Powerless (Primeira Temporada - Série 2017): - NoSet
Review

Powerless (Primeira Temporada – Série 2017):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais uma série cômica do universo DC Comics em sua primeira temporada.

Powerless (Primeira temporada – 2017):

Criadores Ben Queen, produtores Ben Queen e John Myrick, Produtores executivo Ben Queen, distribuída Warner Bros. Television, elenco Vanessa Hudgens, Danny Pudi, Alan Tudyk, Christina Kirk e Ron Funches, produção BQ Productions, DC Entertainment e Warner Bros. Television. Na sua primeria temporada e com doze capítulos, Powerless é uma série de televisão norte-americana desenvolvida por Ben Queen para a NBC e a primeira série de comédia ambientada no universo da DC Comics. O episódio piloto foi aprovado no dia 11 de Maio de 2016. A estreia norte-americana aconteceu no dia 2 de Fevereiro de 2017, e a brasileira acontecerá no dia 12 de Março de 2017 na Warner Channel. A série mostra um lado diferente do mundo de heróis e vilões da DC Comics, sendo sobre a realidade de trabalho de pessoas normais em um mundo de super heróis e vilões.

Sinopse: Em um mundo em que a humanidade precisa lidar com os danos colaterais de super-heróis e supervilões, Emily Locke (Vanessa Hudgens) começa seu primeiro dia de trabalho como diretora de pesquisa e desenvolvimento da Wayne Security, uma subsidiária da Wayne Enterprises que se especializa em desenvolver produtos para que os indefesos cidadãos se sintam um pouco mais seguros. Cheia de confiança e grandes ideias, Emily rapidamente aprende que suas expectativas são muito maiores do que as de seu novo chefe (Alan Tudyk) e colegas de trabalho. Cabe a ela liderar a equipe em direção ao seu pleno potencial e à percepção de que não é preciso superpoderes para ser um herói.

Curiosidades: Vanessa Hudgens como Emily Locke: Recém mudada para Charm City, assume o posto de Diretora de Pesquisas & Desenvolvimento na Wayne Security. É extremamente otimista e o que mais deseja é poder ajudar as pessoas. Alan Tudyk como Vanderveer “Van” Wayne é o chefe da Wayne Security e primo de Bruce Wayne. Ele é rico, desprovido de muita inteligência e não gosta de trabalhar. Seu maior sonho é se mudar para Gotham City. Danny Pudi como Teddy é o Chefe de Design na Wayne Security. É um pouco arrogante e sarcástico, mas no fundo é inseguro. Gosta de se vestir bem e é viciado em paletas de cores. Christina Kirk como Jackie é a a Assistente Administrativa de Van Wayne na Wayne Security. É a pessoa inicialmente mais próxima de Emily Locke. Ron Funches como Ron é o Engenheiro Chefe na Wayne Security. Está sempre criando novos produtos, que nem sempre dão certo, para manter as pessoas seguras das batalhas de super heróis. Jennie Pierson como Wendy é a a Engenheira de Software na Wayne Security. Arrogante, sincera e desconfiada, demora a simpatizar com Emily Locke. Em Janeiro de 2016, foi noticiado que a NBC havia encomendado o episódio piloto de Powerless. Em Fevereiro de 2016 o elenco principal foi anunciado: Vanessa Hudgens como a protagonista, Emily Locke, Danny Pudi como Teddy, Alan Tudyk como Del e Christina Kirk como Jackie. Foi divulgado que nenhum super herói principal como Batman ou Superman, aparecerá no show, mas serão frequentemente mencionados. Em Julho de 2016, Ron Funches se juntou ao elenco principal como Ron. Em Agosto de 2016, o criador, escritor e produtor da série, Ben Queen, abandonou a produção por conflitos criativos com a Warner Bros. Television e a NBC. A emissora teve então que procurar por um substituto, o que causou um atraso nas filmagens, que estavam inicialmente previstas para a segunda semana de Setembro de 2016. Apesar disso, a estreia – prevista para o fim de 2016 ou início de 2017 – não sofrerá alterações. Após encontrar um novo showrunner, o elenco e produção retornaram a filmar a série no dia 21 de Novembro de 2016, nos estúdios da Warner Bros., em Burbank, Califórnia. No dia 8 de Dezembro de 2016 foi oficialmente divulgada a data de estreia norte-americana da série: 2 de Fevereiro de 2017, além de uma nova premissa, que sofreu pequenas alterações.

Comentários : Para quem conhece HQs, não há como não dizer que Powerless não tem grandes referências da premiada HQ da arqui rival DC Comics, conhecida como Marvels. Esta  foi um livro ilustrado limitado composto por quatro partes, lançado pela Marvel Comics em 1994. As histórias foram escritas por Kurt Busiek, ilustradas pelo mestre Alex Ross e editada por Marcus McLaurin. As HQs, diferente da série de tv, a HQ era ambientado do ano de 1939 a 1974 e seu arco viaja por todo o rico universo da Marvel, mostrando a história de diversos super-heróis da Marvel a partir do ponto de vista de um fotógrafo chamado Phil Sheldon, um  humano normal e sem poderes. A série Marvels foi um sucesso, ganhando vários prêmios e responsável também por fazer a carreira de Busiek e Ross deslanchar. Voltando para a série de tv, o piloto que estreou em 02 de Fevereiro não me empolgou, apesar das várias referências ao DCU, bons efeitos especiais e um elenco interessante, o humor é o que há de pior na série. Senti muita dificuldade de rir, principalmente porque as piadas quase não se encaixam no roteiro, são piadas forçadas feitas pelo elenco e não pela situação que passam, repetitivas e quase que explicadas para se encaixar ao roteiro.Achei o humor bem abaixo de uma série que já brinca com isso, como The Big Bang Theory, ou muito longe de uma série clássica como Friends, onde a química faz a piada. Como já vimos que este tipo de jogo não cola em séries sobre heróis e raramente dá uma boa audiência, torço para que a série ache um rumo melhor do que manter piadas como a série The Tic, que eu até gostava muito, mas a maioria do público não entendeu este tipo de humor misturado com HQs.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo