Missão Impossivel – Efeito Fallout- Duas horas e meia de ação, adrenalina e tornozelo quebrado. - NoSet
Cinema

Missão Impossivel – Efeito Fallout- Duas horas e meia de ação, adrenalina e tornozelo quebrado.

Os anos 60 foram a era de ouro de filmes e séries de espionagem como a série televisiva Missão Impossível criada por Bruce Geller, cujas 7 temporadas com 171 episódios e um revival de duas temporadas com 35 episódios no final dos anos 80 deram uma fórmula a ser seguida. Poucos diálogos, trilha sonora aliada ao suspense do enredo maniqueísta com conflito a ser resolvido antes do prazo final. Assim viviam os bondosos agentes da Força Missão Impossível contra os maquiavélicos políticos do Terceiro Mundo, presidentes dos países do bloco soviético e organizações criminosas em escala global e empresas de dominação mundial.

E a estreia da franquia de filmes protagonizada e produzida por Tom Cruise nos anos 90 acompanharia a virada do século entre a sofisticação da ação, dos efeitos visuais e coreografia de lutas com atualização de roteiro na virada do milênio. O espião da franquia é Ethan Hunt. A sua missão é recuperar três esferas contendo o elemento químico plutônio vendido no mercado negro antes de uma facção criminosa aliada do Sindicato, os Apóstolos, comandada por John Lark, tenha a posse delas. A missão falha quando Ethan precisa decidir durante uma cilada entre a vida de seu amigo Luther Stickell (Ving Rhames) e o plutônio.
Assim sua nova missão sob a supervisão do agente da CIA August Walker (Henry Cavill) braço direito da nova diretora Erica Sloane (Angela Bassett) é recuperar o elemento radioativo de posse da negociante de armas francesa Viúva Branca (Vanessa Kirby) junto com a sua equipe liderada pelo ex-diretor da CIA Alan Hunley,( Alec Baldwin ) o agente de campo Benji (Simon Pegg ) e a nova agente Ilsa Faunt (Rebecca Ferguson). Enquanto isso, ele precisa resolver suas questões do passado envolvendo sua esposa Julia (Michelle Monaghan) e o líder do Sindicato, o anarquista Solomon Lane (Sean Harris). Tudo isso antes de 1/3 da população sofrer com a fome e o caos no mundo, através de uma paz mundial forçada pelo perigo nuclear.
O sexto filme dirigido pelo roteirista do antecessor Nação Secreta (2015) focou no passado do Ethan Hunt junto com a complexidade da atualidade com um roteiro livre de heróis e vilões sob o ponto de vista ocidental, ainda preservando toda a tradição da série de TV original.

A produção usou poucas cenas de computação gráfica, deixando as cenas de ação com helicópteros, BMW e motos explodindo em cenas externas por conta de dublês de ação e coreógrafos de luta em locações como Paris, Londres, Nova Zelândia e Noruega entre cenas filmadas do alto do céu e montanhas rochosas com a presença do elenco principal e da equipe com direito a isolamento do set e paralisação de atividades locais com autorização governamental.

Incluindo a trilha sonora com a música-tema remixada dessa vez sob a autoria de Lorne Balfe.

Tal qual o primeiro filme da franquia, a marca registrada é mantida, ou seja vemos Tom Cruise atuando em seus 55 anos sem o auxílio de dublês ou chroma key para efeitos visuais. A sua preparação para o papel durou cerca de um ano, não impedindo acidentes de trabalho como a fratura do tornozelo da perna direita ao pular de um prédio, custando sete semanas de paralisação da filmagens sem alteração da data da estreia. Mesmo com a gravidez de Rebecca Fergusson. Henry Cavill teve sérios conflitos de agenda entre esse filme e a Liga da Justiça devido ao seu bigode e despreparo físico para as cenas de Queda Livre em grandes altitudes custando semanas de treino militar num simulador de quedas antes da cena aérea de três tomadas com Tom Cruise.
A pós produção durou três semanas antes da estréia, com direito ao sistema de som Imax e câmeras digitais 3D. Deixando para os fãs de filme de ação o seguinte saldo de 3000 cenários, 13 helicópteros, 6 grávidas durante a produção, 5 paralisações, 4 semanas de fotografias aéreas em 3 continentes por dois invernos e um tornozelo quebrado.

Trailer. 

Nome Original: Mission Impossible 6 – Fallout
Direção: Christopher McQuarrie
Roteiro: Christopher McQuarrie baseada na série de televisão de Bruce Geller
Elenco: Tom Cruise, Ving Rhames, Henry Cavill, Angela Bassett, Vanessa Kirby, Alec Baldwin, Simon Pegg, Rebecca Ferguson, Michelle Monaghan, Sean Harris.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo