“Soldados do Araguaia”, de Belisario Franca, estreia 22 de março. - NoSet
Cinema

“Soldados do Araguaia”, de Belisario Franca, estreia 22 de março.

O documentário Soldados do Araguaia, de Belisario Franca (Menino 23), estreia no dia 22 de março. O longa, que participou da 41ª Mostra Internacional de Cinema, em São Paulo, conta a história dos soldados de baixa patente enviados para o interior da selva amazônica com a missão de exterminar a Guerrilha do Araguaia, movimento de oposição à Ditadura Militar no país. Quarenta anos depois do fim da guerra, eles descrevem pela primeira vez a sua versão dos fatos. A produção e distribuição é da Giros Produtora. O documentário foi realizado com o apoio do canal Cinebrasil TV.

O filme, roteirizado por Belisario Franca e Ismael Machado, retrata uma guerra sem vencedores. Rejeitados pela História por sua filiação ao Exército e pelos próprios militares por suas denúncias contra a corporação, os soldados não trouxeram para casa nada além de cicatrizes e traumas do horror que testemunharam.

Soldados do Araguaia dá sequência à “trilogia do silenciamento”, um projeto de Belisario Franca que promete recuperar histórias e personagens brasileiros que vivem à margem da historiografia nacional. O primeiro filme da trilogia foi o premiado Menino 23, lançado em 2016.  “Vivemos num tempo em que muitos alimentam a ideia de que “o melhor para a sociedade é dirigir o olhar para o futuro”, para fazer do silêncio sobre o passado uma norma. Essa postura é ingênua e entrega nossos destinos nas mãos de quem quer fazer prevalecer versões edulcoradas da realidade brasileira. Ao examinarmos a situação do Brasil, que saiu da ditadura sem que o tempo de violações tenha sido suficientemente passado a limpo, verificamos que ele está entre os países que mantêm um alto padrão de violência. Ser a nação que prefere a negação — do racismo, da violência, do machismo, do extermínio das populações indígenas — permite a perpetuação dessas práticas”, afirma o diretor Belisario Franca.

Para garantir que o filme seja um dispositivo para gerar reflexões e debates a partir dele, em um momento que a sociedade brasileira se prepara para discutir mais uma vez nas urnas o seu futuro, foi elaborado um plano de impacto para Soldados do Araguaia. A estratégia de impacto tem foco na difusão e acesso do filme junto às diversas camadas da sociedade (ONG´s, comunidades, ativistas, formadores de opinião, movimentos sociais, universidades, entre outros) e na construção de relacionamento com esse público antes e depois do lançamento comercial do filme.

Algumas exibições estratégicas já foram realizadas e outras a caminho, com destaque para as ações em parceria com o projeto Clínicas do Testemunho em Marabá, Belém e Rio, com a UERJ, UFRJ, UNICAMP e com a OAB/RJ através das Comissões da Reparação da Escravidão Negra no Brasil e Direitos Humanos.

SINOPSE:

Soldados do Araguaia é um documentário que se propõe a dar voz às memórias e traumas de soldados de baixa patente do Exército Brasileiro que combateram a controversa Guerrilha do Araguaia. Marginalizados pela historiografia oficial por sua filiação ao Exército e pelo próprio Exército por suas denúncias contra a corporação, esses personagens encontram aqui uma oportunidade inédita de compartilhar sua versão dos fatos. Da convocação junto às comunidades ribeirinhas e rurais até a dispensa após o extermínio da guerrilha comunista, os relatos dos ex-soldados compõem uma narrativa em que recrutas e guerrilheiros se confundem debaixo da opressão militar. No Vietnã brasileiro, os vencedores retornam apenas como fantasmas: mesmo aqueles capazes de ultrapassar a psicose, o alcoolismo, o desejo de suicídio e inúmeras manifestações de estresse pós-traumático precisam lutar até hoje para superar os episódios de abuso e violência que sofreram e testemunharam.

FICHA TÉCNICA:

Direção: Belisario Franca

Pesquisa: Ismael Machado

Roteiro: Belisario Franca e Ismael Machado

Produtora e distribuidora: Giros

Produção: Bianca Lenti e Maria Carneiro da Cunha

Produção executiva: Cláudia Lima e Michelle Maia

Edição: Yan Motta

Música: Yan Motta

Fotografia: Mário Franca

Realizado com o apoio deCinebrasil TV 

SOBRE A PRODUTORA E DISTRIBUIDORA – GIROS PRODUTORA

Há 20 anos na indústria cinematográfica, a GIROS é dirigida por Belisario Franca, Maria Carneiro da Cunha e Bianca Lenti, e já produziu mais de 1400 horas de conteúdo audiovisual para TV e cinema em narrativas factuais, documentais e ficcionais, exibidas em alguns dos principais canais do mundo e nos eventos mais importantes do setor.

As realizações da Giros foram premiadas em diversas competições de referência no mercado. Entre esses projetos, podemos destacar: Menino 23 – documentário vencedor do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2017 nas categorias “Melhor Documentário” e “Voto Popular: Documentário”;  “Música do Brasil” – série vencedora do Grande Prêmio do Cinema Brasileiro de 2001 na categoria “Melhor Produção Cultural para Televisão” e medalha de prata no New York Film Festival, indicada ainda ao Emmy International em 2000; Além Mar, documentário premiado pela International Documentary Association de Los Angeles na categoria “Melhor Documentário”; “7x Bossa Nova” – série medalha de prata no New York Film Festival; e Estratégia Xavante – documentário que recebeu o título de “Melhor Criação de Arte e Mídia” em premiação das Nações Unidas, em Nova York.

Canais de televisão como Futura, TV Globo, GNT, History Channel, TV Brasil, Multishow, MTV, Animal Planet, Discovery Networks e Disney Channel são algumas das mais de 40 emissoras, nacionais e internacionais, que exibiram as séries e documentários produzidos pela Giros.

Ao longo dos anos, a produtora acumulou sólida experiência em projetos de caráter cultural, nos quais as constantes são a relevância, o apuro na pesquisa, a linguagem estética arrojada e o padrão de excelência na produção.

Em 2017, em comemoração às suas duas décadas de vida, a Giros trouxe várias novidades – desde séries que já estrearam, como “TED Compartilhando Ideias” (Canal Futura), “Homo Brasilis” e Fé na Batida (Arte 1), “Latitude, Longitude”, “De Mala e Cuia” (TVs Públicas) e “Imortais da Academia” (ambas do Canal Curta!) até séries que ainda estão para estrear, “Esse Negócio de Livro”  e “ Geografia do Movimento “(Canal Curta!).  Em 2018 o foco está nas séries de ficção que estão em pré-produção e produção, como “Baile de Máscaras” (TVs Públicas), JUNGLE PILOT (Universal) e “Queimamufa!” (Canal Futura), além de documentários como Apenas Meninas (coprodução HBO) e Até que se Prove o Contrário.

 SOBRE O CINEBRASIL TV

O CINEBRASiLTV traz ao grande público uma linguagem cinematográfica refinada. Aqui é o olhar do autor, ciente da força de comunicação da imagem, quem conduz o espectador crítico a refletir sobre as transformações culturais brasileiras.
Exclusiva e original, nossa programação comunica a atualidade do Brasil para quem tem sede de conhecimento, de empoderamento e de identidade.
O nosso conteúdo tem alma, inspira o desejo de saber, fala das verdades da História e do sentido de justiça com um olhar contemporâneo para o futuro. A força da informação em sua complexa engenharia de realidade.
Documentários autorais investigativos, que trazem ao espectador o que a grande mídia se furtou a fazer. Séries ficcionais inéditas que refletem comportamentos, conflitos e relações humanas. Séries documentais que resgatam tradições das curvas do Brasil profundo.
No CINEBRASiLTV a simplicidade e a autenticidade de gente comum tem estilo: um universo mais quente e humano, consciente e forte, poético e pop. Um outro mundo é  possível. E ele é mais do seu jeito.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

NoSet é um lugar para se divertir e descobrir curiosidades sobre cinema, séries, HQ’s, games, músicas, livros e muito mais. Além de notícias você também pode ouvir nossas opiniões pelo podcast, sempre de um jeito inteligente e descontraído. Sejam bem-vindos e sintam-se na poltrona do seu cinema favorito.

Siga nosso Twitter

Assinar NoSet por Email

Digite seu endereço de email para receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 125.079 outros assinantes

Facebook

Copyright © 2016

Topo