Batman: Hush (Animação 2019) - NoSet
Desenhos

Batman: Hush (Animação 2019)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de uma das melhores animações do Batman, com referências a toda sua carreira, inclusive cinematográfica.

Batman : Silêncio (HQ)

Batman: Hush (no original em inglês) é uma série de HQs estreladas por Batman, publicadas pela DC Comics entre 2002-2003, em 12 edições mensais. De autoria de Jeph Loeb (texto), Jim Lee (desenhos), Scott Williams (arte-final) e Alex Sinclair (cores), a trama é sobre um misterioso vilão apelidado de “Silêncio” que persegue Batman e o faz lutar contra um grande número de vilões que estão com algumas características mudadas e mais perigosos, junto com vários membros e aliados do Batman, como o Dick Grayson, Superman, Lois Lane, Lex Luthor e principalmente a ex-vilã Mulher-Gato.

Sinopse: Batman resgata um menino rico sequestrado por Crocodilo mas durante a luta a Mulher-Gato aparece e rouba a mala com o dinheiro do resgate. Ao persegui-la, a batcorda é rompida misteriosamente e Batman sofre uma tremenda queda e fratura o crânio. Caçadora (na HQ) ou Bat Girl (na Animação) é chamada para levá-lo até Alfred Pennyworth que por sua vez recebe instruções do herói para que contate um antigo amigo de infância dele, Thomas Elliot, agora um renomado neurocirurgião. Recuperado, Batman reinicia as investigações e descobre que a Mulher-Gato estava sobre controle da Hera Venenosa, que fugira para Metrópolis. Batman e Mulher-Gato vão até lá e se defrontam com o Superman, também controlado pela ardilosa vilã. Usando de vários artifícios Batman sobrevive à luta e consegue livrar Superman e deter Hera.

Curiosidades: Lee e Loeb chegaram a programar a continuidade da trama por mais seis edições, o que acabou não se concretizando. Quem a prosseguiu foi AJ Lieberman na revista Batman: Gotham Knights. Os elementos da subtrama envolvendo Jason Todd mais tarde foram recontados em outras aventuras de Batman. Em Under The Hood, foi revelado que na verdade Batman lutara contra o real Jason Todd no cemitério, mas que o Cara de Barro o substituíra durante a luta. Todd se tornou o misterioso vigilante conhecido como Capuz Vermelho. Em As the Crow Flies, Batman já suspeitava que seu antigo parceiro estava à espreita para confrontá-lo. Na sequência de autoria de Paul Dini e Dustin Nguyen chamada Heart of Hush, Silêncio retorna para se vingar de Batman através da Mulher-Gato e faz cirurgia plástica para se passar por Bruce Wayne numa tentativa de roubar a identidade secreta do herói. A origem do vilão foi contada em Detective Comics, números 846-847.

Batman: Hush (2019)

Batman: Hush é uma animação americana direto para vídeo lançado em 2019 baseado no arco de HQs com o mesmo nome e é a 13ª edição do DC Animated Movie Universe e o 35º filme da série DC Universe Animated Original Movies. Dirigido por Justin Copeland, roteiro de Ernie Altbacker, bBaseado em Batman: Hush por Jeph Loeb e Jim Lee, dublado por Jason O’Mara, Jennifer Morrison, Geoffrey Arend, Jerry O’Connell e Maury Sterling. Produção Warner Bros. e DC Entertainment, distribuído por Warner Bros. Entreteniment.

Crítica: Excelente produção da DC Entreteniment, Batman Hush tem todo o conteúdo que esperamos ver do detetive Batman, semd eixar a vida pessoal do Bruce Wayne de fora. Com foco na vida e nos relacionamentos pessoais do Batman, mas com várias personagens que incluem o Universo da DC Comics, temos um exemplo de quanto é difícil ser um vigilante e não fugir da maior e mais simples regra, Batman não mata. E nem mesmo com um vilão novo, como Silêncio, atrapalha um arco completo com Coringa, Arlequina, Lex Luthor, Bane a e Hera Venenosa, como vilões participantes da aventura. Como sempre, se você leu a HQ, existe uma diferença básica na adaptação, que mesmo seguindo a linha das animações, não desmerece nem um nem outro.

Um dos melhores pontos da animação é quando Bruce mostra para Selina a cicatriz em sua barriga, feito por suas garras retrateis, em um dos seu primeiros encontros, e que a cicatriz permanece até hoje. Esta passagem é uma ótima referência a cena do beijo no telhado do filme Batman: O Retorno de 1992. Filme de de Tim Burton, com Keaton e Pfeiffer, que tem a cena do telhado e do primeiro beijo do Batman nos cinemas. Até mesmo a volta do uniforme azul, anterior ao preto dark, foi uma grande pedida para o antigo detetive e não o violento herói. Cenas hilárias quando Damien, filho de Bruce, dá um sermão no pai sobre suas escolhas amorosas, ou as piadas entre Dick e Selina sobre os sentimentos de Bruce, tiram gargalhadas inesperadas para o fã. Tudo isso faz de Silêncio uma animação imperdível, com apenas um calcanhar de Aquiles em seu final, mas isso foi para mim e talvez você nem se importe tanto.

 

 

Topo