SetCast - Fake News: Henry “Superman” Cavill - NoSet
Podcast

SetCast – Fake News: Henry “Superman” Cavill

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Moura e agora você pode me seguir no Instagram. Hoje vamos falar de fofocas, daquelas que geram milhares de views, mas que não tem nenhuma comprovação de verdade e até os grandes sites comentam. Hoje é dia de Fake News no Noset.

Comunicado da Warner que não responde nada!

“Embora não tenha sido tomada nenhuma decisão sobre filmes futuros do Superman, sempre tivemos muito respeito e um grande relacionamento com Henry Cavill e isso não mudou.” disse a Warner Bros.

A dúvida ainda continua sobre a permanência de Henry Cavill no papel de Superman, mas hoje comentamos sobre a importância da permanência do ator com manto do Superman.

Professor Moura, O que são fale News? Notícias falsas, sendo também muito comum o uso do termo em inglês fake News, são uma forma divulgação da imprensa que consiste na distribuição deliberada de boatos via jornal impresso, televisão, rádio, ou ainda online, como nas mídias sociais. Este tipo de notícia é escrito e publicado com a intenção de enganar, a fim de se obter ganhos financeiros ou políticos, muitas vezes com manchetes sensacionalistas, exageradas ou evidentemente falsas para chamar a atenção.

O conteúdo intencionalmente enganoso e falso é diferente da sátira ou paródia. Estas notícias, muitas vezes, empregam manchetes atraentes ou inteiramente fabricadas para aumentar o número de leitores, compartilhamento e taxas de clique na Internet.

Início de Setembro de 2018: DC Comics, é a maior, senão a que chama mais atenção pelos Fake News. Muito disso vem da falta de direcionamento da Warner e DC Comics, com a mídia e a sua estrutura cinematográfica, ou como mais conhecido, seu UDC. Já tínhamos passado da fase Ben “Batman” Afleck e seu The Batman, que nunca saiu de boatos do “agora vai”, ou em muitos casos coisas mais simples como Tom Cruise assumindo o manto do Lanterna Verde Hal Jordan, Michael B. Jordan assumindo o manto do Superman, tudo para se ganhar mais views em seus canais e foi um dia daqueles semana passada com Henry Cavill, tudo boato. De repente o mundo parou, o mundo dos geeks é claro, sites de peso como globo.com anunciaram que Henry Cavill não era mais o Superman e a internet travou.

Para dar certo, muito do fake News tem que ser apoiado em situações verdadeiras que deem sentido a notícia. A Warner e DC Comics no UDC são campeões nisso, como já citei o caso do ator e diretor Ben Afleck e seu The Batman, Snyder e sua Liga da Justiça, e o Coringa de Leto são pavios fáceis para qualquer tipo de notícias falsas, já que a própria produtora não se entende. A saída de Cavill fazia sentido, se pensarmos na “crise do bigode”, na falta de planejamento da Warner no seu UDC, e na negativa de Cavill de participar do filme do Shazam, devido a sua agenda lotada e o próprio interesse do ator em filmes como Missão Impossível, Agentes da UNCLE e um novo James Bond.

Tudo isso faz que com qualquer notícia ligado a relação dele com a Warner seja uma boa possibilidade. Além disso, existe também aquele fake News para manter uma chama acessa. Após o “fracasso e as críticas” de Liga da Justiça e a dificuldade de marcar a continuação de Homem de Aço 2, a notícia pode ser simplesmente um termômetro para que a Warner sinta a pressão para fazer o filme ou mesmo da DC saber o que o mundo espera para um próximo filme.

O mais interessante foi que somente no final do dia, Cavill e sua representante desmentiram a notícia e colocariam um vídeo muito divertido e enigmático do ator na web. Me lembro que, nem tanto tempo atrás, outra notícia, que não explodiu, mas que provavelmente era fake também, colocava Cruise como Hal Jordan, o Lanterna Verde do UDC, na franquia. É lógico que este tipo de notícia não empolgariam os fãs, Cruise é caro demais, exigente demais e chato demais. Não valeria a pena e demonstraria um nível de caos anormal na franquia, algo a mais do que já nos acostumamos.

Tirando Shazam, Aquaman e Mulher Maravilha 2, todo o futuro do UDC é inconclusivo, assim como o fake News ataca o próximo filme, que provavelmente será o The Flash, temos um novo Coringa, Titãs, Arlequina e as Sereias de Gotham, todos com ´possíveis roteiros aprovados e diretores pré contratados, mas que não saem disso. Então querido Nosetmaníaco, este é só a ponta de um iceberg a deriva chamado UDC.

Henry Cavill: Nasceu na ilha de Jersey, e é o quarto de cinco filhos de Colin Richard Cavill e de Marianne Dalgliesh. O seu pai era corretor de bolsa, e a sua mãe era secretária num banco. Ele possui ascendência inglesa, irlandesa e escocesa. Foi educado na Escola Preparatória St. Michael em Jersey antes de frequentar a Stowe School, um internato, em Buckinghamshire. Enquanto estudava nesta escola, Henry conheceu o ator Russell Crowe, que se encontrava no local ao filmar Proof of Life. Os dois voltaram a encontrar-se doze anos mais tarde na rodagem do filme Man of Steel onde Russel interpreta o seu pai.

O primeiro papel profissional de Henry surgiu quando o ator tinha 18 anos no filme de 2001, Laguna. Nos anos seguintes, Henry participou em séries britânicas como The Inspector Lynley Mysteries (2002) e Midsomer Murders (2003), assim como papéis secundários em filmes de sucesso moderado como Hellworld (2005), Red Riding Hood (2006), Tristan & Isolde (2006) e Stardust (2007). Em 2007, Henry conseguiu o papel de Charles Brandon, Duque de Suffolk, cunhado de Henrique VIII de Inglaterra e inimigo da Rainha Ana Bolena na série The Tudors, o seu maior sucesso até ali. A série foi transmitida pelo canal Showtime entre 2007 e 2010 e foi elogiada pela crítica, recebendo inclusive uma indicação na para os Globos de Ouro na categoria de Melhor Série Dramática no ano de estreia.

O próprio Henry atribui muito do seu sucesso posterior à série e disse numa entrevista: “foi o trabalho que mais fez por mim até agora. (…) Agora existe um público algures nos Estados Unidos que tem uma ideia de quem eu sou e tenho mais valor no mercado graças a The Tudors”. Cavill fez uma audição para o papel principal para o novo filme de Batman Begins, mas perdeu para Christian Bale. Em 2005, ele tornou-se um jovem concorrente para o papel de James Bond.

Os produtores e o director tiveram de escolher entre Cavill, Daniel Craig e Sam Worthington. Aparentemente, o diretor favoreceu Henry Cavill com uma versão mais nova de James Bond. No entanto, os produtores acreditavam que Cavill era muito jovem para o papel, que depois passou para Daniel Craig. Ele também fez uma audição para o papel de Superman para o novo filme de Superman Returns. Devido ao fato de não ter sido aprovado para estes papéis, na edição de Dezembro de 2005 do Empire Magazine, ele foi apelidado de “… o homem mais desafortunado em Hollywood”.

View this post on Instagram

Today was exciting #Superman

A post shared by Henry Cavill (@henrycavill) on

Apesar de não ter conseguido os papéis mais destacados para os quais fez audições, Henry não parou de trabalhar no cinema. Em 2009 protagonizou o filme de terror Blood Creek do diretor Joel Schumacher e no ano seguinte teve um pequeno papel no filme de comédia Whatever Works de Woody Allen. Após o cancelamento de The Tudors em 2010, o ator teve papéis de destaque no filme Immortals, onde interpretou a personagem de Teseu e The Cold Light of Day, que protagonizou com Bruce Willis. No final de janeiro de 2011, a Warner Bros. Pictures anunciou que Henry tinha sido escolhido para interpretar o papel de Clark Kent/ Super-Homem no filme Man of Steel, dirigido por Zack Snyder.

O diretor afirmou que Cavill era “a escolha perfeita para envergar a capa e o S” e a imprensa elogiou a decisão. Henry afirmou: “No panteão dos super-heróis, o Super-Homem é a personagem mais reconhecida e celebrada de todos os tempos e sinto-me honrado por participar no seu regresso ao grande ecrã”. Henry voltou a interpretar o papel de Super-Homem nos filmes Batman v Superman: Dawn of Justice em 2016 e nos dois filmes da Liga da Justiça. Henry já expressou a sua vontade de interpretar James Bond quando Daniel Craig desistir do papel. Em 2015, o ator protagonizou a adaptação ao cinema da série The Man from U.N.C.L.E. depois de Tom Cruise ter desistido do papel.

Duração: até aonde você aguentar ouvir!

ASSINE O NOSET NO ITUNES
Acesse aqui: https://itunes.apple.com/br/podcast/setcast/

QUER O FEED PARA ADICIONAR NO SEU ANDROID OU WINDOWS PHONE?
Adicione o nosso Feed

SUGESTÕES, CRÍTICAS E DÚVIDAS

Envie e-mails para: contato@noset.com.br

Dicas de apps para Android! – Depois click no Feed!

Conheça Player FM!

Super-Homem salva família do despejo:

Superman salva família prestes a perder a casa

 

1 Comentário

1 Comentário

  1. Pingback: SetCast - Missão Impossível: Efeito Fallout - NoSet

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo