Resenha: Mitologia Nórdica, de Neil Gaiman. - NoSet
Geek

Resenha: Mitologia Nórdica, de Neil Gaiman.

A mitologia nórdica sempre foi alvo de muita curiosidade ao longo de séculos. Desde que conheci algumas das histórias contadas e idolatradas pelos nórdicos quis saber mais a respeito desse mundo fascinante e incrível. Seja na série Vikings, nos quadrinhos da Marvel ou nas famosas lendas perpetuadas ao longo da história, a mitologia nórdica me conquistou.

Quando a Intrínseca decidiu publicar essa edição da coletânea de mitos nórdicos escrita por Neil Gaiman, não tive outra escolha a não ser mergulhar nas páginas desse livro. O que achei? Confira:

“Quem, além de Neil Gaiman, poderia se tornar cúmplice dos deuses e usar de sua habilidade com as palavras para recontar as histórias dos mitos nórdicos? Fãs e leitores sabem que a mitologia nórdica sempre teve grande influência na obra do autor. Depois de servirem de inspiração para clássicos como Deuses americanos e Sandman, Gaiman agora investiga o universo dos mitos nórdicos. Em Mitologia nórdica, ele vai até a fonte dos mitos para criar sua própria versão, com o inconfundível estilo sagaz e inteligente que permeia toda a sua obra.”

FICHA TÉCNICA

Título: Mitologia Nórdica

Autora: Neil Gaiman

Ano: 2017

Páginas: 288

Idioma: Português

Editora: Intrínseca

Nota: 5/5

Compre: Amazon / Saraiva

Mitologia Nórdica é um livro pequeno, dividido em 15 contos que contam histórias e trajetórias de grandes personagens como Thor, Odin e Loki. O livro é todo bem planejado e estruturado. Começa com uma apresentação de Neil Gaiman e uma contextualização do autor explicando o porquê de ter reescrito histórias tão marcantes e o significado desse mundo mágico em sua vida.

Após a apresentação, Neil Gaiman descreve os três principais personagens, suas características e personalidades. É um guia para quem ainda não é muito familiarizado com essas histórias. A partir daí, começam os 15 contos escolhidos por Gaiman para levar o leitor a Asgard e os outros 8 reinos. Ao final do livro o autor, inclusive, montou um glossário com os principais termos, nomes de personagens e outras palavras que possam ter causado estranhamento ao longo da leitura.

“Antes do princípio não havia nada – nem terra, nem paraíso, nem estrelas, nem céu –, existia apenas o mundo feito de névoa, sem forma nem contorno, e o mundo feito de fogo, eternamente em chamas. ”

Neil Gaiman conta as histórias que eram passadas por gerações de pais e filhos na Escandinávia. A princípio pensei que a leitura pudesse ser complicada e muito envolta em termos específicos e expressões que eu não fosse entender bem. Entretanto, Neil reescreveu as histórias de forma que todos os contos são extremamente acessíveis a todos os públicos, sejam eles entendidos na mitologia nórdica ou leigos no assunto.

O livro contextualiza os 8 reinos, apresenta os tesouros mais preciosos dos deuses, mostra como Thor conseguiu seu famoso martelo, Mjölnir, apresenta os filhos de Loki e narra o Ragnarök, a grande batalha dos deuses.

É um livro atemporal. As histórias foram feitas para todos os públicos, independente de gênero, idade, gosto literário. É um compilado de contos que atravessaram séculos até chegar dessa forma “nova” e fácil de digerir. Ele não se estende muito, o que faz com que a leitura flua muito rapidamente e que seja gostoso passar as páginas. Fica aquele gostinho de quero mais.

“Quando terminei de escrever estas histórias e as li em sequência, fiquei surpreso ao descobrir que elas pareciam uma jornada, indo do gelo e do fogo que originaram o universo até o fogo e o gelo do fim do mundo. Pelo caminho, encontramos justamente o tipo de gente que encontraríamos se tivéssemos vivido essa jornada, gente como Loki e Thor e Odin, gente que gostaríamos de conhecer melhor (como minha favorita, Angrboda, a esposa de Loki entre os gigantes, que dá à luz seus filhos monstruosos e aparece na forma de fantasma na história em que Balder é assassinado.”

Preciso mencionar que a Intrínseca caprichou na diagramação do livro. Além de ser capa dura e soft touch, o acabamento está todo lindo e de fácil manuseio. As páginas foram diagramadas de forma que o texto não fique cansativo. É um livro bonito e gostoso de ler, daqueles pra guardar com todo carinho na estante.

Mitologia Nórdica é uma homenagem a uma cultura incrível e que está ganhando força na cultura pop. É um livro para geeks, para curiosos, para amantes de livros interessantes e divertidos. É um livro para quem gosta de ler e conhecer histórias novas.

“Essa é a graça dos mitos. A diversão vem de contá-los você mesmo, algo que o encorajo veemente a fazer, leitor. Leia as histórias deste livro, depois se aproprie delas e, em uma noite gelada de inverno – ou em uma noite de verão em que parece que o sol não vai se pôr nunca -, conte a seus amigos o que aconteceu quando o martelo de Thor foi roubado, ou como Odin obteve o hidromel da poesia para os deuses…”

 Gostou da resenha? Já leu o livro ou ficou com vontade de ler? Então não esqueça  de deixar uma curtida ou um comentário 😉

1 Comentário

1 Comentário

  1. Lidy Rose Configurações

    22 de outubro de 2017 em 19:25

    Estava na dúvida se leria esse livro agora ou depois. A resenha me fez me decidir. Começo ainda hoje. Resenha incrível, sem spoilers e bem intrigante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo