Crash Bandicoot 4: It's About Time - Review - NoSet
Games

Crash Bandicoot 4: It’s About Time – Review

Crash Bandicoot 4: It’s About Time foi lançado dia 02 de Outubro de 2020. Esse game é a continuação do Crash Bandicoot 3: Warped lançado em 1998, depois de 22 anos, nosso Marsupial favorito dá continuidade a essa grande aventura que conquistou os corações de milhares de crianças ( hoje já adultos haha ) daquela época.

História: Por esse game ser uma continuidade do terceiro jogo, alguns personagens que foram lançado em sua cronologia como Crunch, Nina, Velo, não existem nessa “ nova “ cronologia.

Mas enfim, voltando para a história, após o final de Crash Bandicoot 3: Warped, Neo Cortex, Uka-Uka e N. Tropy foram derrotados por Crash, e acabam caindo em uma prisão dimensional por conta da destruição da Time Twister. Com isso Crash, Coco, Aku-Aku voltam para ilha isanity crente que o mal foi derrotado.

Mas não acaba por ai, Cortex, Tropy e Uka-Uka conseguem escapar criando fendas dimensionais, mas isso gera uma distorção no tempo causando perigo ao multiverso, e cabe a Crash, Coco e Aku-Aku impedir essa destruição, mas eles não estão sozinhos, por conta de toda essa bagunça temporal, as máscaras quantum foram despertadas, dando apoio ao nosso heróis durante a jornada.

Jogabilidade: A jogabilidade é a mesma base da franquia remasterizada, contendo alguns ajustes de aperfeiçoamento fazendo com que a jogabilidade fique mais leve e precisa. Mas isso não faz com que o jogo seja fácil, para quem jogou a franquia remasterizada, ou até mesmo os clássicos, os jogadores de primeira viagem sofre um pouco pois o jogo de fato é difícil, mas isso é algo que possa te prender durante a gameplay, e não fazer com que fique enjoativo por ser “ muito fácil “. Sem contar que tivemos a novidade do Pass n. Play, onde você poder jogar com um amigo cooperativamente, na qual ele te da uma força durante as missões e assim revezando em algumas situações.

Gráficos: Os gráficos desde o remaster já era fantástico, nesse Crash é surreal a qualidade e o carinho que eles tiveram na hora de produzir, o jogo além disso ficou mais cartunesco, fazendo com que ele fique mais chamativo e bonito, os detalhes e texturas são fantásticos

Resumo: Crash Bandicoot 4: It’s About Time é um jogo para todas as idades! O fato de ele ser mais cartunesco ou por ser um jogo de plataforma/aventura que já vem de uma franquia na qual chamou o público infantil na década de 90, não significa que é um jogo para crianças. O game foi pensado para o pessoal de todas as idades! Então quem pegar esse jogo vai ter diversão garantida! E pra quem já é um amante da franquia, vai curtir muito o game, a sensação é que eles juntaram todos os pontos positivos e colocaram em um único game e ainda adicionaram coisas espetaculares, ou seja, é um game incrível e vale muito a pena, sem contar que o fator replay colabora muito para que você passe horas e horas jogando o game e coletando tudo que há pela frente!

Topo