Vikings – 5ª Temporada 2018 / 2019 - NoSet
Review

Vikings – 5ª Temporada 2018 / 2019

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e posso dizer com toda propriedade que Vikings é uma das minhas séries preferidas, se igualando facilmente a Game of Thrones e muito melhor que Outland, outras séries de época interessantes que podemos indicar. Em sua penúltima temporada, já confirmado pelos seus produtores que a sexta encerra a saga, Vikings mantém sua qualidade de elenco e estrutura que o fizeram sucesso garantido.

Vikings (5ª Temporada):

Criador Michael Hirst, elenco Travis Fimmel, Clive Standen, Katheryn Winnick, Jessalyn Gilsig, George Blagden e Gustaf Skarsgård. Vikings é uma série de TV irlando-canadense, um drama histórico escrito e criado por Michael Hirst para o canal de televisão History.Filmado na Irlanda, Vikings teve como inspiração as histórias envolvendo o célebre viking Ragnar Lothbrok, um dos mais conhecidos heróis nórdicos, célebre em sua época pelas suas incursões na França e na Inglaterra. A série retrata Ragnar como um agricultor escandinavo responsável por idealizar as incursões pioneiras à Inglaterra, e eventualmente tornando-se Rei da Dinamarca. Ragnar tem o auxílio de seus companheiros guerreiros, o seu irmão Rollo, o seu filho Björn Ironside e as suas esposas, a escudeira Lagertha e a princesa Aslaug.

Sinopse: Com a traição de Rolo com os Vikings que ficaram acampados em Paris, chega a hora de Ragnar, ainda não curado, e seu povo, voltar a saquear a Europa. A saga de Ragnar, Rollo, Lagertha e Bjorn continua enquanto alianças e amizades leais são questionadas, a fé é catequizada e as relações se complicam. Finalmente com a morte de Ragnar, cabe a seus filhos a vingança e a união do império Nórdico.

Crítica: Com a saída de Travis Fimmel (Ragnar) e a participação de Clive Standen (Rollo) como elenco de apoio no final de sua quarta temporada, além da morte de vários outros personagens de subtramas, Vikings tinha tudo para dar errado, principalmente pela sua mudança de foco, de elenco e a evolução da história, se tornando aquele tipo de sério e que após sua terceira temporada parece não ter mais nada para se contar. Porém, como sempre, a série manteve sua grandeza e qualidade de história em sua ótima quinta temporada, mantendo Katheryn Winnick (Lagertha) e Gustaf Skarsgard (Floki) como o centro de toda a história, problemas e soluções da série, mas além disso, com os sub tramas agora focados nos filhos de Ragnar, principalmente o já conhecido e galã da série Alexander Ludwing (Bjorn) e o ótimo ator Alex Horgh Andersen (Ivar). Ambos conseguem garantir toda a ação necessária, com as grandes invasões a Grã Bretanha e os conflitos internos nórdicos de política e poder. Não posso deixar de reconhecer o ator Johnathan Rhys Meyers (Bispo Heahmund), que detestei na série Drácula, aqui brilhar com um personagem profundo, forte, misterioso e polêmico. Infelizmente Meyers tem um background ruim, por problemas pessoais que afetam diretamente a produção das séries que participou e talvez por isso não dure muito nesta série. É uma pena que Vikings vai acabar em sua sexta temporada para 2019/2020, assim como a incrível Game of Thones vem para também sua última temporada.  Espero que séries assim, como a primeira que me apaixonei chamada a série Roma (2005), nunca deixem de ser produzidas. As referências aos Deuses Nórdicos e a invasão religiosa Cristã são também pontos altos da história, muito por movimentos mais políticos do que culturais.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo