Stargirl: HQs DC Comics & DC Universe (HBO e The CW) - NoSet
Review

Stargirl: HQs DC Comics & DC Universe (HBO e The CW)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de mais uma adaptação do universo DC Comics para as telinhas do Arrowverse, com o gostinho de uma série adolescente que inclui a tradicional Sociedade da Justiça e todo o universo ainda não adaptado das HQs..

Stargirl: The CW (2020)

Baseado em Stargirl, de Geoff Johns e Lee Moder, produtores executivos Geoff Johns, Greg Berlanti e Sarah Schechter, elenco Brec Bassinger, Luke Wilson, Anjelika Washington, Yvette Monreal, Christopher James Baker, Joy Osmanski, Neil Hopkins, Nelson Lee, Cameron Gellman, Amy Smart, Neil Jackson, Hunter Sansone e Trae Romano. Empresa(s) de produção Mad Ghost Productions, Berlanti Productions, DC Entertainment e Warner Bros. Television, Emissora de televisão original nos Estados Unidos DC Universe e Brasil HBO.

Stargirl é uma série de televisão americana de drama, baseada na super-heroína da DC Comics Stargirl,que deve estrear em 18 de maio de 2020 no DC Universe. A série também será exibida no dia seguinte na The CW, além de estar disponível nas plataformas digitais da The CW.

Sinopse da Série:

Depois que a estudante de segundo ano do ensino médio, Courtney Whitmore, descobre um poderoso bastão cósmico e que seu padrasto, Pat Dugan, que costumava ser um ajudante de herói, Courtney se torna a inspiração para uma nova geração de super-heróis e mulheres. Suas habilidades naturais para combater o crime são de ginasta e kickboxer, ampliadas pelo treinamento com força, velocidade, agilidade e resistência, além da capacidade com o uso do cajado de projetar estrelas cadentes.

Curiosidades sobre o elenco e personagens da Série:

Brec Bassinger como Courtney Whitmore / Stargirl: Uma estudante, que descobre um poderoso bastão cósmico e se torna a heroína Stargirl. Luke Wilson como Pat Dugan / F.A.I.X.A: O padrasto de Courtney, o ex-companheiro de Starman (quando ele era conhecido como Stripesy) e um mecânico que pilota um robô de 15 pés de sua própria criação. Ainda no elenco Anjelika Washington como Beth Chapel / Doutora Meia-Noite, Yvette Monreal como Yolanda Montez / Pantera, Joy Osmanski como Paula Brooks / Tigresa: Membro da Sociedade da Injustiça, que caça os seres humanos mais perigosos do mundo, Neil Hopkins como Lawrence “Crusher” Crock / Mestre dos Esportes: Membro da Sociedade da Injustiça, que sente que todos os seus alvos fazem parte de um jogo a ser vencido e Nelson Lee como Rei Dragão: Um membro da Sociedade da Injustiça, um cientista polêmico que esconde o rosto e faz experiências com ele e seus pacientes.

No elenco de apoio Joel McHale como Sylvester Pemberton / Starman: Um ex-membro da Sociedade da Justiça da América que usou um bastão cósmico antigravitacional que Courtney encontra. Lou Ferrigno, Jr. como Rex Tyler / Homem-Hora: Membro da Sociedade da Justiça da América, que é “um químico mestre e viciado em adrenalina” com a capacidade de adquirir super-força por uma hora por dia. Brian Stapf como Ted Grant / Pantera: Membro da Sociedade da Justiça da América e ex-boxeador dos pesos pesados, Henry Thomas como Charles McNider / Doutor Meia-Noite: Membro da Sociedade da Justiça da América, que é um detetive e um pioneiro médico brilhante e inovador.

Stargirl ou Sideral (DC Comics)

Sideral (no original em inglês Star-Spangled Kid) foi a alcunha de alguns personagens das HQs da DC Comics que originalmente faz parte da Era de Ouro dos quadrinhos. Sua história conecta-se, ainda, com a de Starman. Criado por Jerry Siegel e desenhado por Hal Sherman, o personagem foi o primeiro de uma série de side kickerss que copiava a idéia de um companheiro adolescente ao herói, assim como o Robin da DC Comics e o Bucky da Marvel Comics. Surgido no contexto da II Guerra Mundial, o personagem seguiria os modelos de uniformes baseados na bandeira dos Estados Unidos, tal qual já ocorria com o Capitão América, e viria a combater nazistas, a primeira aparição da nova dupla ocorreu na revista Star-Spangled Kid lançada em outubro de 1941.

Sylvester Pemberton: Embora como título próprio a primeira aparição de Sideral se deu em outubro de 1941, seu personagem Sylvester Pemberton surgiu um mês antes, na Action Comics número 40, a revista apresentou o personagem como uma introdução, onde ele e o ainda então desconhecido Pat Dugan estão em um cinema e confrontam alguns nazistas. Enquanto Sylvester é jovem e mirrado, faz contraposição ao musculoso e alto Pat, eles resolvem seguir o conselho das pessoas que viram o distúrbio e disseram que seria bom se a bandeira americana ganhasse vida e de forma independente Sideral criou seu uniforme com a parte das estrelas e Dugan com as listras e viriam a se tornar parceiros ao trabalharem num mesmo caso.

Courtney Whitmore: Courtney Whitmore, que havia usado a mesma alcunha de Sideral, atualmente chama-se Stargirl. Ela encontrou, por acaso, o equipamento que Sylvester tinha usado no seu tempo de herói e, única e exclusivamente para incomodar seu padrasto, Pat Dugan, passou a atuar como Sideral. Pat, a princípio, foi relutante e fazia o que podia para fazer a menina desistir, mas Courtney insistiu e ganhou o respeito e a permissão, não só de Pat, mas também de sua mãe, Barbara, para que pudesse praticar o vigilantismo. Logo no começo de sua carreira, Courtney entrou para a Justiça Jovem e para a Sociedade da Justiça, deixando o primeiro posteriormente, mas permanecendo até o presente, no segundo.

Outras versões: Em Reino do Amanhã, Alex Ross apresentou um outro Sideral, chamado simplesmente de Stars, um afro-americano que, além de utilizar um lenço com a bandeira americana e uma camiseta com a mesma bandeira, só que invertida, usava também uma versão do cinturão cósmico. Além disso, ele estava acompanhado de um homem adulto, com musculatura avantajada, que trajava uma camiseta listrada, sendo creditado como Stripes.

Stargirl apareceu em Justice League Unlimited , Batman: The Brave and the Bold, Justice League Action e Young Justice. Também apareceu nas séries de live-action Smallville , interpretado por Britt Irvin e em Legends of Tomorrow , interpretado por Sarah Gray . Stargirl também é interpretada por Brec Bassinger em sua própria série de televisão para o DC Universe e The CW Network. Stargirl está programada para aparecer no próximo filme de Adão Negro, ambientado no Universo Estendido da DC

Stargirl faz uma aparição no game Injustice: Gods Among Us, há uma estátua dela do lado de fora do Salão da Justiça. Stargirl aparece como um personagem jogável em Lego Batman 3: Beyond Gotham, esta dublado por Tara Strong. Stargirl aparece como um personagem jogável em Infinite Crisis , dublada por Natalie Lander.

 

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo