WandaVision: O que vimos do Trailer e sabemos da nova produção da Disney e Marvel Studios. - NoSet
Review

WandaVision: O que vimos do Trailer e sabemos da nova produção da Disney e Marvel Studios.

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos do WandaVision, o que vimos e sabemos sobre a nova fase do universo cinematográfico da Disney e Marvel Comics.

WandaVision é uma série de televisão americana criada para o Disney+ por Jac Schaeffer, baseada nos personagens da Marvel Comics Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate e Visão. A série é ambientada no Universo Cinematográfico da Marvel, compartilhando a continuidade com os filmes da franquia. Os eventos ocorrem após os acontecimentos do filme Vingadores: Ultimato. A série é produzida pela Marvel Studios.

WandaVision (2020):

Criador Jac Schaeffer, baseado na personagem das HQs Feiticeira Escarlate de Stan Lee e Jack Kirby, juntamente com Visão de Roy Thomas, Stan Lee e John Buscema. Diretor Matt Shakman, roteirista Jac Schaeffer, produtores executivos Kevin Feige e Jac Schaeffer, distribuição Disney Media Distribution. Elenco Elizabeth Olsen, Paul Bettany, Teyonah Parris, Kat Dennings, Randall Park e Kathryn Hahn. Empresa produtora Marvel Studios, emissora original Disney+, primeira temporada composto de seis episódios.

Elizabeth Olsen e Paul Bettany reprisam seus papéis como Wanda Maximoff / Feiticeira Escarlate e Visão, respectivamente, da série de filmes, Em setembro de 2018, a Marvel Studios estava desenvolvendo uma série de séries limitadas para o Disney+, centradas em personagens coadjuvantes dos filmes da MCU, como Maximoff e Visão, com a expectativa de que Olsen e Bettany retornassem. Schaeffer foi contratada em janeiro de 2019, a série foi anunciada oficialmente em abril e Shakman entrou em agosto. As filmagens começaram em Atlanta, Geórgia, em novembro de 2019.

WandaVision seria lançado no início de 2021, no entanto, no dia 1 de janeiro de 2020, foi confirmado que a série seria adiantada alguns meses através do trailer oficial da Disney+. Em fevereiro de 2020, a série, que consistirá em 6 episódios, ganhou sua data de estreia para dezembro. E também ganhou o seu primeiro teaser no dia 3 de fevereiro durante o Super Bowl 2020.

No dia 21 de setembro de 2020, mesmo com a pandemia, foi confirmado a data de estreia da série e lançado um trailer,

Sinopse: WandaVision, da Marvel Studios, mistura o estilo das sitcoms clássicas com o Universo Cinematográfico da Marvel, e acompanha Wanda Maximoff e o Visão, um casal de super heróis vivendo uma vida ideal no subúrbio, começando a suspeitar que nem tudo é o que parece.

Crítica: Já sabemos que um dos principais arcos dos Vingadores deve servir como base para WandaVision e também Dr. Estranho no Multiverso da Loucura (2021), A Queda de Bendis (2004). Tudo começa um pouco antes quando Wanda e Visão estão morando no subúrbio, tentando criar seus dois filhos e ter uma vida normal. Após uma sequencia de fatos, incluindo a presença da feiticeira Agatha Harkness, onde Wanda descobre que seus filhos são efeitos de sua magia misturada com o demônio Mefisto e o governo rapta e destrói o androide Visão, Wanda enlouquece e quase destrói todos os Vingadores, só conseguindo ser detida pelo Dr. Estranho, e juntamente com Xavier dos X-Men, tentam trata-la.

O que vemos no início do trailer é uma bela homenagem aos seriados dos anos 60, principalmente a série de tv A Feiticeira (1964), onde o casal Samantha (Elizabeth Montgomery) e Dick York (Darrin Stephens) tentavam viver uma vida normal de casal americano no subúrbio, sendo que ela era uma feiticeira e ele um humano comum. Com o desenvolvimento da série, ambos tem uma filha, Tabitha (Erin Murphy), que também era uma feiticeira.

Aparentemente ambos não têm lembranças do passado com os Vingadores, nem da morte do Visão nas mãos do Thanos pela joia. A falta de memória do casal pode estar ligada a duas possibilidades, ao fato de Wanda ter criado este micro universo e para viver feliz apagou tudo, ou um pacto com algum demônio (Pesadelo ou Mefisto), já feito até pelo Peter Parker (Homem Aranha) para apagar sua identidade do mundo, conseguido assim a volta do Visão a vida em troca das lembranças do passado. Um ponto que pode confirmar estas duas possibilidades é que este Visão ainda tem a joia na fronte de sua testa, então ele é uma recriação do Visão do Passado e não o próprio Visão do presente, já que a joia não estaria mais com ele.

Wanda parece ter controle sobre tudo que acontece naquele local, mudando não só as cores visuais da série (algo como se a mesma estivesse ciente da quarta parede), como os móveis de sua casa, algo que deixa claro que tudo que acontece ali tem como base sua forma de ver tudo que está a sua volta.

Em outra cena, Wanda e Visão aparecem carregando dois bebês, que podem ser os gêmeos filhos do casal, Thomas e William, o que pode confirmar a questão do pacto mencionado acima.

Quase no final do trailer, podemos Monica Rambeau (a outra Miss Marvel) ser arremessada para fora de um tipo de domo, algo que delimita o “bairro” onde vivem Wanda e Visão do resto do país, e do lado e fora um exército provavelmente controlando a situação do lado de fora e tentando um contato.

Por enquanto é isso, são conjecturas sobre o que sabemos e vimos no universo da Marvel.

Curiosidades: Em setembro de 2018, a Marvel Studios estava desenvolvendo várias séries limitadas para o serviço de streaming da Disney, sua empresa-mãe, Disney+, para se centrar em personagens coadjuvantes dos filmes do Universo Cinematográfico da Marvel (UCM) que não haviam estrelado seus próprios filmes, como a Feiticeira Escarlate.Os atores que retrataram os personagens dos filmes deveriam reprisar seus papéis na série limitada, incluindo Elizabeth Olsen como a Feiticeira Escarlate.

Esperava-se que a série tivesse de seis a oito episódios cada, tendo um “alto orçamento como o de uma grande produção em estúdio” e seja produzida pela Marvel Studios em vez da Marvel Television, que produziu séries de televisão anteriores no UCM. O presidente da Marvel Studios, Kevin Feige, assumiu um “papel prático” no desenvolvimento de cada série, concentrando-se na “continuidade da história” com os filmes e “remanejando” os atores que reprisariam seus papéis dos filmes. No final de outubro, esperava-se que o Visão tivesse um papel significativo na série, que se concentraria no relacionamento entre Wanda e Visão. Nos meses seguintes, os títulos Vision and The Witch Scarlet e The Vision and Scarlet Witch foram ambos sugeridos.

Jac Schaeffer foi contratada como roteirista da série em janeiro de 2019, depois de trabalhar anteriormente como roteirista nos filmes Capitã Marvel (2019) e Viúva Negra (2020) para a Marvel Studios. Schaeffer foi escolhida para escrever o episódio piloto e ser produtora executiva da série. Em abril, Disney e Marvel anunciaram oficialmente a série com o título WandaVision. No final do mês, Olsen indicou que partes da série seriam ambientadas na década de 1950. Em agosto, Matt Shakman foi contratado para dirigir a minissérie, que consiste em seis episódios.

Os orçamentos para cada episódio foram de US$ 25 milhões. Na D23, Feige descreveu a série como metade uma “sitcom clássica”, metade um “épico da Marvel” e mostrou um teaser para a série que combinava imagens de filmes anteriores do UCM, apresentando Wanda e Visão, com imagens das séries The Dick Van Dyke Show e Papai Sabe Tudo. Paul Bettany chamou a série de “super vanguarda e esquisita”, enquanto Olsen acrescentou que haviam “muitas histórias em quadrinhos que apóiam” os personagens que aparecem em um cenário de comédia. Olsen também indicou que haviam discussões em andamento sobre a série usar uma trilha de risadas.

A série se passa depois de Vingadores: Ultimato, e seus eventos se vinculam ao filme Doutor Estranho no Multiverso da Loucura, que inclui Wanda. Schaeffer contratou oito roteiristas para a sala de roteiristas da série, incluindo quatro mulheres e várias pessoas de cor, devido à sua crença de que “as histórias são melhores, quanto mais perspectivas você tiver”. Megan McDonnell atuou como redatora da série, antes de ser promovida a editora de histórias. Comparando seu trabalho na série com o filme Viúva Negra, Schaeffer disse que WandaVision seria “o oposto polar” ao estilo de ação agressiva e visceral do filme. O escritor de quadrinhos Tom King indicou em outubro de 2019 que sua versão em The Vision seria uma inspiração para WandaVision. Em dezembro de 2019, Feige descreveu a série como uma oportunidade para contar a história de Wanda e Visão, mostrar mais do que Wanda pode fazer, explorar ainda mais quem é o Visão e apresentar os quadrinhos da “Feiticeira Escarlate” ao UCM “de várias maneiras, pois são totalmente divertidos, engraçados, um tanto assustadores e terão repercussões para todo o futuro da Fase Quatro do UCM”.

Elizabeth Olsen e Paul Bettany reprisam seus papéis dos filmes como Wanda Maximoff e Visão. No painel da Marvel na San Diego Comic-Con de 2019, Teyonah Parris foi confirmada no elenco, para interpretar a versão adulta da personagem introduzida no filme Capitã Marvel, Monica Rambeau. Em agosto de 2019, na D23 Expo, foram confirmados os atores Kat Dennings e Randall Parks, reprisando seus papéis como Darcy Lewis (Thor e Thorː O Mundo Sombrio) e Agente Jimmy Woo (Homem-Formiga e a Vespa) respectivamente. Ainda no evento, Kathryn Hahn foi confirmada no elenco, porém sem papel divulgado. No primeiro trailer da série, lançado em 20 de setembro de 2020, tivemos a confirmação dos atores Debra Jo Rupp e Fred Melamed no elenco.

WandaVision está prevista para dezembro de 2020 no Disney+ e consistirá em seis episódios a serem lançados semanalmente, e não todos de uma vez. A série foi originalmente programada para ser lançada no início de 2021. WandaVision será a primeira série da Fase Quatro do UCM.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo