Future Man: Primeira temporada - NoSet
Review

Future Man: Primeira temporada

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais uma série scyfy com várias referencias ao universo Geek que pode interessar você.

Future Man: O Viajante do Tempo: Criadores Howard Overman, Kyle Hunter e Ariel Shaffir, produtores Josh Hutcherson, Mychelle Deschamps e Shawn Wilt, produtores executivos Seth Rogen, Evan Goldberg, Matt Tolmach, Ben Karlin, James Weaver, Kyle Hunter e Ariel Shaffir, distribuída por Sony Pictures Television. Elenco Josh Hutcherson, Eliza Coupe, Derek Wilson, Ed Begley Jr., Glenne Headly e Haley Joel Osment, empresas de produção Sony Pictures Television, Point Grey Pictures, Matt Tolmach Productions e Turkeyfoot Productions, emissora de televisão original nos Estados Unidos Hulu. Future Man é uma série de comédia americana que estreou em 14 de novembro de 2017 no Hulu. A série segue um zelador de baixo desempenho que é chamado a salvar o mundo. Uma terceira e última temporada foi lançada em 3 de abril de 2020.

Sinopse: O alheio zelador e nerd de videogame Josh Futterman (Josh Hutcherson) vira a salvação da terra do dia para a noite quando visitantes enigmáticos lhe recrutam para evitar que a humanidade seja extinta com a ajuda de viagens no tempo.

Josh Hutcherson como Josh Futturman, um zelador de instalações de pesquisa e a primeira pessoa a concluir o videogame Biotic Wars. Eliza Coupe como Tiger, uma soldado de um futuro distante que viaja no tempo para recrutar Josh para ajudar sua missão a impedir uma guerra mortal. Coupe também retrata uma versão alternativa da linha do tempo de Tiger, conhecida como Ty-anne na segunda temporada. Derek Wilson como Wolf, um companheiro de Tiger no futuro distante que se junta a ela na tentativa de recrutar Josh. Wilson também retrata uma versão alternativa da linha do tempo de Wolf, conhecida como Torque na segunda temporada.

Crítica: Os anos 80 voltaram para TV em uma mistura das clássicas franquias De Volta para o Futuro e Exterminador do Futuro, com viagens no tempo e presentes alternativos, O Homem do Futuro tenta, de maneira bem galhofa e quase quebrando a quarta parede, contar as aventuras de um jovem Nerd que após terminar um vídeo game, ser o possível líder de uma rebelião futurista contra as máquinas.  Inclusive as semelhanças físicas e culturais entre Josh Futturman, Marty McFly e John Conner (na adolescência) são imensas, quase como um caldeirão cultural proposital.

Se você já passou dos 40 anos, ama SyFy adolescente, ou ama os filmes dos anos 80, esta é uma daquelas séries que vai tirar boas risadas, sem nenhum compromisso com o sério, cheia de easter eggs propositais, Seth Rogen (Entrevista, É o Fim e O Beouro Verde) abusa do humor pastelão americanizado, bem típico da franquia American Pie, para entreter seu público.

Do elenco mais que bizarro, temos o famoso ator eterno adolescente Josh Hutcherson, que já atuou em vários filmes de maneira igual como Zatura, Jogos Vorazes, A Viagem e Ponte para Terapídia, então não esperem mais do que isso. Mais a maior surpresa da série é ver como está agora aquele excelente menino que concorreu ao Oscar e Globo de Ouro por Sexto Sentido e ainda fez AI Inteligência Artificial do Spielberg. Sim, eu falo de Haley Joel Osment, o menino que agora se tornou um homem, mas com aqueles pequenos olhos que viam pessoas mortas, o tempo todo.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo