Amazing Stories de Spielberg (2020) - NoSet
Review

Amazing Stories de Spielberg (2020)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de uma premiada série de Spielberg que teve mais uma temporada em 2020 pela Apple TV.

Amazing Stories (1985 – 2020): Amazing Stories é uma premiada série de televisão antológica de fantasia, horror e ficção científica criada pelo diretor e produtor Steven Spielberg que foi ao ar pela NBC de 1985 a 1987 nos EUA (No Brasil, no começo dos anos 90). Era uma série inusitada desenvolvida no formato de Além da Imaginação (The Twilight Zone), com histórias, do tipo que são contadas ao redor de uma fogueira ou lidas à noite para as crianças. Contos voltados para a fantasia, mas que também exploram os gêneros humor, suspense, drama e terror, e teve participação de muitos atores famosos, como Kiefer Sutherland, Charlie Sheen, Tim Robbins, Mark Hammil, John Lithgow, Patrick Swayze, Kevin Costner, David Carradine, Dan Aykroyd e Danny DeVito. Embora indicada a 12 Emmy Awards (resultando em 5 vitórias), não emplacou e a NBC não renovou o contrato após 2 anos de exibição.

A série tem esse nome devido a Amazing Stories, uma famosa revista pulp de ficção científica. No Brasil, a versão brasileira foi realizada pelo estúdio BKS (SP), e a série foi exibida na tevê aberta pela Rede Globo. Em março de 2008, a primeira temporada da série foi lançada em DVD no mercado brasileiro, pela Universal. Em 10 de outubro de 2017, anunciou-se que a Apple fez um acordo com a Amblin Entertainment de Steven Spielberg e a NBC Universal para desenvolver uma nova série de dez episódios, com Bryan Fuller sendo showrunner. Em 2020, após vários problemas internos, a série foi produzida para a Apple TV + e seus produtores executivos incluem Spielberg, Edward Kitsis , Adam Horowitz , Darryl Frank e Justin Falvey. Estreou em 6 de março de 2020 com apenas 5 capítulos.

Amazing Stories 2020 (Sinopse por episódio): Em Iowa, um homem ajudando seu irmão a restaurar uma antiga fazenda encontra um portal de tempo no porão da tempestade. Desta vez, o portal o leva a 1919, onde ele se apaixona por uma mulher lá. Elenco: Dylan O’Brien , Victoria Pedretti, Micah Stock, Sasha Alexander , Gabriel Olds e Cullen Douglas .

Após uma tragédia, dois melhores amigos encontram seu vínculo testado quando de repente transcendem o mundo físico depois que um deles é morto em um acidente de carro e agora é um fantasma que o outro pode ouvir. Elenco: Hailey Kilgore, E’myri Crutchfield e Shane Paul McGhie .

Um velho que vive com seu neto e sua família recebe um anel misterioso que o transforma em um super-herói como seu Dynoman, favorito dos fãs. Elenco: Robert Forster, Tyler Crumley, Kyle Bornheimer e Alison Bell.

Quando sua mãe acorda de um coma de seis anos, a adolescente Alia luta para se reconectar com esse estranho que não consegue se lembrar de sua própria vida. Elenco: Michelle Wilson, Sasha Lane, Josh Holloway e Linda Park.

Quando um piloto da Segunda Guerra Mundial cai no estado moderno de Ohio, uma jovem viúva e seu enteado são levados em busca de casa. Este episódio é adaptado de uma graphic novel de 2017, com o mesmo título, de Don Handfield, Richard Rayner e Leno Carvalho (Ilustrator). Elenco: Edward Burns , Kerry Bishé e Austin Stowell.

Crítica: Simplesmente maravilhoso, Amazing Storys tem o DNA de Spielberg, com seu parceiro musical John Williams, levando aos saudosistas ao mundo encantando que ele mesmo criou nos anos 80 com filmes como ET (1982), Os Caçadores da Arca Perdida (1981), De Volta para o Futuro (1985), Gremlins (1984), Os Goonies (1985), Hook (1991) e revividos todos neste século com O Jogador Número 1 (2018). Todos clássicos de sua genialidade, sendo dirigindo ou produzindo, Spielberg é uma das maiores referência cinematográficas de uma geração que viveu seus sonhos e suas histórias incríveis. Cada capítulo de Amazing Storys é um pouco tudo que vimos de cinema de uma geração que respirou seus personagens imortais como Indiana Jones ou Marty McFly, e hoje tem o prazer de saborear um pouco mais. Spielberg faz uma grande homenagem aos anos 80 em sua série.

Curiosidades: Em 23 de outubro de 2015, foi anunciado que a NBC estava desenvolvendo uma reinicialização da série de televisão de antologia de 1985 Amazing Stories, criada por Steven Spielberg . Esperava-se que Bryan Fuller escrevesse o episódio piloto e os produtos executivos ao lado de Justin Falvey e Darryl Frank. As empresas de produção envolvidas na série foram programadas para consistir na Universal Television . Naquela época, não se esperava que Spielberg se envolvesse na série. Em 10 de outubro de 2017, foi anunciado que a Apple Inc. havia dado à produção um pedido de série para uma primeira temporada composta por dez episódios. Foi anunciado ainda que a Amblin Television serviria como uma empresa de produção adicional para a série. Em 7 de fevereiro de 2018, foi relatado que Fuller deixou o cargo de showrunner da série sobre diferenças criativas. Não estava claro se Fuller teria um papel diferente na produção daqui para frente, mas foi esclarecido que ele não havia entregue um script para a Apple antes de sua partida. Mais tarde naquele dia, também foi relatado que o produtor executivo Hart Hanson também estava saindo da série. Em 22 de maio de 2018, foi anunciado que Edward Kitsis e Adam Horowitz haviam ingressado na produção como produtores executivos e showrunners. Em 4 de dezembro de 2018, foi relatado que Mark Mylod iria dirigir um episódio do executivo da série produzido por Edward Burns.

A fotografia principal da série começou em novembro de 2018 na Geórgia, EUA . As filmagens aconteceram em vários locais do estado naquele mês, incluindo Alto , Forsyth , Griffin , Dobbins Air Reserve Base e Downtown Atlanta . Em dezembro de 2018, a produção foi filmada em áreas como Sandy Springs , Smyrna , Kirkwood e Flowery Branch. Em janeiro de 2019, a série estava trabalhando fora de locais em Atlanta, incluindo o Starlight Drive-In Theatre, o campus de Briarcliff da Emory University e o Centennial Olympic Park. No Rotten Tomatoes , a série tem uma classificação de aprovação de 42% com base em 26 análises, com uma classificação média de 5.15 / 10. O consenso crítico do site declara: “Embora as aspirações da Amazing Stories sejam admiráveis, parece mais uma reforma datada do que uma reinicialização sincera”. No Metacritic , ele tem uma pontuação média ponderada de 50 em 100, com base em 13 críticos, indicando “críticas mistas ou médias”.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo