From Dusk till Dawn: The Series Netflix (2a temporada) - NoSet
Séries & TV

From Dusk till Dawn: The Series Netflix (2a temporada)

Salve Nosetmaníacos, Noset assistiu a série e não se empolgou com a segunda temporada.

f2

From Dusk till Dawn: The Series

Baseado na franquia From Dusk till De Quentin Tarantino e Robert Kurtzman, produzido por Robert Rodriguez, estrelado por D. J. Cotrona, Zane Holtz, Eiza Gonzalez, Jesse Garcia, Madison Davenport, Brandon Soo Hoo, Wilmer Valderrama, Robert Patrick, Don Johnson, Jake Busey, Esai Morales e Danny Trejo.

f4

Sinopse:

O ladrão de bancos Seth Gecko e seu imprevisível e violento irmão, Richard, são procurados pelo FBI e pelos Texas Rangers, a força policial do estado do Texas. Em fuga para o México, eles encontram o ex-ministro Jacob Fuller e sua família, e os fazem de reféns. Em posse do trailer dos Fuller, eles cruzam a fronteira e deparam com o caos quando entram em um clube de strip-tease que está cheio de vampiros. Agora eles são forçados a lutar até o amanhecer para poderem sair de lá vivos. Produzida e exibida originalmente pelo canal El Rey, dos Estados Unidos, a série é exibida no Brasil pela Netflix. A história é baseada no longa-metragem de 1996, de mesmo título. Danny Trejo vai reviver seu enigmático personagem Razor Charlie, que também esteve no longa.

From Dusk Till Dawn: The Series, for El Rey Network and Miramax. L to R; Briana Evigan as Sonja Lam and D.J. Cotrona as Seth Gecko.

Crítica:

Sem o charme da primeira temporada, caindo nos mesmos erros de um roteiro lento e uma história sem graça, igual ao segundo e terceiro filmes da trilogia original, a segunda temporada de Um Drink no Inferno deixa a desejar quando tenta contar de maneira enfadonha o que aconteceu com os personagens principais que sobreviveram a chacina da primeira temporada no famoso bar do México. Nem com a volta de Danny Trejo a história empolgou na sonolenta continuação, pois não consegue manter o nível do roteiro do primeiro filme e temporada, mesmo que já tenha conseguido garantir uma terceira temporada, já confirmada pela Netflix. Não quero colocar a culpa no elenco da série, que ao meu ver conseguiram substituir a altura George Clooney, Sela Hayek e Quentin Tarantino, mas sim no próprio Robert Rodrigues por não conseguir um roteiro a altura de sua maior criação e o drama foi para o espaço.

f3

Senti falta das alucinações de Richard Gekko, do ótimo Zane Holtz, que agora não atua mais ao lado de seu irmão Seth Grecko, do também ótimo D.J. Cotrona, agora não mais um irmão extremamente protetor mas um viciado protegendo a filha do pastor. O sequestro da família Fuller, na primeira temporada fez falta na trama, principalmente pelo ótimo ator Robert Patrick com seu personagem religioso Jacob Fuller ou mesmo o Texas Ranger interpretado pelo ótimo Don Johnson, sequencias que não tiveram a altura na continuação da segunda temporada. Acho incrível o trabalho da Netflix em séries, em que você escolhe quando quer assistir ou não, foi assim com o ótimo Marvels Demolidor, Jessica Jones e agora From Dusk till Dawn. Não me sinto mais tentado a assistir a terceira temporada e deixo outra pessoa para fazer este trabalho duro e árduo, ainda prefiro o cult filme e a boa primeira temporada ao invés da trilogia e a sequencia da série.

f7

 

Att.
Marcelo The Moura

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo