Livro: O Perfume da Folha de Chá
Livros & HQs

Impressões sobre o livro: O Perfume da Folha de Chá

Andando pelo shopping entrei na livraria, como de costume. Observando os títulos, olhando os lançamentos, sou abordada pela vendedora. Me pergunta se desejo algo em especial. Digo que estou observando. Não satisfeita, ela olha o tipo de livros que estou folheando e me mostra um. “Esse livro é ótimo. Lançamento, está em primeiro lugar na Inglaterra, entre os Best Sellers”. Então me conta um pouco da história, o que me deixa bem empolgada. Não compro na hora, mas o ganho de presente, no dia das mães. Lindo. Cheirinho perfeito. Minha próxima leitura.

Devidamente apresentado, quero contar um pouco sobre a história, que tanto me encantou.

 

O livro

A história se passa no Ceilão, no ano de 1925. Gwendolyn Hooper, uma jovem de 19 anos, parte de navio da Inglaterra para o Ceilão, para se encontrar com o seu marido Laurence. Recém-Casados, eles são o perfeito casal aristocrático: uma bela dama britânica e o rico proprietário de uma das fazendas de chá mais prósperas da região.

Chegando à mansão, ela percebe que existem muitos segredos. Seu marido parece ao mesmo tempo apaixonado e distante. Gwen não entende sua atitude.

Na casa onde vivem tem vários empregados e a mais próxima é Naveena. Uma senhorinha muito simpática e solicita, há muitos anos servindo a família de Laurence. Também outros empregados que não pareciam muito felizes com a chegada de Gwen como o Sr. Mc Gregor.

Gwen sempre se mete em encrencas. Sai para passear pela propriedade, se machuca, se perde…ela não quer estar sozinha, precisa se distrair, já que Laurence trabalha muito. Apenas a administração da casa não lhe preenche todo o tempo.

Até que Gwen engravida, e um mistério surge nesse nascimento dos gêmeos Hugh e Lyioni. Gwen passa por muitos sofrimentos, pois precisa fazer uma escolha que pode mudar toda a sua vida. Ela fica elaborando inúmeras hipóteses para o ocorrido com as crianças e uma delas envolve o senhor Savi Ravasinghe, um rico cingalês que vive no Ceilão. Ele é um artista, pintor, muito talentoso.

Também nessa história vemos a rica viúva Christina, que vive dando em cima de Laurence e a irmã mimada dele, Verity. As duas parecem ter tirado a vida para perturbar Gwendolyn.

Laurence teve um casamento anterior, e uma criança. Mas ele nunca fala sobre isso. Guarda todas as coisas dos dois em um baú que ela encontra em um dos quartos da casa. Ela começa a investigar o que aconteceu com os dois para Laurence não querer falar do assunto.

Mesmo com todas as dificuldades, com a situação e decisão complicadas que Gwen tem que tomar, ela e Laurence são muito apaixonados, mesmo que às vezes ela tenha suas dúvidas, devido ao estranho comportamento dele. Ela acha muito esquisita essa mudança de comportamento dele.

Vale muito a pena ler esse livro. Conhecer uma nova cultura, os costumes de um povo, imaginar cada paisagem minuciosamente detalhada, a ambientação da época…parece que até dá para sentir mesmo o Perfume da folha de chá. Não é um livro leve e superficial, que preza apenas uma leitura rápida. É um livro para se degustar, aos pouquinhos, beber das delícias da história e do aprendizado de tantas coisas novas de outra cultura. É como viajar, se deleitar. Não dá para parar de ler até ver os desfechos necessários para cada situação. Com certeza vale uma nota dez.

Ficha técnica:

Livro: O Perfume da Folha de Chá

Título Original: The Tea Planter´s Wife

Ano de publicação: 2015

Publicado no Brasil: 2017

Autora: Dinah Jefferies

Traduzido por: Alexandre Boide

Editora: Paralela

São Paulo – 1ª edição, 2017

Ficção Histórica: Literatura Inglesa

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo