DC Rebirth - O Fim dos Novos 52 (DC Comics): - NoSet
Livros & HQs

DC Rebirth – O Fim dos Novos 52 (DC Comics):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e bem vindos ao Novo Velho Mundo das HQs da DC Comics e um novo reboot.

DC Rebirth – DC Comics:

Com o bordão: “Já acabou Jéssica”, o lançamento do DC Universe: Rebirth especial, encerra um projeto grandioso, que foi para o buraco em quatro anos, cheio de críticas e fãs insatisfeitos. Os personagens clássicos que não foram mais vistos durante os Novos 52, incluindo Wally West, Aqualad, Ryan Choi e Doutor Destino, agora voltaram à continuidade da DC, enquanto outros personagens, como Ted Kord e Ray Palmer, voltaram para sua caracterização anterior a Flashpoint. Para explicar tudo que aconteceu, o sumido Wally West reaparece e conta que a causa do universo mudar em Flashpoint não foi devido a tentativa de Barry Allen de corrigir seus erros, mas por causa do vilão Doutor Manhattan (Watchmen) que interferiu no universo e removeu cerca de 10 anos de cada personagem, o que resultou na idade mais jovem dos heróis e vilões no Universo dos Novos 52 e o sumiço do universo anterior. Entendeu? Com isso resgatamos Crise das Infinitas Terras, Lendas, Crise de Identidade, A Piada Mortal, Morte em Família, a sunga vermelha do Superman e inclui Watchmen no novo Universo, mas cria problemas sequenciais como dois Superman e três Coringas, além de outras barbaridades inexplicáveis que vamos que ter que engolir neste novo velho Universo, como no caso da personagem Poderosa, que até hoje não tem um passado definitivo.

O Arco: O arco Rebirth inicia-se com o nome de Darkseid War, um tipo de Contagem Regressiva Para, quando o Anti Monitor, aquele mesmo vilão de Crise das Infinitas Terras, enfrenta o vilão Darkseid, de Crise Final. Na saga é revelado que o Anti Monitor tem um passado diferente que nós conhecemos, além de outros nomes através do tempo, divulgado através do Novo Deus Metron de Nova Gênese. No final da saga, descobre-se que tudo foi causado pelo Dr. Manhattan em sua base na Lua. Quem leu Watchmen, lembra que no final da saga, Manhattan diz claramente que vai brincar com outros universos, Então, logo após isso, Manhattan altera o universo conhecido nos Novos 52, para nós, esse tempo se dá logo após o evento Flashpoint. Sim, se você agora percebeu que estamos falando do mesmo Dr. Manhatan do universo da premiada Graphic Novel de Allan More, é este mesmo, agora incluído a cronologia oficial da DC. Manhattan, caso você não lembre, é a única entidade com realmente poderes no universo Watchmen e seu maior poder é de viver o tempo ao mesmo tempo em todos os sentidos, assim, ele pode escolher qual destino deseja. Nas HQs isso é claro, mas no filme não. Esta união de universos deve ter provocado o grito de morte de Alan Moore que foi ouvido tudo isso que relatei deve ter sutado. Ao que tudo indica, muito parecido com o que vimos na Marvel, no Universo Compacto em Heróis Renascem, outro fracasso que ficou na conta de Franklin Richards, filho do Senhor Elástico do Quarteto Fantástico, estes quatro anos que lemos os Novos 52, na verdade lemos um Universo Paralelo e não da continuidade oficial. Agora é ler para crer.

 

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo