Web Séries Imperdíveis: Nightwing – 1ª Temporada - NoSet
Review

Web Séries Imperdíveis: Nightwing – 1ª Temporada

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de mais uma ótima Web Série no canal Youtube do universo Dc Comics..

Nightwing: The Web Séries (2014):

Criadores Danny Shepherd e Jeremy Le, estrelado por Danny Shepherd , Bob Lee Dysinger e Stephen Manley.

Sinopse: Depois de uma briga com seu mentor, Dick abandona Gotham e o uniforme de Robin, surgindo na cidade de Bludhaven anos mais tarde como “Nightwing”, facilmente derrotando os pequenos criminosos que infestam a cidade. Mas ele logo percebe que pode ter mordido mais do que ele pode mastigar, quando um assassino misterioso e perigoso, só conhecido como ‘Deathstroke, começa a alvejar cidadãos de Bludhaven.

Crítica: Criado em 1940 por Bob Kane, Bill Finger e Jerry Robinson, Richard John Grayson, ou apenas Dick Grayson, é um dos mais carismáticos personagens da DC Comics, e um dos poucos que já vestiu o manto do Batman quando este estava ausente e o representou na Liga da Justiça. Em 1984 Dick deixou o manto do Robin e assumiu como Asa Noturna, personagem então desenvolvido por Marv Wolfman e George Perez.

A Web Série, Criada por Danny Shepherd e Jeremy Le, lançado em 29 de julho de 2014 pelo Youtub, com cinco capítulos que tem em média 10 min cada, foi filmado em três dias com detalhes nas roupas, no roteiro e no clima sombrio que permeia as HQs dos “filhos do cavaleiro das Trevas”. A web série gerou um estrondoso sucesso, com mais de um milhão de visualizações em pouco tempo. O estilo de filmagem e roteiro lembram muito as séries da Marvel com a Netflix, mostrando o lado mais humano dos personagens, tirando o super do contexto e mostrando mais o herói que há em cada personagem, suas contradições e estilos.

O roteiro tem como base os arcos das HQs A Piada Mortal e Uma Morte em família, tendo a participação especial do ator Jake Taylor no papel do Coringa, Noel Schefflin como Jason Todd e Lenna Karacostas como Barbara Gordon e Oráculo, todos incrivelmente bem representados assim como seus arcos. Danny Shepherd, criador e ator principal no papel de Nightwing está até bem representado, as marcas no corpo e sua atuação estão bem interessantes, lembrando muito o Demolidor de Charlie Cox da Netflix / Marvel no seu estilo de luta e movimentos. A também lembrança do realcionamento entre Dick e bárbara foi uma boa sacada, já que este relacionamento é de antes das Crises das InfinitasTterras, quando Dick ainda era o Robin. Outro ponto positivo foi mostrar a transição de Dick de Robin para Asa Noturna, assim como Jason de Robin para capuz Vermelho e a Barbara, não citada como Batgirl, para Oráculo.

Talvez, a maior crítica esteja na adaptação e atuação de Michael Tylor como Deathstroke. O personagem está muito longe das características e estilo de luta do das HQs e a nova reformulação do personagem na série da a entender que não foi a esposa que tirou seu o olho, mas sim um novo anti herói. Fora isso a série tem excelentes combates e pontas com Joe Greer como Comissário Gordon e Scott Kinworth como Bruce Wayne.

Muitos outros easter eggs estão na série, como a voz do Superman no intercomunicador, a tecnologia Kord Tech, de Ted Kord ou o Basouro Azul, o recado de Afred, o mordomo da família, dado por Bruce a Dick, entre muitos outros. Em determinado momento, a série também utiliza de desenhos (HQs) para mostrar mais detalhes sobre eventos e personagens, o que fica muito interessante de se ver.

Curiosidades: Os criadores da série expressaram interesse no projeto Batman Beyond, bem como um centrado em Kyle Rayner (Green Lantern), se o programa de TV estrelado por Nightwing (Titans) fizesse o sucesso esperado.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo