‘Tudo Por Um Pop Star’ ganha clipe com música inédita na voz de Maisa Silva, Klara Castanho e Mel Maia - NoSet
Cinema

‘Tudo Por Um Pop Star’ ganha clipe com música inédita na voz de Maisa Silva, Klara Castanho e Mel Maia

Composição de Thalita Rebouças e Daniel Lopes é parte da trilha do longa e chega às plataformas digitais em 14 de setembro

Obra de Thalita Rebouças, “Tudo Por Um Pop Star” não só vai virar filme como também dará nome à música-tema do longa que chega aos cinemas em 11 de outubro, o clipe da canção, que tem autoria de Thalita Rebouças e Daniel Lopes, acaba de ser lançado e traz Maisa Silva (Gabi), Klara Castanho (Manu) e Mel Maia (Ritinha) em cenas que retratam parte das loucuras que elas vão cometer para chegar perto dos seus ídolos. Em um dos refrãos, as meninas confessam seu papel de fã: “Eu faria tudo por um pop star, dormir na calçada para te ver passar, madrugar na fila e nunca reclamar”.

No longa dirigido por Bruno Garotti, as três adolescentes ficam extasiadas quando recebem a notícia de que a boy band “Slava Body Disco Disco Boys” estará em turnê no Rio de Janeiro. Tietes intensas, elas não vão medir esforços para realizar o sonho de ver de perto seus ídolos Slack (João Guilherme), Michael (Victor Aguiar) e Julius (Isacque Lopes).

Moradoras do interior, as adolescentes têm uma primeira e difícil missão: convencer os pais a deixá-las viajarem sozinhas para a capital. Para isso, as meninas contam com a forcinha de uma importante aliada: Babete (Giovanna Lancellotti), a prima avoada e mais velha de Manu. Passada essa etapa, precisarão dar um jeito para conseguir ingressos, que já estão esgotados. E é aí que entra o famoso youtuber Billy Bold (Felipe Neto) que pode – ou não – ajudar as meninas. Mesmo diante de tantas dificuldades, elas não vão descansar até conseguir conhecer a banda.

Com roteiro de Thalita Rebouças e colaboração de roteiro de Bruno Garotti e de Dadá Coelho, o filme tem ainda no elenco Victor Lamoglia, Maitê Padilha, Barbara Maia, Gaby Nunes, Letícia Isnard, Flávia Garrafa, Osvaldo Mil e Míriam Freeland. A produção é da Panorâmica, com coprodução da 20th Century Fox, Telecine e Globo Filmes e distribuição da Downtown Filmes/Paris Filmes.

Sinopse: Melhores amigas, Manu (Klara Castanho), Gabi (Maisa Silva) e Ritinha (Mel Maia) descobrem que seus ídolos da banda Slava Body Disco Disco Boys virão em turnê ao Rio de Janeiro. Extasiadas com a novidade, elas têm a difícil missão de convencer seus pais a permitir que deixem sua cidade no interior para realizar o sonho de ver de perto os meninos mais famosos do cenário pop. Para isso, contarão com a ajuda de Babete (Giovanna Lancellotti), a prima avoada e mais velha de Manu. Mas essa aventura reserva muitas surpresas: testa os limites da paixão dessas fãs e coloca à prova a força da amizade das três.

 

Ficha técnica:

Direção: Bruno Garotti

Roteiro: Thalita Rebouças

Colaboração de Roteiro: Bruno Garotti e Dadá Coelho

Supervisão de Roteiro: Paulo Cursino e Bruno Garotti

Produção: Panorâmica

Produzido por: Rodrigo Montenegro, Mara Lobão e Rodrigo Guimarães

Direção de Produção: Vanessa Jardim

Direção de Fotografia: Dante Belluti

Direção de arte: Marcus Figueiroa

Produção de Elenco: Cibele Santa Cruz

Figurino: Fabíola Trinca

Maquiagem: Paula Vidal

Som Direto e Mixagem: Visom

Direção Musical: Daniel Lopes

Trilha Sonora: Daniel Lopes e Music Mind

Montagem: Diana Vasconcellos, ABC

Coprodutores: 20th Century Fox, Telecine e Globo Filmes

Investidor: Fundo Setorial do Audiovisual

Distribuidora: Downtown Filmes / Paris Filmes

Elenco principal: Maisa Silva, Klara Castanho, Mel Maia, Felipe Neto, Giovanna Lancellotti, João Guilherme, Isacque Lopes e Victor Aguiar

Classificação: Livre

 

Sobre o diretor: Bruno Garotti foi diretor e roteirista dos longas “Cinderela Pop” (a ser lançado em 2019) e “Eu Fico Loko”, eleito Melhor Filme Nacional do ano pelo Prêmio Jovem Brasileiro 2017. Atuou como diretor-assistente e roteirista nos filmes “S.O.S. Mulheres ao Mar 2” (2015), “S.O.S. Mulheres ao Mar” (2014) e “Confissões de Adolescente” (2014).

Entre 2006 e 2010, trabalhou como assistente de direção em dezenas de produções, como os filmes “Se Eu Fosse Você 2” (2008), “O Bem Amado” (2009 ), “Chico Xavier” (2010 ) e a série “As Cariocas” da TV Globo (2011).

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo