Cable: Das HQs para Deadpool 2 - NoSet
Cinema

Cable: Das HQs para Deadpool 2

Salve Nosetmaníacos, eu sou Marcelo Moura e hoje falamos de uma nova adaptação das HQs para o cinema. Qual a sua escolha? Quem deve interpretar o personagem?

Stephen Lang:

Cable ( Nathan Christopher Charles Summers):

Criado por Chris Claremont, Louise Simonson e Rob Liefeld, também conhecido por Nathan Christopher Charles Summers, Cable é um personagem das HQs da Marvel Comics. um mutante com poder telecinético. Além dessa capacidade superhumana, possui o braço esquerdo dominado por um vírus artificial implantado por Apocalipse. Cable liderou a primeira equipe a usar o nome de X-Force.

Liam Neeson:

Origem: O líder de campo dos X-Men, Ciclope, teve um filho com Madelyne Pryor, clone de Jean Grey que surgiu após a saga conhecida como a Morte da Fênix. Esse filho, Nathan Christopher Charles Summers é que tornou-se o Cable. Durante a época na qual Ciclope fazia parte do X-Factor, o vilão Apocalipse infectou seu filho com um vírus tecnorgânico. Não havia nenhuma forma de cura óbvia e o garoto parecia fadado a morrer. No entanto, pouco após a contaminação, surgiu uma mulher que alegava se chamar Askani e dizia ter vindo do futuro com o propósito específico de levar Nathan, a fim de salvá-lo. Askani, que era membro de um culto do futuro liderado por Rachel Summers, outra filha de Ciclope, cuidou de Cable. No entanto como Cable era vital para a realização de uma profecia e Askani não podia arriscar perdê-lo para o vírus, ela clonou a criança. O clone de Cable veio a se tornar seu principal antagonista, o mutante Conflyto. Ao se encontrar com a Feiticeira Escarlate usou muito de seu poder, mas as probabilidades levaram Conflyto a derrota, por Wanda, ser uma das mutantes nivel Ômega mais fortes existentes. Esta batalha aconteceu pelo fato de Wanda ter perdoado Magneto de seus crimes ao saber que este era seu pai. Conflyto julgando errado isso, a confrontou mas seu nível de energia se exauriu e sem forças sucumbiu. Quando estava desmaiando ,refletiu: “Tolice combater uma mutante nível Ômega.” mas Wanda, nem se quer se feriu nem o feriu, apenas o abandonou desmaiado e foi embora. Durante a infância de Cable as mentes de Scott Summers e Jean Grey foram transportados para o futuro e em corpos que se assemelhavam aos originais para que criassem e cuidassem de Nathan. Desde cedo o jovem mutante teve de aprender a usar seus imensos poderes telepáticos e telecinéticos para retardar o avanço do tecno-vírus em seu corpo. Sempre que Cable força seus poderes o vírus avança ainda mais. Não fosse pelo tecno-vírus o poder de Cable seria grande o bastante para colocá-lo entre os mutantes mais poderosos da história. Como Jean lhe disse uma vez enquanto ainda era criança “Você Nathan será capaz de captar o sussurro de uma mente do outro lado do planeta ou apagar uma estrela distante com um simples pensamento.” Passando a maior parte da sua vida lutando contra Apocalipse em seu futuro, Nathan chega a maturidade como um experiente soldado. Após tomar posse de Prona, a nave sapiente de Apocalipse, assumindo então o nome de Cable, ele se torna um viajante do tempo, atuando por meio de táticas de guerrilha em diversas épocas em prol da convivência pacífica entre humanos e mutantes e tentando impedir que Apocalipse chegue ao poder e seu futuro aconteça. Nesse período, ele foi orientado por Blaquesmith.

Ron Perlman:

A X-Force: Após viajar por diferentes épocas, Cable acaba se fixando no “presente”, onde se desenrola a maior parte das aventuras do Universo Marvel. Apesar de partidário do sonho de “convivência pacífica entre humanos e mutantes” do Professor Xavier, Cable muitas vezes se desentende com seus discípulos, pois atua de uma maneira mais agressiva, própria à sua formação em um mundo em guerra. Logo, ao invés de se juntar a alguma das , resolve montar sua própria equipe. Embora em sua época de guerrilheiro tenha formado a Matilha, é quando a guarda dos Novos Mutantes passa a sua responsabilidade que Cable consegue montar uma verdadeira equipe, que atendesse à sua expectativa de serem uma força que impedisse a ascensão de Apocalipse ao poder. Sob sua guarda, os Novos Mutantes se transformaram na X-Force. Junto com sua equipe, Cable enfrenta inúmeros inimigos, dentre os quais dois merecem destaque. O primeiro é Gênese, que na realidade é o próprio filho de Cable, que acaba sendo morto por Wolverine. O segundo é o próprio Apocalipse, que é derrotado com a ajuda de todos os principais mutantes. Quando considera a equipe preparada, Cable deixa de representar o papel de tutor, se afastando do grupo.

Manu Bennett:

Nesta fase, ele se muda para a Hell’s Kitchen, bairro pobre de Nova York, pretendo partilhar mais de uma vida normal com os humanos, de maneira a se preparar e até mesmo lembrar os motivos de sua luta contra Apocalipse. Nessa fase, ele conhece Irene Merryweather e se relaciona com Stacey Kramer, uma garçonete do bairro, irmã de Kenny, uma criança com Síndrome de Down. É nesta fase que têm-se uma melhor perspectiva do herói como o Askani’Son, o Escolhido que iria derrotar Apocalipse, através do aparecimento de sua Psimitarra, uma arma que canaliza energia psíquica, enviada pelos Askani do futuro, e da revelação do culto dos Crentes, humanos espalhados em toda a Terra que viviam Cable como um messias, tendo entre adeptos desde Ch’vayre, um askani enviado do futuro, até o ex-vilão da Segunda Guerra Grande Mestre. Além disso, a presença constante de Blaquesmith, que reassume o papel de seu tutor, após ficar desaparecido depois da tentativa de assassinato perpetrada pelo Massacre, estava constantemente a lembrá-lo de sua “missão”. Como todo personagem de HQs, em meio à batalha com o vilão Bastian, ele literalmente explode após deixar o vírus tecnorgânico consumir seu corpo e tentar controlar um portal de viagem no tempo. Isso acontece várias vezes e várias são a desculpa para tarzer Cable de volta a vida. Cable recentemente foi confirmado em Deadpool 2.

Douph Lundgren:

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo