PS5: Sony revela especificações do console em evento para desenvolvedores - NoSet
Games

PS5: Sony revela especificações do console em evento para desenvolvedores

Depois de meses de expectativa, curiosidade e ansiedade, a Sony venho a público anunciar que revelaria mais informações sobre o Playstation 5. Não houveram detalhes específicos sobre o que seria relevado, mas isso implicava que as informações se concentrariam na parte técnica e na arquitetura do console. O que pode significar também informações a respeito do retro compatibilidade com versões anteriores do console ou simplesmente ser um monte de jargões técnicos. a conferencia aconteceu às 13h da tarde de terça-feira (18), para trazer novidades a respeito do PS5. inclusive, é importante explicar que a apresentação da Sony é diferente do que já foi visto em épocas quando a empresa esteve presente na E3, com a parte mais complexa resumida e assim trazendo algo mais visual, no contexto de mostrar com exclusividade o console, controles e traçando uma linha em comparação com a evolução gráfica de jogos de diferentes gerações em comparação com o atual (PS4) e o futuro (PS5), mas infelizmente foi bastante extenso abrangendo algo mais técnico e trouxe as especificações do novo console da próxima geração. Por outro lado, foi um grande balde de água fria frustrando o público (leigo) que não tem conhecimento aprofundado e que acompanhou o evento por live esperando ver oficialmente o novo console da Sony na apresentação. Isso se dá porque o evento nada mais é que uma reutilização do material que seria apresentado na GDC, que não tem o consumidor como alvo principal – evento esse, que foi cancelado por conta da pandemia covid-19 – e tem suas atenções voltadas diretamente para a indústria e seus desenvolvedores, foram quase 1 hora de live na plataforma do youtube com Mark Cerny que abriu a cortina do novo harware para poder falar de questões técnicas e avanços tecnológicos a respeito do console da nova geração o Playstation 5. Sem mais delongas, vamos falar sobre as especificações.

Estes são dados oficiais que foram apresentados na apresentação ao vivo e que estão no Blog oficial do console da Sony e, conta também com dados da Microsoft e seu próximo console da nova geração fazendo um pequeno paralelo comparando os dois poderosos consoles. Seguido de um extenso conjunto de informações que confirmou que o PS5 apresentara versões personalizadas do processador central Zen da AMD e da unidade gráfica RDNA 2, a última operando a 10,28 Tflops. A memória do sistema terá 16 GB. A máquina poderá suportar efeitos visuais avançados, como rastreamento de raios em tempo real, tendo uma unidade de estado solido (SSD). Um dos importantes componentes destacados diz respeito ao uso de frequências variáveis em sua CPU e GPU, dependendo da carga de trabalho. Os componentes geradores de calor de um console ou computador são bloqueados na frequência máxima para garantir que o sistema não superaqueça, mas o PS5 permitirá que a GPU e a CPU variem a frequência de operação, empregando a tecnologia SmartShift da AMD para fornecer energia a cada um. Outro fato importante é o núcleo gráfico, enquanto do Xbox series X esta bloqueado para 1.825GHz, o do PS5 poderá atingir 2.23GHz, sugerindo a possibilidade de um aumento nos recursos gráficos na maquina da Sony. O Playstation 5 contara com o SSD personalizado de 825 GB, em vez de uma unidade de disco. Isso significa velocidade na inicialização e carregamento muito mais rápidos para os jogos, bem como uma redução dos tempos de carregamento nos ambientes de jogos. O modelo de 825 GB do PS5 promete um rendimento mais rápido, com 5,5 GB/ s em comparação com, 2,4 s/ na maquina da Microsoft, que tem capacidade de 1 TB de SSD. o console da Sony também oferecera um Slot de expansão para que os usuários possam conectar um SSD secundário.

Cerny também reiterou o suporte da Sony ao som 3D avançado e revelou o mecanismo Tempest 3D Áudio do console, que ele alegou ser capaz de suportar centenas de fontes de som no jogo para aumentar o senso de presença e localidade do jogador. Um exemplo dado pelo programador foi que, se um jogador for pego na chuva, o mecanismo recriara os sons de gotas de chuva individuais caindo ao redor do jogador, em vez de simplesmente tocar um efeito sonoro de chuva. O sistema de som 3D será implementado incialmente para fones de ouvido, mas a Sony está trabalhando no suporte a sistemas de som surround e sistemas virtuais de som surround.
Embora seja inevitável a comparação entre PS5 e o Xbox Series X por conta da estranha semelhança em conjuntos e aspectos técnicos, ao optar pelos processadores AMD Zen 2 e processadores gráficos AMD RDNA 2, Memoria/interface de 16 GB GDDR6 e Drive ótico de UHD Blu-ray 4k, existe diferenças significativas na abordagem da arquitetura e nas operações do sistema. Desde um estágio mais básico, a Microsoft busca energia bruta, mas regulada, com o próximo Xbox, sua GPU oferece 12,16Tflops através de 52 unidades de computador, em comparação com as 36 unidades de computação do PS5, com 10,28Tflops. A Microsoft também revelou o Velocity Archietecture para transmitir recursos de jogos do SSD para a tela, que disponibilizara instantaneamente a qualquer momento 100GB de conteúdo do jogo para o desenvolvedor, para mundos mais ricos e detalhados. No entanto, a abordagem de frequência variável da Sony para gerenciar a energia entre a CPU e a GPU pode obter recompensas de desempenho – desde que os desenvolvedores a utilizem da maneira planejada pela Sony.

Uma área em que o Xbox Series X definitivamente está a frente é a retro compatibilidade com versões anteriores. A máquina poderá rodar jogos de cada geração anterior, isso inclui jogos do primeiro Xbox. a Microsoft afirmou que certos jogos do Xbox One se beneficiarão de novos recursos visuais ao rodar no Xbox Series X, incluindo efeitos de iluminação de alto alcance dinâmico (HDR). enquanto a máquina da Sony atualmente só fala em retro compatibilidade com títulos do PS4. não deixando claro sobre se teremos jogos das outras gerações anteriores (PS1, PS2 e PS3) ou se não haveria algum aumento nos recursos visuais ou desempenho. mesmo assim, terá apenas uma seleção no total de 100 melhores jogos da geração atual. O que é uma notícia decepcionante, saber que o PS5 não suportara todos os jogos do PS4 com compatibilidade com versões anteriores com total eficiência.

Especificações do PS5:

  • CPU: x86-64-AMD Ryzen™ “Zen 2” / 8 Tópicos / 16 fundamentais / Frequência variável, até 3.5 GHz;
  • GPU: mecanismo de gráficos baseado em AMD Radeon™ RDNA 2 / Aceleração de traçado de raios / Frequência variável, até 2.23 GHz (10.3 TFLOPS);
  • Memória do Sistema: GDDR6 16 GB / Largura de banda de 448 GB/s;
  • SSD: 825 GB / Largura de banda de leitura de 5.5 GB/s (Raw);
  • Disco de Jogo PS5: ultra HD Blu-ray, até 100 GB/disco;
  • Saída de Vídeo: suporte a TVs de 120Hz 4K, TVs 8K, VRR (especificado pelo HDMI versão 2.1);
  • Áudio: Tempest 3D AudioTech.
Topo