Another Life – Outra Vida (Crítica 2019). - NoSet
Review

Another Life – Outra Vida (Crítica 2019).

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de uma interessante série da Netflix sobre ficção cientifica e a conquista do espaço. Another Life é uma série de televisão de drama e ficção-científica americana criada por Aaron Martin e estrelada por Katee Sackhoff, Selma Blair, Tyler Hoechlin, Justin Chatwin, Samuel Anderson, Elizabeth Ludlow, Blu Hunt, A.J. Rivera, Alexander Eling, Alex Ozerov, Jake Abel, Jay R. Tinaco, Jessica Camacho, Greg Hovanessian, Barbara Williams e Lina Renna. A primeira temporada foi lançada em 25 de julho de 2019 na Netflix.

Sinopse: A jornada da astronauta Niko Breckenridge (Katee Sackhoff) na liderança de uma missão tripulada com o objetivo de descobrir as origens de um desconhecido artefato alienígena. Junto aos oficiais, a jornalista Harper Glass (Selma Blair) também embarca na expedição com a esperança de reportar o primeiro contato entre extraterrestres e seres humanos em primeira mão.

Crítica: Uma das melhores séries de ficção científica com referencias claras aos filmes e séries do século passado como Aliens, Perdidos no Espaço, Contato e 2001 – Uma Odisseia no Espaço, Outra Vida é uma das mais divertidas e interessantes histórias sobre astronautas desvendando o espaço, sem os exageros de Star Trek e Wars, contando com todas as doenças físicas e mentais que seres humanos podem ter.

Tudo bem que o excesso de informações e certos cálculos de tempo, espaço, distância e comunicação entram pro mundo da fantasia, mas servem justamente para aumentar o drama da relação familiar deixada para trás, como já visto em outras séries atuais como Nightflyers (2019), Away (2000) e Perdidos no Espaço (2019).

Do elenco Katee Sackhoff (Niko Breckinridge) se sai bem como uma nova Rippley, dá profundidade a sua personagem sem perder a dureza e determinação de uma capitã da nave. Samuel Anderson (William) é o perfeito imediato tecnológico e assim como seus predecessores como Spock e Data, é um avanço compreensivo no universo da ficção. A surpresa está na boa atuação de Justin Chatwin como Erik Wallace. Para quem não lembra de Chatwin, com a mesma cara mas agora de barba, ele foi o ator que fez o Goku em Dragon Ball Evolution.

Das péssimas atuações podemos citar Jake Abel (Percy Jackson e Supernatural) como Sasha Harrison e Tyler Hoechlin (Teen Wolf, Supergirl e Superman e Lois) como Ian Yerxa, ambos não se encaixando com a complexidade dos seus personagens e parecem atuar em modo robô.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Topo