Super Smash Bros do Canal Nerdice: O Fim de uma Saga. - NoSet
Review

Super Smash Bros do Canal Nerdice: O Fim de uma Saga.

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos a mais divertida aventura nacional da web turma do canal Nerdice em seu último capítulo na Smash Bros. homenageando o universo game  Super Mario, Luigi’s Mansion, Mario Odyssey, Mario Maker, Mario Galaxy, Mario Kart e Smash Bros.

Smash Bros: O Web projeto que conta com a participação de grandes nomes como BRKsEDU, Coelho no Japão, Digplay, RK Play, entre outros, já se aproxima de 2 milhões de visualizações nos 4 primeiros episódios.  O canal de Youtube Nerdice focado em fan films nerds, lança seu 5º filme sobre o universo de Super Mario, o SMASH BROS, que concluirá a websérie Super Mario Crown. O curta de 8 minutos foi gravado em outubro de 2019 no estacionamento da Brasil Game Show. O filme teve o envolvimento de 25 criadores de conteúdo brasileiros  e terá ao todo 29 personagens dos games.

Smash Bros: Canal Nerdice

Direção, Roteiro e Edição Octavio Lello, produção executiva Jonatham Ferreira, redes sociais Renata Grega, produção Vinni Rodrigues, produção e técnico de som Silvio Gonzales, produção e direção de fotografia Rafael Schubert, fotografia e efeitos visuais Amadeus Freitag, tradução, legendas e técnico de som Guido Scagliusi, direção de arte Clara Mol e fotografia Steel Fabyane Salles. Elenco: Vinni Rodrigues, Linda Deterling, Rodrigo Coelho, Roberto karlos, Octavio Lello, Diego (DIGPLAY), Thalita Heiderich, Vance Poubel, BRKSEDU, Jonathan Ferreira, Tadeu Bovo, Lord Alexandre, Luma Moraes, Mary Nikky, Lord Deimos, Renata Grega, Amanda Santos, Sakura Vee, PH, Carlos Voltor, Guido Scagliusi, Marcelo Moura e Andy (Chapéu do Presto),

Sinopse: “Após derrotar Bowser e resgatar a princesa Peach do castelo, Mario descobre uma nova adversária chamada Bowsette. Enquanto isso, Luigi luta para salvar seu amigo Toad em uma mansão abandonada. Com os encanadores ocupados, Peach novamente é sequestrada, levando Mario a uma busca por diversos reinos e reencontrando antigos aliados, mas é somente às vésperas do Mario Kart que os irmãos Mario descobrirão o grande vilão por trás de tudo que está acontecendo no reino cogumelo. Infelizmente as coisas não saem tão bem e Mario em um ato de desespero desafia Waluigi ao Super Smash Bros. Cada um está preparando seu time de lutadores para a batalha final.”

Crítica: Para melhor entendimento vou dividir esta crítica por arcos para analisar 0 projeto e também descrever o nível de qualidade deste web filme feito pelo canal Nerdice, me retendo apenas a esta capítulo final, pois já temos outra crítica aqui no site sobre a franquia. Aconselho antes de ler, assistir no link acima o web filme, e assim desfrutar melhor de nossa jornada.

Como um fã de cinema e séries posso começar dizendo que esta web série já tem que ser revista como um projeto digno de HBO, Amazon Prime Vídeo, Apple Tv ou a Netflix, tal a proeza, qualidade e ousadia do projeto. Não dá mais para ver o Canal Nerdice como um projeto amador, estão muito superior a isso.

Se em Gotham Sirens era um projeto urbano e eu mesmo escrevi que Lello bebeu da fonte de Nolan, aqui seu trabalho final em Smash Bros é baseado na fonte dos irmãos Russo e seus Vingadores, e não posso deixar de dizer, Lello e sua trupe foram épicos em tudo, dado as devidas comparações. Tem conteúdo, um roteiro coerente e bonito de se ver, que cresce e se torna mais humano e menos imaginário a cada capítulo, deixando o castelo, passando pelo shopping e chegando ao espaço, uma possível simbologia até ao crescimento do ser humano, como criança, adolescente e adulto, começando na fantasia de criança, passando pela adolescência amorosa até do homem, seus sonhos e suas realizações. Tudo isso descrito na jornada do herói Mário. Um pouco de Joseph Campbell misturado com Jung.

Primeiro, quero dar os parabéns a toa a equipe técnica pelas cenas de corte e som. Me sinto muito, mas muito incomodado quando em uma cena de luta temos cortes de câmera a cada soco ou chute, normalmente para esconder o rosto do duble. Prefiro cenas longas e poucos cortes, como em John Wick de Chad Stahelski, pois engrandece a cena, e esse cuidado foi essencial na produção, valorizando muito o elenco que está nada menos que brilhante em sua última jornada. As cenas de luta são épicas, principalmente a do Akuma e Ryu do Street Fighrer, que são ao mesmo tempo violentas e hilárias, assim como o envolvimento de todo o universo de games, como o Pokemon e o Sonic, dando uma credibilidade genial ao trabalho da trupe. Parabéns a toda a equipe de atores por evoluírem a cada capítulo desta saga.

Mudando para o segundo arco, eu fiquei impressionado com a ousadia do Nerdice ao mudar totalmente a perspectiva do filme, buscando o espaço profundo e mágico. Uma mistura de Games e Guardiões da Galaxia de James Gunn, com um toque de Além da Imaginação de Rod Serling, e me peguei falando alto:”Porra Lello, isso é um Web Filme, você não pode fazer passar deste limite”, dando risos, tal fiquei surpreso com a qualidade do material apresentado. Ir de irmãos Russo para Gunn foi muita ousadia, mas o incrível é que funcionou muito bem. Outro ponto no segundo ato foi a trilha musical, novamente tenho que usar a palavra épica. Perfeita se encaixando a cada movimento e nos envolvendo na jornada de salvação do herói, apresentada aqui pela estrelinha tentando salvar a qualquer custo seus heróis junto a princesa espacial.

E então chegamos ao terceiro ato e encerramento da saga, onde os heróis recuperam suas forças para o combate final. A trilha sonora continua sendo o ponto alto desta obra, dando a grandeza de cada cena e a necessidade de urgência para o grande finale chegando.Se eu pudesse dar uma dica ao web filme, senti falta de uma música do herói derrotado, uma musica lenta e dramática como em Senhor dos Anéis cantada por Meriadoc ao rei Denethor. Já disse que vocês estão agora em outro nível e a régua sobe (RS…).   Tem um momento hilário, provavelmente não esperado pelo elenco, em que enquanto os personagens lutam, o carro da segurança do shopping passa ao fundo, ri muito imaginando após o corte eles explicando que era filmagem. Coisas de Web filmes.

Finalmente gostaria de agradecer a Lello pelo convite para participar do filme. Sim, meu nome consta nos créditos lá em cima como Marcelo Moura e fui por três segundos como Peppy Hare e posso dizer que foram longos três dias para sair uma fala de três segundos, então aqui vai toda a minha homenagem a vocês, meu amigos, pelo difícil trabalho de ser ator, dublador e cosplay no seu dia a dia. Estas pessoas abaixo merecem seu aplauso e serem seguidos, pois são guerreiros que amam o que fazem neste mundo capitalistas.

Vinni Rodrigues, Linda Deterling, Rodrigo Coelho, Roberto karlos, Octavio Lello, Diego (DIGPLAY), Thalita Heiderich, Vance Poubel, BRKSEDU, Jonathan Ferreira, Tadeu Bovo, Lord Alexandre, Luma Moraes, Mary Nikky, Lord Deimos, Renata Grega, Amanda Santos, Sakura Vee, PH, Carlos Voltor, Guido Scagliusi, e Andy (Chapéu do Presto),

SOBRE O NERDICE: O canal Nerdice surgiu em novembro de 2018 como um canal de curta-metragens de personagens e universos nerds. Em 2020 diversificamos o conteúdo, sem perder a nossa essência que sempre serão os filmes live actions.

Site: http://www.nerdice.com.br

Facebook: @nerdice

Instagram: @nerdiceoficial

Twitter: @nerdiceoficial

 

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo