Resenha do livro: Vox de Christina Dalcher - NoSet
Livros & HQs

Resenha do livro: Vox de Christina Dalcher

Sinopse


O governo decreta que as mulheres só podem falar 100 palavras por dia. A Dra. Jean McClellan está em negação. Ela não acredita que isso esteja acontecendo de verdade. Esse é só o começo… Em pouco tempo, as mulheres também são impedidas de trabalhar e os professores não ensinam mais as meninas a ler e escrever. Antes, cada pessoa falava em média 16 mil palavras por dia, mas agora as mulheres só têm 100 palavras para se fazer ouvir. …mas não é o fim. Lutando por si mesma, sua filha e todas as mulheres silenciadas, Jean vai reivindicar sua voz.

“Uma recriação apavorante de O conto da Aia no presente e um alerta oportuno sobre o poder e a importância da linguagem.” – Marta Bausells, ELLE

O livro

Num futuro próximo, nos EUA, um presidente eleito por voto popular dá um golpe. Movido por motivações religiosas e citando a Bíblia para se justificar, deseja criar uma população Pura, que segue todas as suas regras.
Os homens são os protagonistas. Eles mandam, são os chefes da família. Literalmente.

As mulheres usam contadores de palavras, um tipo de “pulseira”. Só podem falar 100 por dia. Se falarem uma palavra a mais, levam choque. Não trabalham mais fora de casa. Não votam, não podem ler e nem escrever. Os livros foram trancados e as chaves entregues aos maridos. São propriedade deles.
Pouco depois de nascer, as meninas recebem esse contador.
As escolas também são separadas por sexo. As meninas aprendem economia doméstica e atividades manuais.

Aqueles que agem contra o sistema, são levados à TV pelo reverendo Carl, expostos publicamente e enviados aos campos onde passarão suas vidas em trabalhos forçados.

Nesse contexto vive Jean e sua família. Uma cientista que também teve sua vida tirada de si. Perdeu tudo. Seu trabalho, sua liberdade, tudo por essa ideologia do Movimento Puro. Sua filhinha Sonia, de 5 anos, também usa um contador como o dela.

Em meio a isso, o irmão do presidente sofre um acidente e tem uma lesão no cérebro, na área de Wernicke, que impede que forme frases coerentes. A linguagem fica desconexa. Diz palavras soltas. E ocorre que exatamente isso era o que Jean estava pesquisando com sua equipe. Então o Reverendo Carl vai até sua casa e oferece uma retirada temporária de seu contador, se voltar a trabalhar na cura, para salvar o homem.
Jean tem uma oportunidade nas mãos. Uma oportunidade de mudar tudo.


O que se segue é totalmente fora do imaginado. Reencontros, sofrimento, um amor do passado, tudo isso vai acontecer na vida de Jean.

Quando iniciei a leitura desse livro fiquei totalmente revoltada. Quis largar, quis queimar, jogar no lixo. Mas resolvi seguir em frente, mesmo com meu cérebro em negação. Esse livro deu uma chacoalhada no meu mundo e foi ao mesmo tempo sofrível e libertador.
O interessante é que ele me tirou do meu lugar-comum, me fez ler um gênero diferente e mexeu com meus brios femininos.

Depois de VOX, fiquei mais atenta às pequenas coisas que parecem sem intenção. Apenas parecem.

A autora

CHRISTINA DALCHER é linguista e professora universitária com doutorado pela Universidade de Georgetown. Seus contos figuraram em mais de 100 publicações ao redor do mundo. Ganhadora de diversos prêmios, foi finalista do Bath Flash Award e indicada ao Pushcart Prize. Ela vive em Norfolk, Virgínia, com o marido.

Ficha Técnica

TítuloVox
AutorChristina Dalcher
EditoraARQUEIRO, 2018
ISBN8580418895, 9788580418897
Num. págs.320 páginas

Onde Comprar

Amazon

Submarino

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo