Broadway: Summer - The Donna Summer Musical - NoSet
Teatro

Broadway: Summer – The Donna Summer Musical

É muito comum conhecer as músicas dançantes dos anos 1970 e não conhecer a história de seus intérpretes. Afinal, as músicas da chamada “Era Disco” eram (e ainda são) tão divertidas e contagiantes que não paramos pra pensar muito em quem estava por trás delas.

Por isso assistir a Summer: The Donna Summer Musical é uma experiência esclarecedora. O musical de 100 minutos conta a história da Donna Summer, a mais famosa artista daquela época, e mostra como sua vida foi mais sofrida do que poderíamos inicialmente imaginar.

A fim de representar as várias fases de sua vida, Donna é interpretada por 3 atrizes diferentes, que se revezam no palco à medida que a história avança ou regressa (a narrativa não é linear). LaChanze interpreta Donna já mais velha e é ela que faz o papel de narradora, conversando diretamente com o público e explicando os acontecimentos que vemos no palco.

Storm Lever interpreta Donna quando criança em Boston. O espetáculo aborda sua infância complicada, especialmente sua relação com seu pai e com a igreja que frequentava. Era lá, porém, que ela podia se apresentar e se realizava cantando no coral.

Um pouco mais velha, Donna é interpretada por Ariana DeBose e é aí que é descoberta e começa a fazer um sucesso estrondoso. Junto com a fama, porém, outros problemas se seguem, incluindo relacionamentos abusivos.

Repleto de canções conhecidas, o musical agrada mais justamente pelas músicas do que pela montagem do espetáculo propriamente dito. Por ter poucas falas e muitas “viagens” no tempo, em função na narrativa não linear, o show torna-se um pouco cansativo. 

Isso não tira o mérito do elenco, que é extremamente competente, especialmente as três “Donnas”. Os melhores momentos ocorrem quando as 3 cantam juntas, especialmente quando cantam as músicas mais conhecidas. Ao final do espetáculo, o teatro se transforma numa verdadeira discoteca e a plateia fica com a sensação maior de ter visto um show de música do que uma história de vida.

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo