Social Comics: Besouro Verde – Ano Um de Matt Wagner e Aaron Campbell - NoSet
Livros & HQs

Social Comics: Besouro Verde – Ano Um de Matt Wagner e Aaron Campbell

Salve Nosetmaníacso, eu sou o Marcelo Moura e finalmente podemos ler a origem de Besouro Verde e Kato na Social Comics, a dupla clássica da luta contra o crime, é revelada! Depois da morte do pai, Britt Reid assume o controle do jornal da família, o Sentinela Diária, mas descobre que sua verdadeira herança é a sede de justiça.

Por Marcelo Moura

O Besouro Verde: O Besouro Verde, também conhecido como The Green Hornet, é um famoso herói do rádio, cinema, HQs e televisão. Trata-se de Britt Reid, milionário dono do jornal “O Sentinela Diária” que transforma-se num vingador encapotado no estilo do Sombra ou Batman. Ele é ajudado por Kato, seu mordomo de origem oriental mestre em artes marciais. Kato, dirige o Beleza Negra, um carro tecnologicamente avançado. O personagem é mais lembrado, entretanto, pela série de TV de 1966, onde Bruce Lee interpretava seu ajudante Kato.

Rádio: A série radiofônica foi transmitida de 31 de janeiro de 1936 a 5 de Dezembro de 1952 pela Rádio WXYZ de Detroit, Michigan. Uma criação de George W. Trendle e Fran Striker, com apresentação de Al Hodges (futuro Capitão Vídeo) que fazia a voz do Besouro Verde. A dupla de produtores já era conhecida pela criação de outro personagem, o cowboy Lone Ranger (conhecido no Brasil como Zorro ou Cavaleiro Solitário). A fim de interligar ambos os programas, os criadores declararam que o Besouro Verde (Britt Reid) era sobrinho-neto do Lone Ranger (John Reid).

HQs: A primeira HQ do Besouro Verde foi lançada em dezembro de 1940. A série, intitulada “Green Hornet Comics”, foi publicada pela Helnit Comics, às vezes chamada de Holyoke, com roteiros do próprio Fran Striker. Esta série teve apenas seis edições. Vários meses depois, a Harvey Comics lançou sua própria versão, começando com a edição 7. Esta série terminou em 1949, na edição 47. O título mudou para “Green Hornet Fights Crime” na edição 34 e “Green Hornet, Buster Racket” na edição 44. Harvey ainda usou o personagem no one-shot War Victory Comics em 1942. Deu-lhe uma aventura em cada uma das duas edições do All-New Comics, número 13, que também foi destaque na capa, e 14, em 1946. A série da Harvey chegou a conter histórias produzidas por artistas como Jack Kirby, Joe Simon e Jerry Robinson]. Algumas edições da revista podem ser encontradas no site Digital Comic Museum, página da internet que hospeda HQs, assim como a Social Comics no Brasil, em domínio público, porém, não há aventuras protagonizadas pelo Besouro Verde e por Kato e sim por personagens publicados pela revistas que não tiveram seus direitos renovados. A Dell Comics publicou um one-shot com o personagem publicado em Four Color número 496 em 1953, vários meses após a série de rádio ser cancelada em dezembro de 1952. Em 1967, a Gold Key Comics produziu uma série de três edições baseada na série de TV.

Social Comics: Besouro Verde: Ano Um

Finalmente, a origem de Besouro Verde e Kato, a dupla clássica da luta contra o crime, é revelada! Depois da morte do pai, Britt Reid assume o controle do jornal da família, o Sentinela Diária, mas descobre que sua verdadeira herança é a sede de justiça! Vestindo seu icônico traje esmeralda, criando um arsenal de armas não letais e desenvolvendo um trabalho de equipe com o artista marcial e motorista Kato, Reid lança uma cruzada contra o chefão da máfia Vincent “Derrapada” Caruso, tornando novamente seguras as ruas crivadas de balas de Chicago durante o período da Lei Seca. Mas irão Besouro Verde e Kato sobreviver quando seus esforços atraírem a atenção do assassino conhecido como Flagelo?

Crítica: Todo grande herói merece um grande Ano Um, e o Besouro verde não poderia ficar fora disso. Fá desde que vi pela primeira vez no seriado Batman e Robin, quando em um cross over, dois capítulos tem o encontro das duas duplas, não pedi nenhuma referência ao heróis e agora, finalmente, graças a dupla  Matt Wagner e Aaron Campbell temos uma conto com a grandeza  que essas lendas merecem, e que bom que a Social Comics nos traz isso.

Você vai achar neste clássico, com certeza, referências ao mito do heróis, como em Batman e O Sombra,  heróis obscuros a sociedade mas que fazem o bem usando o medo e a ousadia como “poderes”, homens que fazem a diferença com usas habilidades e suas tecnologia. Se o batmna tem seu Batmóvel, o Besouro não sai atrais com sua Beleza Negra. E se o Batman tem o  Robin, o Besouro tem ninguém menos que Bruce “Kato” Lee como ajudante, então respeito aos mais velhos é bom.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo