A Trilogia Clash of Titans (1981/2010/2012): - NoSet
Cinema

A Trilogia Clash of Titans (1981/2010/2012):

Salve Nosetmaníacos. Noset assistiu a trilogia e indica.

clash 3

Clash of the Titans ou Fúria de Titãs (1981):

Direção Desmond Davis, roteiro Beverley Cross, elenco Harry Hamlin, Judi Bowker, Burgess Meredith, Maggie Smith e Ursula Andress.Clash of the Titans é um filme britânico de fantasia baseado no mito de Perseu da mitologia grega. No filme, a técnica de animação em stop motion é usada em larga escala para animar diversos monstros que aparecem no desenrolar da história. As criaturas criadas para o filme e sua animação ficaram a cargo do perito na animação em stop motion, Ray Harryhausen.

Sinopse: O rei Acrísio de Argos expressa sua raiva com relação a Zeus por ter engravidado sua filha, a princesa Dânae, lançando-a ao mar, em uma arca de madeira, juntamente com o filho de sua união com Zeus, Perseu. Despercebida por todos, uma pequena ave branca presencia toda a cena. Esta ave é, na verdade, o deus Posídon, que voa até ao Olimpo e informa Zeus da traição de Acrisio. Zeus ordena que Posídon liberte o Titã Kraken para que destrua Argos, inundando toda a cidade com o mar. Enquanto Argos é completamente destruída, Danae e Perseu aportam sãos e salvos na ilha de Sérifo, onde vivem felizes até Perseu tornar-se adulto.

THE KRAKEN CLASH OF THE TITANS (1981)

Crítica: Excelente filme fantasia de época que viveu no inconsciente coletivo de todo adolescente dos anos 80. O filme, com o sistema de da animação de Ray Harryhaussen em stop motion (tecnologia da época), fez nos acreditar em toda beleza e perigos mitológicos do herói Perseu (não confundir com Percy Jackson), da coruja de Atena, de Pégasus, da terrível Medusa e da incrível fúria do Kraken, único ser do filme que aterroriza e não faz parte da mitologia Grega. O diretor Davis ficou famoso com sua obra prima e o filme ainda tinha no elenco a maravilhosa Úrsula Andrews que fazia alegria da garotada e o ótimo ator Laurence Olivier. Passei várias tardes na Globo e não pedia uma Sessão da Tarde com o filme clássico.

perseus-in-temple

Curiosidades: Foi o último trabalho de animação e efeitos especiais feito pelo mestre do gênero, Ray Harryhausen,responsável pela animação de filme como Sinbad and the Eye of the Tiger (1977), Jason and the Argonauts (1963), The 7th Voyage of Sinbad (1958), entre muitos outros. As criaturas animadas por Ray Harryhausen foram o abutre, Calibos, Pégaso, Bubo, Medusa e o Kraken. Parte das filmagens foram feitas nos estúdios Pinewood onde foram rodados alguns dos filmes do agente 007, James Bond. O Kraken não é o nome de um Titã da mitologia grega e sim um monstro da mitologia escandinava. O ator Neil McCarthy só foi usado como Calibos em closes e tomadas de meio-corpo. Todas as outras cenas foram executadas com modelos em stop-motion.

Clash-of-the-Titans-Sam-and-Scorpion-Wallpapers

Clash of the Titans ou Fúria de Titãs (2010):

Direção Louis Leterrier, elenco Sam Worthington, Liam Neeson, Ralph Fiennes, Gemma Arterton, Mads Mikkelsen, Alexa Davalos e Danny Huston. Clash of the Titans é um filme americano, remake do original de 1981. Ambas as histórias baseiam-se no mito de Perseu.

Sinopse: Há muitos e muitos anos atrás, os deuses Zeus (Liam Neeson), Poseidon (Danny Huston) e Hades (Ralph Fiennes) se uniram e destruíram seus pais, os Titãs, com a ajuda do Kraken, um monstro nascido da carne do próprio Hades. Em seguida, eles dividiram o Universo entre si: Zeus ficou com os céus, Poseidon ficou com os mares e Hades foi enganado por Zeus e forçado a governar o Submundo. Pouco depois, Zeus criou os humanos, cuja fé era o que dava poder aos deuses. Porém, os humanos eventualmente se cansaram de serem manipulados pelos deuses como peças de xadrez e começaram a questioná-los. Muitos anos depois, um pescador chamado Spyros (Pete Postlethwaite) encontra um caixão flutuando na água e, dentro dele, uma mulher morta segurando um bebê, que ele e sua esposa adotam e batizam de Perseu (Sam Worthington). Anos depois, Perseu, agora adulto, e sua família estão pescando em alto-mar quando encontram soldados da cidade de Argo derrubando uma estátua de Zeus e declarando guerra aos deuses.

Movie-Clash-of-the-Titans-Wallpapers

Crítica: Apesar do ótimo elenco e diretor, o remake do clássico filme Fúria de Titãs não tem o mesmo charme de seu primeiro por causa do roteiro fraco e sem atuações convincentes.  O Roteirista original Beverley Cross (1981) teve muito mais cuidado com os detalhes e um desafio muito mair com a imaginação de quem assistia, devido as dificuldades e limitações que a técnica stop motion de Ray
Harryhaussen traziam em questão de enquadro e atuações reais. Infelizmente isso foi esquecido neste remake, o roteiro de Matt Manfredi, Phil Hay e Travis Beacham trabalha muito com o efeitos especiais e visual e esquece de se aprofundar na história. Não que o filme não explore o passado de Perseu, mas novamente Sam
Worthington não é digno dos deuses para ser a estrela principal do filme e empolgar a plateia contra os monstros olimpianos. Ralph Fiennes, Liam Neeson não estão preocupados em fazer algo grandioso e ficam no café com leite garantindo o leite das crianças. O problema maior do roteiro é que ele não convence e Perseu não convence que quer salvar a princesa junto com a humanidade em sua eterna dúvida em aceitar sua graça divina..Perseu é um chorão chato, que não quer ser deus mais que não convence ninguém como humano, nem os seus companheiros de batalha. Após o filme pronto, fizeram uma conversão quase porca para 3D, o que gerou muita reclamação do público e rejeição nas bilheterias. Que os deuses me perdoem, mas Percy Jackson e o Ladrão de Raios é muito mais carismático que Clash of Titans. Com o orçamento de US$ 125 milhões, o filme fez até uma boa receita de US$ 494 milhões e garantiu uma sequencia. Para quem assistiu a versão original, o final do remake é diferente proprsitalmente para ser corrigido na continuação.

2010_clash_of_the_titans-wide

Curiosidades: Esta foi a segunda vez que os atores Liam Neeson e Ralph Fiennes contracenaram no mesmo filme. A primeira foi em “A Lista de Schindler” em 1993. O diretor Louis Leterrier, em entrevista, declarou que o filme Clash of the Titans é uma homenagem ao mangá japonês Os Cavaleiros do Zodíaco, e afirmou publicamente ser fã da série desde criança, Com isso, a Warner Bros. chamou o criador Masami Kurumada para desenhar posters exclusivos para o mercado Japonês. Embora tenha sido sucesso de bilheteria, arrecadando mais de 475 milhões de dólares pelo mundo e tenha estreado em primeiro lugar em seu final de semana de estreia nas bilheterias brasileiras, com US$3,940 milhões arrecadados, o filme não foi bem visto pela crítica.

Wrath-of-the-Titans-wide_1920x1080

Wrath of the Titans ou Fúria de Titãs 2 (2012):

Direção Jonathan Liebesman, roteiro Dan Mazeau, David Leslie Johnson e Steven Knight, elenco Sam Worthington, Ralph Fiennes, Liam Neeson, Danny Huston, Gemma Arterton, Bill Nighy e Rosamund Pike.

Sinopse: Dez anos se passaram desde que Perseu (Sam Worthington), o semideus filho de Zeus (Liam Neeson), derrotou o monstro Kraken. Agora ele tenta levar uma vida calma de pescador e criar sozinho o seu filho de dez anos, Helius (John Bell) depois da morte da esposa Io. Zeus visita Perseu, dizendo que já que os deuses estão enfraquecidos pela falta de crença dos homens, a muralha do Tártaro que detém Cronos e os titãs está cedendo, e pede ajuda a Perseu. wratgh-of-the-titans-chimera

Crítica: Mudamos para um diretor Jonathan Liebesman, mais violento, com fortes cenas de ação e explosões, com filmes como A Batalha de Los Angeles, mas continuamos com os mesmo problemas de roteiro do filme anterior. Talvez um pouco melhor já que o filme passou a ter mais cenas de ação e efeitos especiais grandiosos e não se prendeu tanto ao roteiro de 1981, mas ainda um filme chato e uma motivação convincente. Temos mais poderes dos deuses e cenas monumentais de Ralph Fiennes e Liam Neeson lutando entre si, inclusive porque o filme foi feito desta vez primeiro para 3D, só que mesmo melhor que o primeiro, continuou não convencendo nas atuações do elenco. Sam Worthington continua fazendo o papel de Perseu Filinho de Papai Deus chato e que prefere ser humano a assumir sua graça divina. Só que agora tem um filho para criar sozinho. Mora em uma favela e ninguém leva fé nele, igual ao primeiro, só à outra chata da rainha que sobreviveu ao Kraken. No final, Ralph Fiennes dá a intenção que vai voltar para o terceiro filme da série, se a bilheteria ajudasse o que não ocorreu. Com orçamento razoável de US$ 150 milhões, o filem teve a baixa, mais ainda rentável receita de US$ 30 milhões e encerrou por enquanto a franquia. Wrath-of-the-Titans_03

Att.

Marcelo The Moura.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo