaçam demiti-la se ela não trouxer o Patolino de volta). Se eles não encontrarem a jóia antes do vilão Luther (Steve Martin), ele vai transformar os humanos em macacos para trabalharem na indústria dele, a ACME, e depois fazê-los virarem humanos de volta para comprar seus produtos.

looney-4

Curiosidades: Looney Tunes, diferente de Space Jam, não foi bom na bilheteria, porem ganhou muitas criticas positivas ao seu respeito por ser um filme extremamente infantil. Com o orçamento de US$ 80 milhões, o filme conseguiu apenas fatura na receita mundial de US$ 68.5 milhões, o que cancelou qualquer continuação da franquia. O diretor Joe Dante apelidou Looney Tunes – De Volta à Ação de “Anti-Space Jam”, uma referência ao ódio que tem pelo modo como os Looney Tunes foram retratados no filme. O ator Jackie Chan chegou a estar cotado para atuar em Looney Tunes – De Volta à Ação, mas não fechou. Numa sala da Warner pode ser vista a estátua do pássaro preto, de Relíquia Macabra (1941). Há também pôsters dos filmes Qual é o Caminho do Front? (1970) e As Loucuras de Jerry Lewis (1983), ambos estrelados por Jerry Lewis, que podem ser vistos nas cenas em Paris. No filme, há uma parte em que o Pernalonga é atingido pelo raio do diamante do macaco azul, que o transforma na sua forma primitiva, que é o Happy Rabbit (disponível somente nos extras do DVD). A ótima participação de Timothy Dalton como espião é uma piada e referencia a James Bond onde Dalton interpretara 007 e há uma sequência em que Pernalonga ao apertar um botão e o coelho veste um smoking, traje comumente usado por 007 a frase “batida, não mexida”, referência a bebida favorita de 007. Dalton foi o Bond dos filmes “007 Marcado para a Morte” e “007 – Permissão Para Matar”. Um ótimo Easter Eggs é quando o personagem Salsicha e seu amigo Scooby Doo aparecem rapidamente discutindo com o ator Matthew Lillard que interpretou o Salsicha nas franquias Scooby Doo: O Filme e Scooby-Doo 2: Monstros à Solta, pois segundo o Salsicha do desenho, o ator teria o interpretado com um alienígena idiota, ele ainda ameaça bater ator e Scooby ameaça o morder. Na Área 52, que faz referência à real Área 51, pode ser visto um Dalek branco atacando os protagonistas, uma clara referência ao seriado britânico Doctor Who.

looney-6

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.thor/

Mais do NoSet

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado.