Avengers: Endgame (Sem Spoilers) - NoSet
Cinema

Avengers: Endgame (Sem Spoilers)

Salve Nosetmaníscos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos sobre o mais aguardado filme da Marvel de todos os tempos.

Vingadores: Ultimato
Direção Anthony Russo e Joe Russo, produção Kevin Feige, roteiro Christopher Markus e Stephen McFeely, baseado em Os Vingadores de Stan Lee e Jack Kirby. Elenco Robert Downey Jr., Chris Evans, Mark Ruffalo, Chris Hemsworth, Scarlett Johansson, Jeremy Renner, Don Cheadle, Paul Rudd, Brie Larson, Karen Gillan, Danai Gurira, Bradley Cooper e Josh Brolin. Companhia produtora Marvel Studios e distribuição Walt Disney Studios Motion Pictures. Com orçamento de 400 milhões, os membros sobreviventes dos Vingadores e seus aliados trabalham para reverter os danos causados por Thanos em Infinity War.

Sinopse: Três semanas após Thanos usar as Joias do infinito para matar 50% dos seres vivos, Carol Danvers resgata Nebulosa e Tony Stark no espaço. Eles se juntam a Natasha Romanoff, Bruce Banner, Steve Rogers, Rocket Raccoon, Thor, e James Rhodes na missão de localizar Thanos para usar a Manopla do Infinito e desfazer suas ações.

Crítica: Endtgame não é nem de longe o melhor filme da Marvel, mas nem por isso deixa de ser épico, um fechamento digno e uma história bem amarrada. Tudo bem que temos vários problemas quanto a questão do tempo e espaço, e mesmo com os vários easter eggs divertidissimo a filmes como O Exterminador do Futuro e De Volta para o Futuro, a simplicidade que o tema é tratado e as explicações rasas para que o roteiro avence chegam a incomodar até o mais leigo no assunto, como minha esposa. Pronto, terminei aqui tudo o que não gostei no filme, no máximo 15% das incríveis 3h de um filme dramático que fica claro em todo o seu roteiro, não é que todos os heróis vão voltar, mas como tentar consertar para melhor a situação que é, de várias mnaneiras imutável. Thanos venceu e ponto final, não há atalhos e não há como não deixar cicatrizes na possível reversão, já que a vida continuou e os heróis tem que aprender a conviver com a derrota.

Tenho que confessar que chorei em vários momentos do filme. Vou tentar não dar muito spoiler, mas já digo que não esperava as consequências do filme anterior para os heróis e sou um cara que não tenho problemas com vazamentos e spoilers, mas os irmãos Russo impressionaram não com o roteiro, mas com uma caracterização pós apocalíptica nos personagens que ficou impressionante. Não são só mesmos heroicos Thor, Capitão América, Homem de Ferro, Viuva Negra, Hulk e Gavião Arqueiro que conhecemos nos primeiros filmes há dez anos atrás, são todos seres humanos derrotados, sem Vingança (Avengers) e até o final do filme é assim, não há solução, são atitudes com um fio de esperança mas sem probabilidade de resultado.e é épico por causa disso, porque eles não desistem, todos não desistem e estão ao ponto de sacrificar tudo, mesmo com medo de perder o pouco que tem.

As aparições especiais são simplesmente fantásticas e roubam o filme, a volta de Tida Swinton como a Anciã e Rene Russo como Frigga foram de cortar o coração do fã, mostrando que filmes de heróis podem ter um bom argumento, elenco de qualidade e cenas memoráveis, não só de quebra quebras, mas de lições de vida com um excelente elenco. Enquanto a razão da Anciã e sua noção de tempo e espaço iluminam a sequencia, o coração de mãe de Frigga enchem nossos olhos de água com a percepção que nem o tempo ou o espaço podem separar a verdade, em que uma mãe reconhece seu filho em qualquer momento. Obrigado as milhares de mulheres e heroínas que tornaram essa franquia um marco.

Confesso que se no início, a trama e o drama me prederam, é no final que Chris Evans prova que nasceu para ser O Capitão América que sempre esperamos dele. Evan glorifica seu personagem em uma sequencia de 30 min já no final, provando que no personagem sabe a hora de liderar e inspirar, mas também tem uma boa veia dramática quando se reapresenta ao grupo no final. Já Robert Downey Jr, nosso eterno Tony Stark, obrigado por existir, obrigado por ser o primeiro e representar tão bem um heróis para uma geração de nerds que junto com você, trouxeram seus filhos para a Marvel.

É isso, com os olhos cheios de lagrimas que termino essa matéria…. Obrigado Vingadores, por continuar essa jornada.

capitao america

Cap!

Topo