Hidetaka Miyazaki, diretor do recém-lançado Sekiro: Shadows Die Twice, estará na BGS 2019 - NoSet
Games

Hidetaka Miyazaki, diretor do recém-lançado Sekiro: Shadows Die Twice, estará na BGS 2019

Hidetaka Miyazaki, que aos 29 anos trocou uma carreira estável numa grande indústria de software para trabalhar como game designer, hoje é um dos grandes nomes do mercado e uma das personalidades que estará na 12ª Brasil Game Show em 9 e 10 de outubro

Lançado em 22 de março deste ano, Sekiro: Shadows Die Twice foi um dos games mais aguardados do início de 2019. Em apenas 10 dias, vendeu mais de 2 milhões de cópias, além de ser o mais assistido na Twitch no dia do lançamento. Para a alegria dos fãs, o diretor do jogo, Hidetaka Miyazaki, desembarca pela primeira vez no Brasil para participar da 12ª edição da BGS, que será realizada entre 9 e 13 de outubro no Expo Center Norte, em São Paulo.

Miyazaki estará na BGS 2019 em 9 e 10 de outubro, participará da cerimônia de abertura e de um exclusivo meet & greet para apenas 30 fãs. O criador de Armored Core 4 (seu primeiro trabalho na From Software) e Armored Core for Answer, diretor de Demon’s Souls, Dark Souls, Bloodborne, Dark Souls III, Déraciné e do recém-lançado Sekiro: Shadows Die Twice, também deixará suas mãos gravadas no Wall of Fame e receberá o prêmio Lifetime Achievement Award, honraria já concedida pela BGS a personalidades como Hideo Kojima, diretor da série Metal Gear; Nolan Bushnell, criador do Atari; Cory Barlog, diretor criativo de God of War; Ed Boon, cocriador de Mortal Kombat; Fumito Ueda, de Shadow of the Colossus; Phil Spencer; chefe de Xbox; Yoshinori Ono, produtor de Street Fighter, e Katsuhiro Harada, diretor de Tekken.

“A história de Miyazaki é inspiradora e seu legado para a indústria de games é indiscutível. Aos 29 anos, sem experiência na área, ele provou que não há idade para lutar por um sonho e, desde então, vem criando jogos sensacionais. Sua forma de contar histórias e seu foco na jogabilidade e mais na habilidade do jogador do que nos atributos dos personagens fazem com que suas criações sejam uma referência de games extremamente desafiadores”, analisa Marcelo Tavares, CEO e fundador da Brasil Game Show, fã confesso do trabalho de Miyazaki.

Além de Miyazaki, a maior feira de games da América Latina também já confirmou a participação de John Romero, criador de DOOM; Charles Martinet, dublador de Mario, icônico personagem da Nintendo, e Shota Nakama, criador da Video Game Orchestra, que, pela primeira vez, trará sua banda para o Brasil.

Topo