Shazam! (Dc Comics e Filmation Série 1974 - 1976): - NoSet
Livros & HQs

Shazam! (Dc Comics e Filmation Série 1974 – 1976):

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de um dos mais poderosos e caros heróis da DC Comics, que tem duas história jurídicas envolvendo sua criação e seu nome. Bem vindo a História do Capitão Marvel, ou melhor, Shazam!!!   

shazam-coming

Capitão Marvel (DC Comics): Shazam , conhecido como Capitão Marvel até 2011, é um super-herói das HQs e serie de TV, inicialmente publicado pela editora Fawcett Comics e posteriormente adquirido pela DC Comics. Criado em 1939 pelo roteirista Bill Parker e pelo desenhista C. C. Beck, o personagem apareceu pela primeira vez na revista Whiz Comics número 2, lançado em fevereiro de 1940, durante a era de ouro das HQs. Com uma história que envolve uma fantasia adolescente, Capitão Marvel é o alter ego de Billy Batson, um jovem que trabalha como repórter de rádio e foi escolhido, devido a sua bondade interior, para receber os poderes do Mago Shazam, a fim de preservar a justiça e a paz no Universo. Sempre que Billy fala o nome “Shazam”, ele é instantaneamente atingido por um raio mágico que transforma-o em um super-herói adulto com poderes sobre-humanos e vice-versa, uma vez que o personagem pode voltar a forma infantil da mesma forma.

Os poderes do Capitão Marvel são oriundos de seis heróis lendários que lhe concedem tais características, sendo eles, Salomão (sabedoria), Hércules (vasta força física), Atlas (resistência, invulnerabilidade), Zeus (poderes mágicos), Aquiles (coragem) e Mércurio (velocidade, capacidade de voo). Vários amigos e membros da família, como Mary Marvel, podem compartilhar com Billy seus poderes e tornar-se eles próprios. O Capitão Marvel é designado, pelos próprios deuses que lhes concedem os poderes, como o Campeão da Humanidade. Desde 2011, quando a editora DC Comics reformulou todos seus personagens, o Capitão Marvel passou a se chamar no âmbito oficial, de forma definitiva simplesmente de “Shazam”.

shazam-5

Shazam! (A Série): Shazam! foi um seriado de televisão norte-americano dos anos 1970 em 28 episódios de meia hora. Foi produzido pela Filmation, primeiro tipo de programa do estúdio de animação, baseado sobre o herói Capitão Marvel da DC Comics. A exibição ocorreu de 1974 para 1977 pela norte-americana CBS; de 1975 para 1977 era conhecido como The Shazam!/Isis Hour, e incluindo The Secrets of Isis, sobre uma superheroína egípcia antiga ressuscitada no corpo de uma professora de escola, como a segunda metade do programa. No Brasil, a série de tevê Capitão Marvel mostrou as caras pela Rede Globo em 1975, mesma época em que estreou a “Sessão da Tarde”. As exibições aconteciam uma vez por semana, nas quintas-feiras, 17h30, alternando uma semana com o Capitão Marvel e a outra com A Poderosa Ísis. Entre 1986/87, a série foi exibida pelo SBT, por volta das 9h30, Finalmente Capitão Marvel foi exibido em tv aberta no programa “Bozo”, no ano de 1989. As estrelas eram o ator Michael Gray como o jovem Billy Batson, enquanto que Capitão Marvel foi interpretado primeiro por Jackson Bostwick, e depois por John Davey. A atriz Joanna Cameron apareceu como Isis, e o seu alterar-ego Andrea Thomas, em três episódios de Shazam!, e Davey de mesmo modo apareceu como Capitão em três episódios de Isis.

shazam__by_xionice-d7xyxxz

Série VS HQs: A versão de televisão de Shazam! é notavelmente diferente dos HQs. O mago Shazam não aparece na série, o adolescente Billy Batson fala diretamente aos imortais que lhe deram os poderes, todos os quais são personagens animados e não atores: Salomão, (sabedoria); Hércules, (força); Atlas, (vigor); Zeus, (poder); Aquiles, (coragem); e Mercúrio, (velocidade). Em vez de permanecer na sua cidade natal, Billy e o seu guardião “Mentor”, interpretado por Les Tremayne, formam um grupo de nômades, viajando em todo o país em um furgão e ajudando os necessitados. A série explica que Batson tomou uma licença do seu emprego de repórter de rádio, uma circunstância que também é referida em diálogos da série. A série infelizmente não apresentou nenhum supervilão e nenhuma violência. Tanto Billy ou  Capitão encontravam pessoas em situações precárias por coisas que elas não deveriam ter feito. No fim de cada episódio, Billy ou Marvel se dirigia ao público de televisão com uma lição de moral baseada naquele show, o que foi usual de muitos desenhos e séries da Filmation. O elemento mítico mais fundamental do Shazam! permanece o mesmo: quando ele dizia a palavra mágica “Shazam!”, Billy é atingido por um relâmpago mágico (via animação) e se transforma no Mortal do Mundo Mais Poderoso, Capitão Marvel. Muito parecido com os desenhos He-Man e She-Rá.

shazam-4

Curiosidades: Shazam! provou ser um programa popular em sua época, e durante algum tempo a HQ de Shazam foi alterada para combinar com o formato da série. Michael Gray encontrou-se segregado depois que a série terminou e teve problemas em encontrar trabalho como ator, deixando a profissão até o fim de de anos 1990. Nas HQs Capitão Marvel já foi conhecido como Capitão Trovão (Captain Thunder), nome que teria sido usado no número 1 da revista Whiz Comics, com poucos exemplares e que foi lançado apenas pra fins de direitos autorais, além do arco Flashpoint de 2011.

shazam-2

Att.

Marcelo The Moura

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo