Review: Kunai - NoSet
Games

Review: Kunai

Kunai é o mais novo jogo do estúdio Turtleblaze, do subgênero metroidvania. Nós da Noset recebemos o jogo, eu testei e aqui vou contar os detalhes com minha crítica.

História: Um evento traumático desencarde-a um grande desequilíbrio no mundo. A vida humana foi quase dizimada por completo pela inteligência artificial Lemonkus. Robôs vagam livremente pela terra. O player joga como Tabby, um tablet assassino com espirito antigo de um samurai, que se une a resistência na grande luta contra a revolta de robôs.
Kunai não é um jogo que revoluciona, mas aprimora com o que tem, usando muito bem as ferramentas a disposição em um jogo de ação que oferece uma das melhores experiencias de jogos desse estilo atualmente.

A mais nova criação da Turtleblaze, traz o famoso metroidvania que nada mais é uma mistura de dois elementos exploração e rpg, o jogador poderá seguir o caminho contrario em cada estagio com maior liberdade de ida e volta ou ate mesmo subir e descer para descobrir novos caminhos. caçar itens para customizar o protagonista (tabby) e passar por desafios ate encontrar alavancas pra liberar o acesso a uma nova fase que o jogador não teria ate então.

Jogabilidade: Falando de jogabilidade, nosso protagonista tabby começa o jogo no nível mais baixo e já no início encontra a katana, outras armas vão estar espalhadas e não será tão difícil de encontra-las, que são os casos das kunais e shuriken, o uso dessas duas ferramentas são essenciais do começo ao fim. seja para chegar em lugares de difícil acesso precisando escalar, descer ou se balançar para alcançar pontos distante com o uso de kunais, já a shuriken é uma ferramenta bastante utilizada para conseguir abrir portas fechadas onde à botões próximos, as vezes sendo uma variação de um quebra cabeça para abrir passagem. Há também outras armas a disposição que o jogador poderá contar, SGMS é uma arma que surge pra enfrentar um vilão complicado e uma bazuca adquirida somente após derrotar o outro vilão de um estágio superior sobrevivendo ao bombardeio até chegar no topo da montanha. Upgrades nas habilidades com arma podem ser atingidos utilizando-se das moedas que são ganhas destruindo caixas, matando robôs e encontrando baús, que por muitas vezes não será um item de vestuário para customizar e sim moedas, mas o jogador tera que encontrar bases secretas ou lugares onde tenha um robô da resistência próximo a um modem que de acesso a tabb store, loja que fornecera imã de moedas, painel solar -para carregar a estamina- e as habilidades com arma e tudo pode ser comprado com as moedas ganhas no jogo. E não para por ai, unindo 4 partes de um metal espalhados em diferentes lugares que juntos formam um coração, o jogador ganha folego com aumento da barra de estamina, outra importante habilidade que o jogador poderá contar é a agilidade para se mover mais rápido para os lados e desviar dos ataques.

Fases: O jogo conta com no mínimo 11 fases, são elas: ssd floatanic, bosque quântico, navio de batalha Y4R, Robópolis, Cidade caída, Montanhas Zen, Sub-rede abandonada, Fabrica encantada, cripto-minas, deserto artificial, e santuário shuriken.
Outro ponto positivo é que as fases não se repetem e trazem obstáculos e abrigam variações de seres robóticos prontos pra te parar e vão testar suas habilidades de sobreviver, o fator exploração traz um imenso mapa a se desbravar, mas por outro lado o mapa é um material importante para que o jogador não se perca e ande em círculos, tendo que lidar com as mesmas ameaças. Sim, se você derrota os inimigos para prosseguir o estágio e depois volta para seguir outro caminho, lidara com as mesmas ameaças mesmo tendo-as já derrotado. isso não inclui os boss. Por outro lado, pontos “S” vão estar espalhados pelo mapa, esses pontos abrigam maquinas que restaura por completo a barra de estamina, salvando o ponto onde o personagem parou pela última vez.

Conclusões Finais: O jogo retro do tablet samurai na sua luta contra a IA lemonkus e seu exército de robôs para salvar o mundo, pode não ser inovador mas tem o seu brilhantismo enquanto o jogador se aventura nos estágios descobrindo segredos, pegando recompensas, adquirindo armas e liberando novas habilidades, enquanto expande o mapa lentamente. Kunai tambem pode ser um jogo competitivo por conta dos seus desafios, que por muitas vezes fara o jogador cair nos mesmos erros repetidas vezes e despertando um lado mais sério, a mecânica do jogo flui muito bem, se adequando à sua temática e objetos, com ótimo controle -quando jogado por um joystick, pois pelo teclado pode parecer confuso- e se você adora jogos retro e ainda não adquiriu Kunai por estar em dúvida, vale muito a pena obter este jogo que é garantia de diversão do começo ao fim.

Assista o trailer:

Kunai é um jogo do sub-gênero metroidvania da Turtleblaze,  e esta disponível nas plataformas: Nintendo Switch e PC (via Steam).

Topo