Scoob!: A Nova Aventura de Scooby Doo (2020) - NoSet
Review

Scoob!: A Nova Aventura de Scooby Doo (2020)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos da nova aventura da Mistérios SA em animação.

Scooby! O Filme (2020)

Direção Tony Cervone e Tony Leondis, Codireção Conrad Vernon, produção Chris Columbus e Allison Abbate, produção executiva Dax Shepard, roteiro Kelly Fremon Craig, história Matt Lieberman, baseado em Scooby-Doo, de Joe Ruby e Ken Spears.Dublagem Zac Efron, Gina Rodriguez, Will Forte, Amanda Seyfried, Tracy Morgan, Ken Jeong, Kiersey Clemons, Mark Wahlberg, Jason Isaacs e Frank Welker. Companhias produtoras Warner Animation Group, Atlas Entertainment, 1492 Pictures, Hanna-Barbera Cartoons e Reel FX Animation Studios, distribuição Warner Bros. Pictures. Lançamento no Brasil 12 de junho de 2020, Portugal 19 de junho de 2020 e Estados Unidos 15 de maio de 2020 (VOD).

O filme é uma reinicialização da série de filmes Scooby-Doo e pretende ser o primeiro filme de uma proposta criada para o Universo Cinematográfico Hanna-Barbera. Estava programado para ser lançado em 14 de maio de 2020, mas seu lançamento nos cinemas foi cancelado a causa da pandemia do COVID-19, porém acabou sendo  lançado em formato dígital e vídeo.

Sinopse: Salsicha e Scooby Doo tem uma conexão instantânea envolvendo comida quando se encontraram pela primeira vez, e logo se unem aos jovens detetives Fred, Velma e Daphne para criar a Mistério S/A. Só que, após resolver centenas de casos, eles encontram o desafio de impedir o “apocãolipse”, que virá quando o fantasma do cão Cerberus for liberado no mundo.

Crítica: Após vária tentativas de se produzir uma nova franquia da turma da Mistérios SA, a Hanna Barbera  parece que finalmente encontrou uma nova, moderna  e interessante formula para atualizar seus personagens. Seguindo a mesma linha de tantas outras empresas que deram certo no rebbot de seu universo como a Marvel e a DC Comcs, e outras que ainda tentam se encontrar como a Universal e sua linha de filmes de terror, a Hanna  Barbera reuniu todo o seu Universo e o reiniciou usando Scooby Doo como a ponte em nova história..

Varias tentativas de se atualizar a turma foram feitasa partir de 2000 pelos produtores da Hanna Barbera tentando lincar a marca Scooby aos novos adolescentes desse século. Em 2002 o primeiro Live Action encabeçado pela atriz Sara Michelle Gelar (Buffy) lançou dois filmes para o cinema que não agradaram tanto assim os fãs (crítica no site),  logo após em 2009 tivemos uma nova franquia, tambpem Live Action, para a TV, com Robbie Amel (The Flash) que a crítica também não deu boa nota, além de várias animações solo que continuaram contando a história de Scooby Doo e sua turma para a tv e os personagens criados pela Hanna Barbera em 1969 ainda que não tiveram a aceitação pública esperava em seus 50 anos de existência. Faltava o grande reinicio da Hanna Barbera e seu produtos.  Além disso, uma nova tentativa foi feita nas HQs junto a editora DC Comics com um universo mais sombrio e adulto da Corrida Maluca entre outros personagens, mas que também não funcionou bem.

Chegamos agora em 2020, anos do Covid 19, Pandemia Global e desde Março  todos em casa no maior isolamento que o mundo já viu.

Scoob! é um interessante rebbot de toda a franquia da turma Mistérios AS junto com a Hanna Barbera, voltando a sua origem infanto juvenil, onde nos é contada toda a nova versão do encontro de Salsicha e Scooby, junto toda sua turma, incluindo alguns personagens do mesmo universo Hanna Barbera, como Falcão Azul e Bionic Cão, Dicky Vigarista e Mutley, Capitão Caverna e alguns spin offs bem divertidos como quando Daphene usa a roupa e o laço da Mulher Maravilha no Halloween.  Tudo isso mantendo aquela inocência padrão da família Hanna Barbera que tanto amamos, mantendo a amizade como tema do roteiro e levando a história com a leveza que encantou gerações.

Scooby Doo é um campeão de Cross Overs nas animações e no mundo real, existem aventuras excelentes na animações dos nossos investigadores encontrando personagens que vão desde a série Supernatural, os Harley GlobeTrotters, até Batman quando a Hanna Barbera detinha os direitos das animações da DC Comics para TV, além de uma animação lançada  em 2018 onde os heróis se reencontram, e o próprio Falcão Azul já encontrou o Scooby em outras aventuras, mostrando a força nas mídias do nosso herói.

Existe uma preocupação legítima em fundir o universo clássico dos personagens com o mundo modern, manter a inocência da década de 80 e a amizade entre as clássicas duplas Salsicha e Scooby, Dick e Mutley e Falcão e Bionic Cão, além do hilários Capitão Caverna , onde você vai encontrar as mesmas piadas e trejeitos originais, mas ao mesmo tempo a modernidade e a facilidade de uma animação em 3D, trazendo recursos e detalhes que a computação gráfica  nos proporciona de maneira interessante, como uma palheta de cor que se destaca, por exemplo no uniforme do Falcão Azul, que é um dos personagens mais divertidos da animação.

A inclusão do clássico vilão Dick Vigarista e seu parceiro Mutley foi um acerto e tanto para uma história que nos traz boas lembranças dos antigos “desenhos animados”. Após o final, é possível ver personagens como Johnny Quest, Robo Gigante entre tantos outros que espero se encontrem em futuras animações desta casa.

Curiosidades: Os planos para um novo filme de Scooby-Doo começaram em junho de 2014, quando a Warner Bros. anunciou que reiniciaria a série de filmes de Scooby-Doo com Randall Green escrevendo um novo filme. Cervone e Dax Shepard foram inicialmente contratados para dirigir o filme, com um roteiro escrito por Shepard e Matt Lieberman. Em outubro de 2018, Shepard não fazia mais parte do projeto e foi substituído por Kelly Fremon Craig como roteirista. Grande parte do elenco foi contratada em março de 2019 e a produção começou no mesmo mês. Os serviços de animação foram fornecidos pela Reel FX.

Em março de 2019, Frank Welker revelou que estava reprisando seu papel como Scooby-Doo, enquanto Will Forte, Gina Rodriguez e Tracy Morgan assinaram a voz de Shaggy, Velma e Capitão Caverna, respectivamente.  Mais tarde naquele mês, Zac Efron e Amanda Seyfried se juntaram ao elenco de voz como Fred e Daphne. Matthew Lillard e Gray Griffin, as vozes de longa data de Shaggy e Daphne, respectivamente, expressaram sua decepção por não serem contatadas sobre a decisão de reformular seus papéis. O elenco de Corenswet como Fred também marca a primeira vez que o personagem não será dublado por Frank Welker.

 

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

 

Topo