Review: Kingdom Hearts III - NoSet
Games

Review: Kingdom Hearts III

Depois de 6 longos anos de espera finalmente podemos conferir como termina a trilogia mais encantadora, confusa e enigmática da Square Enix, é isso mesmo galera finalmente podemos ver o desfecho da saga do nosso tão querido e divertido Sora, Sem muita enrolação vamos para a análise.

Faz exatamente 17 anos que a Square Enix nos presenteou com uma das sagas mais memoráveis e mais confusa também, já que o desenrolar da história não segue a cronologia de lançamento dos jogos que já somam 10 jogos contando o terceiro que fecha com chave de ouro essa saga incrível. Kingdom Hearts III veio para resolver algumas pontas soltas dos enredos anteriores e foi realizado com maestria, pois a trama é envolvente, divertida e marcante como sempre foi. Você deve tá se perguntando “Se eu não joguei nenhum dos jogos da série, eu consigo acompanhar a trama tranquilamente?”, eu diria que sim e que não. Há a possibilidade de relembrar o desenrolar da saga através dos arquivos de memória (Memory Archive) que lhe é apresentado no começo do jogo, porém para quem jogou a saga vai conseguir captar mais e compreender melhor a trama, já que o códex dá um super resumão de tudo, e muita informação é deixada de lado, lembrando que nada disso vai atrapalhar a sua experiência no jogo.

Por se tratar de um RPG de ação a primeira coisa que vem em mente são sistema de combates confusos ou complicados, mas pelo contrário o sistema é muito simples e prático e não precisa ser um expert na saga para dominar, o jogo usou como base o seu antecessor Kingdom Hearts II, mas também mesclou todos os sistemas inserido durante os demais jogos, de uma forma bem simples e eficaz, até mesmo o sistema de cards do jogo Kingdom Hearts Chain of Memories foi utilizado só que de uma maneira mais simplificada. O sistema de combos foi implementado com golpes e combos incríveis, a Keyblade também deixa de ser um item estético e passa a ter mais envolvimento no sistema de combate, dependendo da arma sendo utilizada os combos mudam e as propriedades do golpe também, o único ponto fraco talvez seja nas fases aquáticas em que lutar embaixo d’água não muda nenhum golpe sequer e não importa a arma que estiver utilizando, que acaba causando um pouco de repetição nesses momentos.

Os gráficos do jogo estão magníficos, muito bem modelados e desenhados, os personagens entram nessa nova geração de consoles muito bem representados graficamente. Cada cenário foi criado de uma forma diferente, a sensação que passa é a de que cada mundo do jogo é um jogo independente, com uma mecânica única, sistema de desenvolvimento e exploração diferente, até mesmo voar com a Gummi Ship ficou diferenciado, pois agora o sistema incluiu chefes e uma gama maior de exploração com a nave de bloquinhos. Lembrando que o jogo possui mini games, porém eles são meio que esquecíveis já que alguns deles não leva a nenhuma relevância no desenrolar da história.

Kingdom Hearts III vem pra encerrar essa trilogia celebre que a Square Enix proporcionou há 17 anos, o jogo faz jus aos fãs que esperaram por tanto tempo, super recomendo a compra. O Jogo está disponível para Playstation 4 e Xbox One, lembrando que o console da Sony possui uma versão que contém todos os jogos da saga Remasterizados.

Confira abaixo o trailer de lançamento do jogo:

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo