Quântico (primeira temporada) - NoSet
Séries & TV

Quântico (primeira temporada)

Salve Nosetmaníacos, Noset está assistindo a série com interesse.

q1

Quântico (2015):

Criador Joshua Safran, elenco Priyanka Chopra, Josh Hopkins, Jake McLaughlin, Aunjanue Ellis, Yasmine Al Massri, Johanna Braddy, Tate Ellington e Graham Rogers, Quântico é uma série de televisão americana exibida pela ABC.

q8

Enredo:

A série segue um grupo de jovens recrutas do FBI; cada um tem uma razão específica para a adesão. Flashbacks detalham suas vidas anteriores, enquanto os recrutas batalham seu árduo e desafiador caminho, através de treinamento na academia em Quântico, Virgínia.

q9

Critica:

Com quatorze capítulos em sua primeira temporada, Quântico é uma difícil série para se acompanhar, segue uma estrutura muito parecida com a série Lost, onde o excesso de Flashbacks serve para explicar as consequências no futuro, no mesmo estilo de Arrow . Um desavisado pode pensar que por ser o nome de uma academia do F.B.I., a série se pareça com  C.S.I. ou Criminal Minds, o que não é o caso.

q3

Como em Lost, todos os personagens são culpados de alguma coisa ou estão comprometidos de alguma maneira, mas somente um é o grande vilão, ou não, como diria o mestre Caetano Veloso. A cada capítulo você soma um pouco mais de informação do grande quebra cabeças dos personagens que pode te levar a alguma conclusão importante, ou não (rs) e fica um pouco mais perdido quanto ao roteiro principal.

q2

Com um elenco quase com mais de cinquenta atores pouco conhecidos, e se acostume com a morte de um monte deles e a substituição de outros, por isso não se apegue, o elenco principal é composto por são Priyanka Chopra (cantora e modelo indiana), Josh Hopkins (da série Ally McBeal),  Jake McLaughlin (Protegendo o Inimigo),  Aunjanue Ellis (The Mentalist) e talvez o mais conhecido seja Rick Cosnett (The Flash). Gostei muito do piloto, dinâmico, surpreendente e com um ótimo humor negro, mas mesmo assim a série tem momentos lentos e perde a dinâmica ao mudar o contexto do passado para o futuro, mas é inovador, pois para se chegar ao final, é preciso se entender o início. Se você gosta de um bom roteiro policial e quebra cabeças, é um prato cheio.

q6

 

 

Att.

Marcelo The Moura.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo