Festival de Cinema de Gramado inicia 45ª edição - NoSet
Cinema

Festival de Cinema de Gramado inicia 45ª edição

Um dos mais famosos festivais de cinema nacional, e possivelmente o mais charmoso, chega a sua 45ª edição com muita história pra contar. E com disposição para tantas outras. A tradicional mostra de cinema da Serra Gaúcha começou a exibição de seus longas concorrentes nesta sexta (18) e irá até o próximo sábado (26), onde conheceremos os vencedores dos Kikitos.

Com uma programação cultural extensa ao longo destes 10 dias, serão exibidos 44 filmes (longas e curtas) nacionais e estrangeiros. A competição nacional este ano conta com 7 concorrentes:

  • “A Fera na Selva” (RJ), de Paulo Betti, Eliane Giardini e Lauro Escorel
  • “As Duas Irenes” (SP/GO), de Fábio Meira
  • “Bio” (RS), de Carlos Gerbase
  • “Como Nossos Pais” (SP), de Laís Bodanzky
  • “O Matador” (PE), de Marcelo Galvão
  • “Pela Janela” (Brasil/Argentina), de Caroline Leone
  • “Vergel” (Brasil/Argentina), de Kris Niklison

Também conhecido pela presença de artistas, este ano o Festival terá 4 homenageados. o Troféu Oscarito será entregue à atriz Dira Paes, o troféu Cidade de Gramado vai para o ator Antônio Pitanga e o cineasta gaúcho Otto Guerra receberá o troféu Eduardo Abelin, dedicado a realizadores do cinema. Já o Kikito de Cristal, que reconhece os expoentes do cinema latino-americano será entregue para a atriz argentina Soledad Villamil (“O Segredo Dos Seus Olhos”).

A responsabilidade de escolher os melhores filmes da competição está nas mãos de 26 profissionais do audiovisual e da imprensa. A atriz, diretora e produtora Bárbara Paz está entre os profissionais do juri. Sempre muito simpática, deu atenção ao público antes do início da sessão de abertura.

 

Fora da competição, o filme escolhido para abrir os trabalhos é “João, o Maestro”, de Mauro Lima, sobre a vida e carreira do músico João Carlos Martins. Os atores Alexandre Nero, Rodrigo Pandolfo e Davi Campolongo vivem o pianista em fases distintas. “O filme foca na compulsão e na paixão do João Carlos pela música, pelo piano, e no quanto ele lutou para superar todas as dificuldades que teve pelo caminho”, comentou o diretor Mauro Lima. Apesar da ausência de Alexandre Nero, o evento contou com as presenças do próprio João Carlos Martins, do diretor Mauro Lima e dos atores Rodrigo Pandolfo, Alinne Morais e Fernanda Nobre.

 

Mais cedo, João Carlos Martins regeu a Orquestra Sinfônica de Gramado e também tocou piano, brindando a platéia da Rua Coberta em frente ao Palácio dos Festivais. Na sessão de abertura, emocionado, agradeceu pela oportunidade de receber esta homenagem ainda vivo e comentou que já teve a oportunidade de assistir ao longa 3 vezes. E chorou em todas elas. Após assistir ao filme, compreendi perfeitamente a sua emoção. Mas esse é assunto que merece uma notícia dedicada e exclusiva para o longa.

Clique para comentar

Deixe uma resposta

NoSet é um lugar para se divertir e descobrir curiosidades sobre cinema, séries, HQ’s, games, músicas, livros e muito mais. Além de notícias você também pode ouvir nossas opiniões pelo podcast, sempre de um jeito inteligente e descontraído. Sejam bem-vindos e sintam-se na poltrona do seu cinema favorito.

Assinar NoSet por Email

Digite seu endereço de email para receber notificações de novas publicações por email.

Junte-se a 116.082 outros assinantes

Facebook

Copyright © 2016

Topo