Evento beneficente “Tudo ao Contrário 3” é marcado por clássicos números musicais e manifestações - NoSet
Teatro

Evento beneficente “Tudo ao Contrário 3” é marcado por clássicos números musicais e manifestações

 

O espetáculo “Tudo ao contrário” que teve sua terceira edição realizada no Teatro Riachuelo (Centro, Rio de Janeiro) na última terça-feira (17) foi marcado por manifestações contra a desregulamentação da profissão de artista. Mas, isso com números incríveis de musicais famosos com uma releitura excêntrica e bem-humorada.

Esse evento musical que consiste numa troca de gêneros de personagens, em que atores cantam números originalmente interpretados por mulheres e atrizes cantam números masculinos. Inspirado no evento que também acontece anualmente o “Broadway Backwards”, o espetáculo acontece com autorização da Broadway Cares/ Equity Fights AiDs, a ong responsável pelo evento em Nova York. Aqui no Rio de Janeiro o evento é produzido pelo CEFTEM (Centro de Estudo e Formação em Teatro Musical) e toda a bilheteria arrecadada será doada à Sociedade Viva Cazuza, que como o Equity Fights AIDS luta contra a AIDS e apoia pessoas que possuem a doença.

Além da causa beneficente, o evento fala muito de diversidade e este ano teve como destaque o manifesto contra o projeto de lei ADPF183 e 293 que pretende desregulamentar a profissão de artista no Brasil, tirando diversos benefícios que durante anos os artistas lutaram para conseguir. O cenário de Tudo ao Contrário 3 trazia no alto do palco as letras DRT (sigla para Delegacia Regional do Trabalho) que representa o documento de registro profissional dos artistas, além disso grande parte dos atores que se apresentaram tinham crachás que estampavam a carteira de trabalho.

Medley (Kinky Boots) versão de Bruno Camurati com Analu Pimenta e Julie & Coro

O espetáculo dirigido pelo CEFTEM e João Fonseca trouxe números incríveis como: Faz Parte do Meu Show (Cazuza) interpretada por Zélia Duncan, This is me (O Rei do Show) versão de Bruno Camurati interpretada por Kacau Gomes, Lilian Valeska, Helga, Caio Loki e outros, Fantasma da Ópera (O Fantasma da Ópera) versão Claudio Botelho interpretada por Wladimir Pinheiro, Vítor Maia e Coro. Além desses o espetáculo teve diversos outros números bonitos, emocionantes e ao mesmo tempo bem-humorados, tendo como pauta a diversidade.  Direção Musical foi de Tony Lucchesi e as coreografias de Vitor Maia, Clara da Costa, Bella Mac e Patrícia Carillo.

Ficha Técnica 

Direção: João Fonseca e Reiner Tenente

Direção Musical: Tony Lucchesi

Idealização: Caio Loki

Assistência de Direção: Pedro Pedruzzi

Coreografias: Victor Maia, Clara da Costa, Bella Mac e Patrícia Carillo

Coreografia Circense: Leo Senna

Coreógrafo Convidado: Alex Neoral

Iluminação: Luiz Paulo Nenen e Dani Sanchez

Canhão: Alexandre Farias e Fernanda Mattos

Sound Designer e Operador de Som: Carlos Esteves

Microfonistas: Marcos French, Jamile Magalhães e Camille Lago

Direção de Produção: Joana Mendes e Reiner Tenente

Produção Executiva: Brenda Monteiro

Voluntários: Beatriz Braga, Caio Lisboa, Carol Vasconcellos, Flora Menezes, Jéssica Amendola, João Miranda, Jordan Cardoso, Juan Menezes, Juliana Scalco, Leonardo Ribeiro, Mafê Massyliouk, Matheus Apolônio

Direção Audiovisual, filmagem e finalização: Leonardo Rocha

Fotografias: Clarissa Ribeiro

Programação visual: Leonardo Rocha e Caio Loki

Assessoria de Imprensa: Ribamar Filho e MercadoCom

Marketing: Flávio Fusco

Banda

piano, arranjos e regência: Tony Lucchesi

teclado: Alexandre Queiroz

bateria: Leo Bandeira

baixo: Pedro Aune

guitarra: Márcio Carvalho

violão: Gabriel Quinto

violino: Luiz Felipe Ferreira

violoncelo: Thaís Ferreira

sax alto, sax barítono, flauta e clarinete: Vitor de Medeiros

co-arranjadores: Alexandre Queiroz e Leo Bandeira

Números Musicais

Abertura/Broadway Baby (Follies) – Claudio Galvan Versão: Bruno Camurati

Puro Ney (Homem com H) – Soraya Ravenle

Banho de Lua (60! Doc Musical) -Jorge Maia com André Sigom, Leo Araujo, Rodrigo Morura, Daniel Lack, Leandro Massaferri e Tauã Delmiro

The Man I Love (Strike Up The Band) – André Dias

16 & 17 (A Noviça Rebelde) – Diego Montez e Gabriel Stauffer Versão: Cláudio Botelho

Another Day Of Sun (Sou Gay e Tudo Bem) (La La Land) – Versão: Bruno Camurati – Yasmin Gomlevsky, Mariah Viamonte, Udylê Procópio, Bel Lima, Carol Botelho, Bruno Rasa, Saulo Segreto, Philipe Carneiro e Gaby Porto.

Medley (Homem de La Mancha) – Izabela Bicalho Versão: Miguel Falabella

Tango de Nancy (O Corsário do Rei) – Claudio Lins e Charles Fernandes

Beatriz (O Grande Circo Místico) – Laila Garin

Say a Little Prayer (Se meu apartamento falasse) – Felipe Habib, Bruno Fraga, Pablo Áscoli, André Guedes e Renan Mattos

Fantasma da Ópera (O Fantasma da Ópera) – Wladimir Pinheiro,Vitor Maia e Coro ‘Tudo ao Contrário 3’ Versão: Cláudio Botelho

Losing My Mind (Follies) – Tadeu Aguiar

Essa noite o amor chegou (O Rei Leão) – Evelin Castro e Thati Lopes Participação: João Fonseca e Pedro Pedruzzi e Coro ‘Tudo ao Contrário 3’ Versão: Gilberto Gil

Uma Partida de Futebol (Futebol) – Marina Mota, Joana Mendes, Thainá Gallo, Maíra Garrido, Camila Matoso, Giovanna Rangel, Carol Botelho, Tecca Ferreira, Gabi Porto, Bel Lima e Lyv Ziese

Jenny dos Piratas (Óperas dos 3 vintens) – João Fonseca

Geni e o Zepellin (Ópera do Malandro) – Stela Maria Rodrigues e Coro ‘Tudo ao Contrário 3’

Folhetim (Ópera do Malandro) – Ney Latorraca

Forget About The Boy (Esquece esse boy) (Thoroughly Modern Millie) – Reiner Tenente, Victor Maia, Leonardo Rocha, Rodrigo Naice, Carlos Viega, Rodrigo Morura, Alexei Henriques, Bruno Quixotte, Rodrigo M. Boecker, Claudio Gazaneo e Eduardo Gazaneo Versão: Bruno Camurati

Je Ne Regrette Rien (Bibi) – Gustavo Gasparani

Medley (Hairspray) – Leo Bahia e Hugo Kerth Versão: Miguel Falabella

Faz Parte do Meu Show (Cazuza) – Zélia Duncan

This is me (O Rei do Show) – Kacau Gomes, Lilian Valeska, Helga, Caio Loki com André Sigom, Bel Lima, Carol Botelho, Clara da Costa, Flávio Moreas, Gabi Porto, Leandro Massaferi, Leo Araujo, Maíra Garrido, Rodrigo Morura, Tauã Delmiro Circenses: Leo Senna, Norrana Hadassa, Marcellinton Lima e Douglas Contudo Versão: Bruno Camurati

Listen (Dreamgirls) – Danilo de Moura

Nowadays (Chicago) – Ícaro Silva e Thiago Machado Versão: Cláudio Botelho

Medley (Kinky Boots) – Analu Pimenta e Julie e Coro ‘Tudo ao Contrário 3’

Coro ‘Tudo ao Contrário3’ 

André Sigom, Bel Lima, Carol Botelho, Flávio Moraes, Gabi Porto, Leandro Massaferri, Leo Araujo, Maíra Garrido e Tauã Delmiro

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo