Titans: Os Titãs em Live Action (Segunda Temporada) - NoSet
Review

Titans: Os Titãs em Live Action (Segunda Temporada)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais uma temporada da melhor adaptação Live Action da DC Comics.

Titãs :

Baseado em Novos Titãs, de DC Comics, desenvolvedores Akiva Goldsman, Geoff Johns e Greg Berlanti, produtor Robert Ortiz, produtores executivos     Akiva Goldsman, Geoff Johns, Greg Berlanti, Sarah Schechter, Greg Walker e John Fawcett, distribuição Warner Bros. Television Distribution (Estados Unidos) e Netflix (Internacionalmente). Elenco Brenton Thwaites, Anna Diop, Teagan Croft, Ryan Potter, Curran Walters, Conor Leslie, Minka Kelly e Alan Ritchson, Esai Morales, Empresas produtoras Weed Road Pictures, Berlanti Productions, DC Entertainment e Warner Bros. Television, emissora original DC Universe e Netflix.

Titans é uma série de TV americana que mostra um grupo de jovens heróis que unem suas forças na luta contra o mal. Destacados como membros dos Titãs de mesmo nome estão Dick Grayson (Brenton Thwaites), Kory Anders (Anna Diop), Rachel Roth (Teagan Croft), Gar Logan (Ryan Potter), Jason Todd (Curran Walters), Donna Troy (Conor Leslie), Dawn Granger (Minka Kelly), e Hank Hall (Alan Ritchson).

Uma série live-action baseada nos Novos Titãs entrou em desenvolvimento em setembro de 2014 para o canal a cabo TNT, com Goldsman e Marc Haimes escrevendo o episódio piloto. O piloto havia sido desenvolvido até dezembro de 2014, mas nunca chegou a ser realmente feito, com a TNT anunciando em janeiro de 2016 que não iriam mais seguir em frente com o projeto. Em abril de 2017, foi anunciado que a série estava sendo redesenhada para o novo serviço digital direto da DC Comics, com Goldsman, Johns e Berlanti conectados ao projeto. Brenton Thwaites foi escalado como Dick Grayson em setembro de 2017, e outros regulares da série foram escolhidos entre agosto e outubro de 2017.

Titans estreou em 12 de outubro de 2018 e sua primeira temporada incluiu onze episódios. A segunda temporada que conta com treze episódios estreou em 6 de setembro de 2019. Os personagens introduzidos em Titans reapareceram mais tarde na série Doom Patrol no DC Universe, embora Doom Patrol esteja em uma continuidade separada.

1ª Temporada: Titans se concentra em um grupo de jovens que formam o time homônimo de super-heróis para combater o mal e outros perigos. A primeira encarnação da equipe a aparecer na série consiste em Dick Grayson, ex-parceiro vigilante de Batman que está tentando afirmar a independência de seu mentor, Kory Anders, uma extraterrestre afetada por amnésia, Rachel Roth, uma empata perseguida por forças perigosas, e Garfield “Gar” Logan, um metamorfo que antes vivia com a Patrulha do Destino. Mais tarde, a equipe se junta a Jason Todd, sucessor de Dick como parceiro de Batman. Durante a série, é revelado que Dick fazia parte de uma equipe anterior dos Titãs que incluía a Donna Troy, uma irmã adotada das Amazonas, e a dupla de combate ao crime Dawn Granger e Hank Hall.

Na primeira temporada, Rachel procura Dick para se proteger de seus perseguidores, o que os leva a conhecer e se unir a Kory e Gar. A equipe finalmente descobre que Rachel está sendo perseguida por seu pai, Trigon, que deseja escravizar o mundo.

2ª Temporada: Após seu encontro com Trigon, Dick reformou os Titãs. Sob sua supervisão em sua nova casa, na Torre dos Titãs, Rachel, Gar e Jason Todd treinam juntos para aprimorar suas habilidades como heróis e trabalhar juntos como uma equipe. A eles se juntam Hank Hall e Dawn Granger, também conhecido como Rapina e Columba, e Donna Troy, também conhecida como Moça Maravilha. Embora esses Titãs originais tentem fazer a transição para uma vida normal, quando velhos inimigos ressurgem, todos devem se reunir para lidar com os problemas pendentes. E enquanto essa família de antigos e novos Titãs – incluindo Conner Kent e Rose Wilson – aprende a coexistir, a chegada de Exterminador traz à luz os pecados dos antigos Titãs que ameaçam destruir esta nova família de Titãs

Personagens:

Brenton Thwaites como Richard “Dick” Grayson / Robin / Asa Noturna: Um ex-artista de circo que, após a morte de seus pais, foi treinado por Batman para combater o crime como seu parceiro. Agora em sua vida adulta e detetive no Departamento de Polícia de Detroit, Dick se torna o líder de um novo grupo de heróis em sua busca para sair da sombra de seu mentor e queima sua fantasia de Robin. Na segunda temporada, Dick assume a identidade de Asa Noturna. Tomaso Sanelli interpreta Dick Grayson (jovem) em flashbacks.

Anna Diop como Kory Anders / Estelar / Koriand’r: Uma mulher poderosa sem memória de seu passado, que persegue Rachel procurando por pistas. Ela finalmente descobre que ela é do planeta Tamaran, em uma missão para impedir Rachel de alguma forma afetar a destruição de seu planeta.

Teagan Croft como Rachel Roth / Ravena: Uma jovem empática mística que é filha de um demônio e cujos poderes são movidos por suas emoções. Croft observou que o relacionamento de Rachel com Dick é “mais uma relação pai-filha”, já que ambos “compartilham o mesmo sentimento de abandono.”

Ryan Potter como Garfield “Gar” Logan / Mutano: Um ex-membro da Patrulha do Destino, que desenvolveu a habilidade de se transformar em um tigre–como um efeito colateral de uma droga que o curou da doença letal Sakutia.

Conor Leslie como Donna Troy / Moça-Maravilha: Dick procura Donna depois de algum tempo. No passado, Dick ainda estava saindo da proteção de Bruce/Batman. Ela tinha uma relação com um caçador ilegal. Ela vê uma escritura incomum em um celular fotografado por Dick e descobre que Kory veio a Terra para matar Rachel. Ela salva Rachel de Kory quando esta tentou matá-la com o laço da verdade. Ela e Dick seguem Kory e descobrem a verdade de Kory e que Rachel era a chave para libertar Trigon.

Curran Walters como Jason Todd / Robin: Ele aparece como novo Robin e salva Dick de uma emboscada. Dick e Jason, como Robins conseguem salvar um amigo do circo de Nick Zucco, filho de Tonny Zucco, mas ao ver Jason enfrentar os policiais, Dick depois o desaprova por tal ato, assim como Bruce faria. Jason depois aparece em uma cadeira de rodas para falar que Batman saiu de seu ideal depois de ver Alfred e o comissário Gordon mortos.

Alan Ritchson como Hank Hall / Rapina: Ele é casado com Dawn Granger/Hall, um antigo caso de Dick que faz com que ambos tenham um atrito. Depois da morte de Don e da mãe de Dawn, ambos tentam superar a frustração de perder alguém importante da vida. Ela depois descobre da identidade de Rapina. Ela depois descobre do caso do professor de Hank e ela foi procurá-lo para que se desculpe com Hank. Depois descobre-se que o professor de Hank era um pedófilo e o espanca sem parar e depois levado para a polícia. Dick leva Rachel para Hank e Dawn e pretendia deixar com eles, mas a Família Nuclear aparece e sequestra Rachel deixando Hank inconsciente e Dawn a ponto de ficar hospitalizada no coma. Ele desperta ao Dawn tentar acordá-lo no momento em que Rachel se comunica com o casal com um pedido de ajuda.

Minka Kelly como Dawn Hall / Columba II: Ela assume o manto de Columba após a morte de Don irmão de Hank. Ela era uma bailarina. Tudo muda quando Don e sua mãe são atropelados por um carro. Estes depois já tiveram um caso e também conheceram Robin/Dick Grayson, que teve um caso com Dawn, que fez com que Hank tivesse um desentendimento com ele. Dick leva Rachel para Hank e Dawn e pretendia deixar com eles, mas a Família Nuclear aparece e sequestra Rachel deixando Hank inconsciente e Dawn a ponto de ficar hospitalizada no coma. Ela desperta do coma e acorda Hank para ajudar Rachel que estava tentando pedir ajuda. Ela aparece casada com Dick, mas apenas num mundo ilusório criado por Trigon.

Crítica: Maravilhosa, Titãs em sua segunda temporada é a melhor adaptação das HQs em Live Action que já vi, superando até Batman VS Superman, que gosto muito, ou mesmo as séries da The CW, em que fez uma pequena ponta nas Crises das Infinitas Terras. Hoje, ao ver Titás, já vejo como uma série madura e pronta, imagino que o mesmo caminho deve seguir ótima StarGirl com sua Sociedade da Justiça e a chatinha Patrulha Destino para conseguir o mesmo sucesso.

Se em sua primeira temporada focada no terror de Trigon, Titãs parecia se ajustar entre seu próprio universo baseado no Batman, encaixando de maneira solo cada personagem ao grupo, principalmente uma das melhores surpresas da temporada com a história de Rapina e Columba, heróis sempre em segunda plano da DC que aqui tiveram uma adaptação perfeita, agora em em sua segunda temporada, Titãs já parece um carro de Fórmula Um dentro do universo DC Comics, correndo ferozmente com mais desempenho e confiança para a curva final, Tudo é perfeito, a escolha do vilão principal, o amadurecimento do roteiro, o clima de humor e pessimismo que domina o grupo é o mesmo das HQs, hora heroico, hora desfazendo o grupo devido as baixas que sofriam em batalhas. E que arco  trazendo personagens clássicos como o Slade, unindo Batman (aqui bem parecido com o Batman do Futuro) e o Superboy com sua primeira aparição em Live Action, simplesmente único, emocionante e lindo.

Muito do sucesso da série vem da dedicação e atuação da novata Teagan Croft como Ravena e Brenton Thwaites (Piratas do Caribe) como Richard “Dick” Grayson. A relação de carinho e amizade de ambos com seus problemas pessoais e a cumplicidade de quase irmãos é muito bem trabalhada na série. Outro ponto que me apaixonou foi o suso de atores incríveis para os papéis chaves da série, abertamente adolescente. A escolha de um elenco mais velho com os ótimos Esai Morales (Ozark e NYPD Blue) como o Death Stroke (Slade ou Exterminador) e Iain Glen (Game Of Thrones) como Batman, ambos como personagens mais maduros, quase no final de suas carreiras, foi uma tirada mágica da cartola, homenageando a velha guarda das HQs enquanto usa uma nova geração para a série.

Outo acerto foi no personagem Curran Walters como Jason Todd. Boatos falam que na próxima temporada teremos a adaptação do arco Uma Morte em Família. Será que teremos votações e a aparição de um novo Coringa?

Curiosidades: A ideia de uma série centrada na equipe dos Novos Titãs pela TNT foi anunciada em 2014. O piloto foi definido com filmagens para acontecer em Toronto em meados de 2015. Em maio de 2015, o presidente da TNT, Kevin Reilly, disse que eles esperavam ter o elenco não revelado até no início das filmagens e que a série seria “muito verdadeira” para os quadrinhos e “inovadora”. A série, que seria chamada de “Titans”, foi criada para começar a ser filmada em Toronto em meados de 2015. A produção foi então adiada para outubro. Em janeiro de 2016, a TNT cancelou o projeto, que ainda estava nos estágios iniciais. Em fevereiro de 2016, Geoff Johns declarou: “Nós [da DC] sabíamos sobre a série da TNT por meses e meses e meses. Isso não é novidade para nós. Temos planos para “Titans”, “É um enorme pedaço da DC e ainda temos planos.” Greg Walker e John Fawcett serão adicionados como produtores executivos a partir da segunda temporada.

Em abril de 2017, a Warner Bros. anunciou que “Titans” seria lançado em 2018 no próprio serviço digital direto da DC Comics. A série estava sendo desenvolvida por Akiva Goldsman, Johns, Greg Berlanti e Sarah Schechter, com Goldsman, Johns e Berlanti escrevendo o episódio piloto. Todos são também produtores executivos da série para a Weed Road Pictures e Berlanti Productions em associação com a Warner Bros Television. Em outubro de 2018, Titans foi renovada para uma segunda temporada antes da estréia da série na “New York Comic Con”. No mesmo mês, Johns brincou que uma “nova” versão do Exterminador eventualmente aparecerá na série.

Johns observou que a série foi inspirada principalmente pelos quadrinhos “Novos Titãs” dos anos 60, já que os quadrinhos “tinham muito drama” e “eram tão revolucionários para o seu tempo”. Ele acrescentou: “Nós realmente queríamos confiar na idéia de que cada Titã era uma porta para outro gênero. Com Rachel [Ravena], é o sobrenatural e o horror, e a primeira temporada realmente se concentra em quem Ravena é e como os Titãs se desenrolarão ao redor dela”. Johns também sentiu que a série seria “um pouco mais adulta” do que a série televisiva Riverdale, chamando-a de “não necessariamente um drama adolescente, [mas] mais um pedaço de aventura.”

As filmagens para a primeira temporada começaram em 15 de Novembro de 2017, em Toronto, Ontário, com o fim das filmagens acontecendo em 28 de Junho de 2018.

Titans estreou em 12 de outubro de 2018, e deve incluir 11 episódios, com novos episódios sendo lançados no DC Universe toda semana. O primeiro episódio foi exibido em 3 de Outubro de 2018, na New York Comic Con. A série foi lançada na Netflix fora dos Estados Unidos no dia 11 de Janeiro de 2019.

A recepção crítica dos três primeiros episódios de Titans foram positivas. Críticos elogiaram as atuações, particularmente as de Thwaites, Diop e Ritchson, e o humor do programa, enquanto outros criticaram o uso da violência pela série. A série recebeu uma pontuação de aprovação de 83% pelo Rotten Tomatoes com uma classificação média de 6,6 de 10, e um consenso crítico afirmando: “Apesar de algumas dores de crescimento tonal, Titans faz justiça ao seu material de origem e brilha verdadeiramente quando seu conjunto titular finalmente se reune.” Metacritic deu à série uma pontuação de 55 em 100, indicando uma resposta “mista ou média”.

Susana Polo do site Polygon elogiou Titans por “temperar violência brutal e assuntos obscuros com humor e dando a seus personagens tempo suficiente para se esticar, respirar e se apegar um ao outro.” Charlie Ridgely do Comicbook.com escreveu que Diop “transmite muita admiração e intriga com suas expressões sutis e genuínas, mas há uma ferocidade e tenacidade consistentes que estão sempre à espreita logo abaixo da superfície”. Rosie Knight do Nerdist Industries escreveu que o “elenco é tão bom que isso torna Titans tão agradável”, enquanto elogiava o roteiro também.

Merrill Barr da Forbes comparou o Titans com a série da emissora CW, Riverdale, descrevendo-a como “uma série sombria e corajosa” muito longe da imagem que os Jovens Titãs conseguiram através de uma variedade de animações nas últimas décadas”. Barr argumentou que os telespectadores “que tomem o tom com calma e se encontrem no meio de uma série direcionada diretamente aos seus interesses”.

Por outro lado, Kevin Yeoman da Screen Rant criticou a excessiva violência da série, escrevendo que Titans não apresenta nenhum pensamento novo ou particularmente convincente sobre seus personagens ou sobre super-heróis em geral”. Da mesma forma, Vinne Mancuso do canal de Youtube, Collider, disse que “se você é apenas fã de algumas histórias de ultra-violência e humor antiquado, a série não é um exemplo bem-sucedido disso”.

Em maio de 2018, a DC Universe anunciou que uma live-action Doom Patrol, composta por 13 episódios, havia recebido um pedido direto para a série. Desenvolvida por Jeremy Carver, Berlanti e Johns (que também trabalha como produtor executivo junto com Schechter) para a “Warner Bros. Television” e “Berlanti Productions”, a série retomará os eventos de “Titans” e mostrará a Doom Patrol (Patrulha do Destino), composto pelo Homem Robô, Homem Negativo, Mulher Elástica, Crazy Jane, e liderados pelo Dr. Niles “The Chief” Caulder, uma missão dada a eles pelo Cyborg. A produção começou em agosto de 2018, com Carver escrevendo para a série, com lançamento previsto para 2019. Brendan Fraser e Riley Shanahan foram escalados para substituir Jake Michaels como Homem Robô. Fraser dará sua voz ao personagem e aparecerá como Steele em flashbacks, enquanto Shanahan interpretará fisicamente o Homem Robô. Além disso, Timothy Dalton foi escalado para substituir Bichir como Caulder.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo