Teen Titans Go! vs. Teen Titans: Os Jovens Titãs (2019) - NoSet
Cinema

Teen Titans Go! vs. Teen Titans: Os Jovens Titãs (2019)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamso de mais uma animação para o cinema da DC Comics com parceria da Cartoon Network. Teen Titans Go! vs. Teen Titans é uma animação de super-herói direto para vídeo e um crossover entre a série de TV Teen Titans Go! e Teen Titans, ambos adaptados da equipe de super-heróis da DC Comics de mesmo nome .

A Warner Bros. anunciou que um encontro com os Titãs de ambas as séries estava em andamento, estreando na San Diego Comic-Con em 21 de julho de 2019, seguido por um lançamento digital em 24 de setembro de 2019 e por um lançamento em DVD e Blu-ray em 15 de outubro de 2019. Os eventos do filme acontecem durante o quinta temporada de Teen Titans Go! . O filme teve sua primeira estréia na televisão no Cartoon Network em 17 de fevereiro de 2020.

Teen Titans Go! vs. Teen Titans:

Dirigido por Jeff Mednikow, produzido por Jeff Mednikow, escrito por Marly Halpern-Graser e Jeremy Adams, baseado em Personagens das HQs da DC Comics. Estrelando Scott Menville, Hynden Walch, Tara Strong, Greg Cipes, Khary Payton, Kevin Michael Richardson e Rhys Darby. Produção Warner Bros. Animation e DC Entertainment, distribuído por Warner Bros. Home Entertainment.

Sinopse: Para melhor entendimento da história e crítica, vou usar o nome “Original” para o desenho de 2003 (a primeira versão dos Titãs) e “GO” para o desenho de 2013 (a segunda vresão).

O filme abre com o Teen Titans Go! equipe lutando contra o Gentleman Ghost enquanto ele tenta roubar um banco. Ele consegue possuir Robin e em seguida , Starfire , mas ao tentar o mesmo truque em Raven , ele involuntariamente quebra sua gema, o que libera um pouco de seu poder demoníaco interno e resulta em sua derrota. Trigon revela que a metade demoníaca de Raven está lentamente assumindo o controle dela e se oferece para levá-la embora, mas ela se recusa.

De repente, os Titãs são abduzidos pelo Mestre dos Jogos, um ser que explora o multiverso com seu Worlogog para encontrar as melhores versões de determinados heróis. Ele coloca os Titãs de GO contra os Titãs de animação originais, que concordam em lutar depois que o Mestre dos Jogos ameaça destruir suas Terras. Robin e Cyborg originais conseguem tirar todos os Titãs GO, com exceção de Ravena. Ela é coagida a liberar seu poder demoníaco contra a Ravena original, que a tira de lá quando ela percebe que o Mestre dos Jogos está sugando sua energia demoníaca. O Mestre dos Jogos então se revela ser o Trigon GO, que usa a energia de Ravena para ressuscitar Trigon de Original. Os dois Trígons sequestram ambas as Ravenas e fogem para a Terra original para terminar de absorver os poderes de Ravea para que possam conquistar o multiverso.

As duas equipes de Titãs concordam em trabalhar juntas para parar os Trígons e resgatar suas Ravenas. O Robin original deduz que os Trígons estão usando um Worlogog de sua Terra para viajar entre as dimensões, então eles precisam de um Worlogog da dimensão GO, que os Titãs GO perceberam que pertence ao Papai Noel de sua dimensão. As duas equipes então lutam com o Papai Noel e a Sra. Noel e escapam usando o dispositivo para viajar entre as dimensões e, eventualmente, chegar à Terra original logo após o Trigon original absorver completamente os poderes de Ravena. Farto dos insultos de sua contraparte, O Trigon GO consome o Trigon original e se transforma em um novo ser poderoso chamado Hexagon.

Para combater esta nova ameaça, o Robin original usa seu Worlogog para convocar equipes de Titãs em todo o multiverso para formar os “Titãs das Terras Infinitas”, mas sem sucesso. A Raven GO iguala as probabilidades ao absorver todas as suas contrapartes e se transforma em um dragão conhecido como “The Unkindness”. Os Titãs destroem o Worlogog de Trigon e ajudam Raven a recuperar seus poderes, o que envia Trigon original para o limbo enquanto Robin GO usa seu Worlogog para enviar Trigon GO para uma dimensão zumbi.

Após isso a Raven GO aceita sua metade demoníaca, todos os Titãs são enviados para suas respectivas dimensões. Ao retornar à sua Terra, os Titãs GO expressam alívio por não terem que suportar outro crossover que ameaça o multiverso por pelo menos mais um ano. Só então, eles são atacados por Darkseid , mas se recusam a lutar contra ele por exaustão.

Crítica: No mesmo excelente clima criativo de que Teen Titans Go! To the Movies ou de Homem-Aranha: No Verso-Aranha, Teen Titans Go! vs. Teen Titans é uma obra criativa e hilária da DC Comics, Warner Bros e Cartoon Network que faz ótimas referência a vários arcos e dezenas de fases da Turma Titã, tanto nas animações e quanto nas HQs. Não há como não se sentir nostálgico ao ver a animação que trabalha muito bem o roteiro trazendo várias referências ao multiveso DC e seus anos de produção nas HQs e animações para TV, desde Superamigos, passando por Crise das Infinitas Terras até Darkseid War, referência claríssima ao arco War da Liga da justiça, tudo isso muito bem planejado em meio a tantas piadas e easter eggs.

Diferente da primeira versão de 2018, Teen Titans Go! To the Movies, Teen Titans Go! vs. Teen Titans não abusa tanto da Quarta Parede ou parece não conhecer ou se importar as falhas do universo cinematográfico da DC Comics, mas aqui se trabalhando melhor o roteiro e desenvolvendo mais os conflitos entre seus personagens dentro d história, principalmente o lado bom e mau da Ravena GO ou a insegurança constante do Robin Go como líder da equipe. Isto torna a história menos cansativa e repleta de situações bem interessantes.

Mas o melhor está realmente nas discussões entre os Robins, que parecem não se entender devido as suas peculiaridades, uma mais adolescente e sem paciência e outro infantil, mimado e egocentrístico. Esta situação, gerada pela tentativa criativa de cada universo de explorar nos espectadores, traz como se  cada roteirista de cada versão pudesse soltar um elogio ou desaforo sobre a versão que tem que compartilhar no mesmo espaço dentro do  filme e este entretenimento fica perfeitamente perceptível ao público e rende ótimas piadas.

Curiosidades: O filme recebeu críticas positivas da crítica. IGN deu ao filme uma nota 8 de 10 afirmando, “Outro incrível esforço animado da DC / Warner Bros., Teen Titans Go! Vs. Teen Titans é um filme super divertido perfeitamente preparado para estrear na San Diego Comic Con. Cheio de personagens clássicos e divertidos, este crossover caótico com certeza irá agradar até mesmo fãs de Jovens Titãs e os mais insolentes adolescentes Titans Go!. Basicamente, não importa onde você está entrando nesta arena, você terá uma boa luta titânica junto a essas duas equipes, em uma jornada pelo multiverso através do tempo, espaço e … Papai Noel!”.

A CBR.com deu ao filme uma crítica positiva, afirmando: ” Teen Titans Go! Vs. Teen Titans não é o filme mais revolucionário de todos os tempos, nem atinge a escala verdadeiramente ambiciosa que Teen Titans Go! To the Movies ou tematicamente do ano passado semelhante Homem-Aranha: No Verso-Aranha conseguiu ser. Mas como uma carta de amor à franquia que incorpora muito humor e coração, o novo filme tem sucesso. O filme prova que não importa a forma em que eles venham, os Titãs Adolescentes pode ter histórias envolventes e emocionantes, mesmo em meio a piadas sobre super-humanos lutando contra os duendes do Papai Noel. ”

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo