Justice League: Gods and Monsters (2015). - NoSet
Livros & HQs

Justice League: Gods and Monsters (2015).

Salve Nosetmaníacos. Noset assistiu a boa história da DC.

l1

Liga da Justiça: Deuses e Monstros:

Justice League: Gods and Monsters é uma animação norte americana da DC Comic dirigido por Sam Liu e escrito por Alan Burnett e Bruce Timm. O filme é uma ponte para uma websérie intitulada Justice League: Gods and Monsters Chronicles que está prevista estreia em 2016.

l3

Sinopse:

Viaje a uma realidade divergente, onde a Liga da Justiça protege o planeta, mas responde apenas a ela própria utilizando métodos de intimidação e medo. Estes Superman, Batman e Mulher-Maravilha usam força bruta e sanguinária em nome da justiça.

l4

Neste universo alternativo, Superman não foi criado pelos Kents em Smallville, o Cavaleiro das Trevas não é Bruce Wayne e Mulher Maravilha não é uma guerreira amazona de Themyscira. Quando um grupo de cientistas famosos começa a morrer, uma força-tarefa do governo é acionada para descobrir suas causas, mas as trilhas de pistas os levam à Liga da Justiça, será que há mais alguém nas sombras operando esse estratagema? Trata-se de um jogo de altas apostas envolvendo intrigas, mistérios e ação, que pretende responder a pergunta: Como você leva a justiça para aqueles que estão acima da lei?

l5

Crítica:

Seguindo uma linha muito parecida com o Game Injustice: God Among Us, mas descaracterizando a origem dos personagens principais, esta interessante, mas longe de ser a melhor animação da DC, conta a história dos heróis, deuses e vilões sob um perfil mais duro, com personalidades totalmente diferentes do que estamos acostumados, com decisões e opiniões conflitantes aos personagens usuais.

l6

Um Superman descendente de Zod, um Batman Vampiro e uma Mulher Maravilha do universo de Darkside, que matam sem questionar seus inimigos, são as novidades que jamais vimos em outras histórias e de cara algo que já foi questionado por todo fã de HQs pelo menos uma vez. Mas infelizmente este inicio saboroso é apenas fachada para se dizer que heróis que inspiram e causar medo a uma humanidade perplexa não seria a melhor solução, como na premiada série Watchmen que também já migrou das HQs para o cinema de maneira gloriosa.

l7

Essa estranha animação que mexe com o cerne de cada herói mostra um novo mundo com o que ainda se pode mostra explorar em universos alternativos e extrair histórias complexas e interessantes, desde um Lex Luthor mais compreensivo até mesmo Lois Lane com uma mente de reportes afiada sem se influenciar com o Superman, personagens em animações até secundários, que aqui ganham novos conflitos e motivações, prometendo pelo menos agradar os fãs menos xiitas.

l2

O que mais gostei realmente foi descobrir personagens fora do óbvio, achar cada herói ou vilão através das personalidades que eram apresentados na nova representação, o que não ficou tão fácil assim, como até a presidente Amanda Waller. Mesmo assim ainda achei que o filme poderia ser mais ousada como foi o game Deuses acima de Nós, ou até mesmo o novo filme Batman VS Superman, mas a animação que retratamos aqui é um provável piloto de série animada, se vingar. A direção de Sam Liu e o roteiro de Alan Burnett e Bruce Timm surpreendem no quesito de quem é o vilão, que permanece bem escondido até o ato final, só que decepciona, pois diminui a grandeza do que poderia ser a desconfiança de todos e dá um toque de insanidade grandiosa demais e desnecessária, mas para por aqui, sem spoilers para quem quiser se aventurar.

Então, qual seu herói preferido?

l8

Att.
Marcelo The Moura

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo