The Outsider - 1 temporada na HBO - NoSet
Review

The Outsider – 1 temporada na HBO

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de mais uma série de terror baseada no romance do mestre de terror Stephen King adaptada para a TV, que promete muito, mas que cai na mesmice de sempre com cenas desnecessárias e seqüência sem a menor coerência.

The Outsider: Desenvolvido por Richard Price, estrelando Ben Mendelsohn, Bill Camp, Jeremy Bobb, Julianne Nicholson, Mare Winningham, Paddy Considine, Yul Vazquez, Jason Bateman, Marc Menchaca e  Cynthia Erivo. Produtores executivos Richard Price, Jason Bateman, Andrew Bernstein, Marty Bowen, Michael Costigan e Jack Bender (somente piloto), produtores Ben Mendelsohn e Katharine Werner (somente piloto).

Sinopse: A investigação do assassinato de um menino se torna obscura quando uma entidade sobrenatural faz com que a equipe encarregada questione suas próprias crenças.

Crítica: Não adianta, eu sou fã de cadeirinha de Stephen King e até hoje tenho dificuldade de explicar para meus filhos que Christine, o Carro Assassino (1983) é um filme Cult que deve ser levado a sério, ou que a franquia de A Colheita Maldita é divertido mesmo sendo tosco.  Não perco nada do mestre King, seja série ou cinema, e sempre saio com aquele gosto que algo deu errado, ou que a história em algum momento azedou e raros são os momentos que isso não acontece, mas infelizmente aqui não foi o caso.

Com um piloto de primeira, com uma premissa de terror bem interessante, um serial killer que dá medo se apresentando com várias possibilidades, um irmão gêmeo, um clone, um ser de outra dimensão, uma entidade dos pesadelos, mas o “El Cuco” passa por todas essas apresentações e não se define ou convence no desenrolar da história pecando no mais simples, deixar a história amarrada com tudo que se apresentou no primeiro capítulo. Com o passar dos capítulos relação de tempo e espaço fica muito distorcida e todas as ações no piloto, que até ai é genial, passam a ficar desacreditadas ou esquecidas,  simplesmente porque a entidade toda poderosa no início e que sobrevive a séculos, passa convenientemente enfraquecer em um determinado período e com isso, facilitar sua caçada. O mesmo tipo de erro de outro filme e série conhecida como O Nevoeiro. Em ambas adaptações, o tempo e a credibilidade passam a ser questionadas quando só queríamos nos divertir.

O interessante elenco de Ben Mendelsohn (Rogue One e Capitã Marvel) como Det. Ralph Anderson, Julianne Nicholson (Lei e Ordem) como Glory Maitland, Jason Bateman (Ozark) como Terry Maitland e cantora Cynthia Erivo como Holly Gibney parecem ter tantas dúvidas sobre seus personagens e as viradas que a história oferece, que fazem o básico que é tentar dar credibilidade ao vilão, como por exemplo até agora não entendi como a investigadora Holly descobriu que era o El Cuco o vilão principal, que ele era real e como o resto do elenco acreditou nela, porque até aquele momento crucial, só tínhamos pessoas descrentes tendo pesadelos na história e uma investigadora para lá de “léle da cuca” e sem a menor credibilidade com 90% das pessoas envolvidas. A Holly chega a perguntar como fará para que todos acreditem nela, mas sem muito esforço ou provas, consegue o entento. A tecnologia e uma preguiçosa pesquisa policial foram arremessada ao lixo para que uma conclusão espiritual fosse aceita, e lá vamos nós atrás do Gasparzinho do mal e por ai vai até uma chuva de cliches de filmes do King acontecem. Era melhor chamar os Caça Fantasmas, os Caçadores da Anna Belle, um padre exorcista, a Igreja Católica, mas não, todos são especialistas em caçar o desconhecido. Detalhe é que até o momento, o El Cuco nunca tinha despertado a curiosidade de ninguém e de repente, todos tem ele ao alcance. Eu não li o livro, para falar a verdade, este nem tinha conhecimento, mas conhecendo bem os livros de King, o terror é bem melhor.

Curiosidades: A minissérie foi anunciada em junho de 2018, com Richard Price contratado para adaptar o romance de Stephen King. A HBO encomendou oficialmente a série em dezembro, com Ben Mendelsohn na liderança enquanto atuava como produtor. O executivo Jason Bateman produz e também protagoniza a série.  Em janeiro de 2019, o elenco principal foi estabelecido, com as adições de Cynthia Erivo , Bill Camp , Mare Winningham , Paddy Considine , Julianne Nicholson , Yul Vazquez , Jeremy Bobb e Marc Menchaca. Hettienne Park e Michael Esper aparecem em papéis recorrentes.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo