Star Wars: O Despertar da Força (Oscar 2016) - NoSet
Cinema

Star Wars: O Despertar da Força (Oscar 2016)

Salve NoSetmaníacos, assistimos e recomendamos Star Wars: O Despertar da Força.

sw15

Star Wars: The Force Awakens (2015)
Direção J. J. Abrams, produção Kathleen Kennedy, J. J. Abrams e Bryan Burk, roteiro Michael Arndt, Lawrence Kasdan e J. J. Abrams, baseado em Star Wars, de George Lucas. Elenco Daisy Ridley, John Boyega, Oscar Isaac, Adam Driver, Harrison Ford, Carrie Fisher, Mark Hamill, Peter Mayhew, Anthony Daniels, Kenny Baker, Lupita Nyong’o, Andy Serkis, Max von Sydow e Música de John Williams.

sw0

Star Wars: O Despertar da Força é um épico americano, o sétimo filme da série Star Wars, se passando aproximadamente 30 anos após os acontecimentos de Return of the Jedi (1983). É o primeiro filme de Star Wars produzido após a venda da LucasFilm por George Lucas para a Walt Disney Pictures, que agora distribuirá os lançamentos da franquia. É também o primeiro da nova trilogia de Star Wars. O criador de Star Wars, George Lucas, serviu como consultor criativo do filme. A direção é de J.J. Abrams que escreveu o roteiro com Lawrence Kasdan, roteirista de O Império Contra-Ataca (1980) e O Retorno de Jedi (1983). Abrams e Kasdan rescreveram o roteiro inicial de Michael Arndt, que fez o tratamento original para a história.

sw3

Sinopse:
Aproximadamente 30 anos após a destruição da segunda Estrela da Morte em O Retorno de Jedi, a Aliança Rebelde conseguiu restaurar a República Galáctica, mas reminiscentes do Império Galáctico reorganizaram-se como a Primeira Ordem, cujo crescimento é combatido pela Resistência da República. Poe Dameron (Oscar Isaac), um piloto da Resistência, é mandado ao planeta Jakku pela General Leia Organa (Carrie Fisher) para obter um mapa que, acredita-se, indica a localização de Luke Skywalker (Mark Hamill), o último Jedi, que está desaparecido há anos. Kylo Ren (Adam Driver), um poderoso conhecedor do Lado Negro da Força e discípulo do mestre Snoke (Andy Serkis), está tentando roubar o mapa.

sw17

Elenco:
Daisy Ridley (Rey) é uma sobrevivente resistente, uma coletora de lixo empedernida por uma vida inteira lidando com os assassinos do mundo deserto e inóspito de Jakku.
John Boyega (Finn) é um guerreiro treinado desesperado para escapar de seu passado, Finn está mergulhado na aventura enquanto sua consciência o leva por um caminho heróico, mas perigoso.
Oscar Isaac (Poe Dameron) é um piloto ás, Poe Dameron é um líder na luta da resistência contra a maléfica Primeira Ordem. Ele decola para a batalha atrás dos controles de um moderno caça X-wing.

Adam Driver (Kylo Ren) é um guerreiro do lado negro poderoso na Força, Kylo Ren comanda missões da Primeira Ordem com um temperamento tão ardente quanto seu Sabre de Luz pouco convencional.

Harrison Ford (Han Solo) é um contrabandista, canalha e herói. Han Solo é o capitão da Millennium Falcon, foi um dos grandes líderes da Aliança Rebelde e, agora, mentor dos novos heróis da galáxia: Rey e Finn.

Mark Hamill (Luke Skywalker) junto com seus amigos Han Solo e Leia, Luke combateu e venceu o perverso Império Galáctico.
Carrie Fisher (Leia Organa ou apenas Princesa Leia) é uma das maiores líderes da Resistência, destemida no campo de batalha e dedicada a acabar com a tirania do Primeira Ordem.

Peter Mayhew (Chewbacca) é um Wookiee e copiloto de Han Solo a bordo da Millennium Falcon, Chewbacca fez parte de um grupo restrito de rebeldes que restaurou a liberdade na galáxia. Conhecido pelo pavio curto e pela precisão com uma balestra Wookiee, Chewie também tem um grande coração e uma lealdade inabalável aos amigos.

Kenny Baker (R2-D2) é o útil droide astromecânico, R2-D2, serve Padmé Amidala, Anakin Skywalker e depois Luke Skywalker, mostrando grande bravura ao resgatar seus mestres e amigos de muitos perigos. Um habilidoso assistente de piloto e mecânico de espaçonave, ele forma uma improvável, porém duradoura, amizade com o atrapalhado droide de protocolo C-3PO.

Anthony Daniels (C3PO) é um droid programado para etiqueta e protocolo, construído pelo heróico Jedi Anakin Skywalker e um companheiro constante para o astromech R2-D2. Ao longo dos anos, ele esteve envolvido em alguns dos momentos mais marcantes da galáxia e emocionantes batalhas e é fluente em mais de seis milhões formas de comunicação.

Gwendoline Christie (Capitã Phasma) vestida com uma armadura metálica característica, a Capitã Phasma comanda legiões de soldados da Primeira Ordem.

Lupita Nyong’o (Maz Kanata) é uma antiga mentora de Han Solo, é pirata, já viveu mais de mil anos e é dona de um castelo no planeta Takodana.

Andy Serkis (Supremo Líder Snoke) é o líder da Primeira Ordem, e, segundo J.J Abrams, uma figura poderosa com o Lado Negro Da Força. É ele quem narra o primeiro teaser do filme;
Domhnall Gleeson (General Hux) é um jovem e implacável oficial da Primeira Ordem, General Hux tem total confiança em suas tropas, métodos de treinamento e armas.

Max von Sydow (Lor San Tekka) é o líder de uma aldeia em Jakku.

sw9

Crítica NoSet:
De melhor filme do ano, ultrapassando facilmente Vingadores e Jurassic World em bilheteria a uma simples cópia de Star Wars (1997), uma coisa não podemos deixar de dizer, J.J.Abrams sabe recontar muito bem uma franquia. O produtor, roteirista e diretor Abrams tem emo seu currículo números e trabalhos impressionantes para qualquer um como as séries Lost (2004 – 2010) e Fringe (2008 – 2013), além das poderosas franquias para o cinema de Missão Impossível, Star Trek e agora Star Wars. E como sabe recontar uma história bem Abrams, misturando conceitos passados mas colocando seu dedo de ação, Abrams faz um trabalho primoroso com Star Wars – O Despertar da Força. Concordo que o roteiro tem um que de Star Wars IV – Uma Nova Esperança (1977) nos conceitos e até na Estrela da Morte, agora modernizada, mas também acredito que tudo isso faça parte da evolução da história, sem perder o foco no que foi feito ao invés de inventar algo novo. Agora, o filme não é nada sem Hans Solo e Chubbie, e neste ponto paro nossa crítica párea fazer uma declaração ao megfa ator Harrison Ford (Indiana Jones, Os Mercenários e Blade Runner) que nasceu para o papel e leva o filme nas costas tirando lágrimas no final com sua performance de mercenário e pai. Ford mostra que ainda sabe atuar em papeis de aventura e merece respeito de quem tem tantos filmes de sucesso no cinema e tantas franquias. A grata surpresa do filme é a ótima atriz Daisy Ridley que junto com Ford, deixa o espectador de queijo caído com a primeira mulher Jedi que leva algum crédito e sim, existiram outras, eu mesmo descobri isso a pouco assistindo a segunda trilogia. Ridley consegue passar amor, compaixão e força em um papel extremamente usado por homens e faz com que nos perguntemos, porque não foi feito isso antes. Talvez a melhor resposta é que a FORÇA guardou tudo isso para que Ridley pudesse brilhar tanto. Infelizmente é no vilão que o filme oscila. Adam Driver, apesar dos incríveis poderes, maquiagem e vestimenta, não convence como vilão, ficando muito mais como um poderoso e perturbado Sith que precisa provar algo para alguém. Tudo bem que a comparação com Darth Vader é inegável e injusto para o jovem ator, mas a combinação de roteiro e atuação não foi positivo para o resultado final. Você pode até criticar o filme, chamar de cópia, de filme com efeitos majestosos e roteiro piegas, que realmente a história da Jornada do Mito de Joseph Campbell ficou apenas na primeira trilogia, o que até concordo, mas sinceramente, você não pode deixar de assisti-lo em 3D, ainda assim é épico.

sw6

Produção:
George Lucas entregou o tratamento história para Episódios VII, VIII e IX do presidente da Disney, Bob Iger, quando a Lucasfilm foi vendida para a Disney em outubro de 2012. O tratamento foi escrito por Michael Arndt, que também foi contratado para escrever o roteiro. David Fincher e Brad Bird foi abordado, como diretores, mas Bird estava comprometido com Tomorrowland. Guillermo del Toro também foi considerado, mas ele estava ocupado com seus próprios projetos. Em janeiro de 2013, J.J. Abrams foi anunciado como o diretor de Star Wars Episode VII, com Lawrence Kasdan e Simon Kinberg como consultores do projeto. A produção anunciou a saída de Arndt do projeto em 24 de Outubro de 2013 e a de Kasdan e Abrams assumindo a escrita do roteiro. Abrams citou estar preocupado com a mudança de roteirista em cima da hora. Mais tarde, ele expressou alívio quando a data de lançamento foi anunciada para dezembro 2015, em vez do lançamento anterior anunciado para maio. Ele disse que a chave para o filme seria ele voltar às raízes do primeiro filme Star Wars (ordem cronológica) e basear-se mais na emoção do que na explicação. Como consultor criativo do filme, o envolvimento de Lucas inclui participação em reuniões de história; ele disse ao Bloomberg Businessweek: “Eu, principalmente, digo: ‘Você não pode fazer isso, você pode fazer isso.”. Você sabe, ‘Os carros não têm rodas. Eles voam com antigravidade.’ Há um milhão de detalhes. Ou eu posso dizer: ‘Ele não tem o poder de fazer isso, ou ele tem que fazer isso.’ Eu sei todas essas coisas.” Em janeiro de 2014, Abrams confirmou que o roteiro estava completo. Em abril de 2014, Lucasfilm esclareceu que os Episódios VII-IX não contará com qualquer uma das histórias do Universo Expandido, embora outros elementos possam ser incluídos como Star Wars Rebels.

ANAHEIM, CA - AUGUST 15: (L-R) Actors Oscar Isaac, John Boyega, Lupita Nyong'o, Daisy Ridley, director J.J. Abrams and actor Harrison Ford of STAR WARS: THE FORCE AWAKENS took part today in "Worlds, Galaxies, and Universes: Live Action at The Walt Disney Studios" presentation at Disney's D23 EXPO 2015 in Anaheim, Calif. (Photo by Jesse Grant/Getty Images for Disney) *** Local Caption *** Oscar Isaac; John Boyega; Lupita Nyong'o; Daisy Ridley; J.J. Abrams; Harrison Ford

Elenco:
A escolha do elenco começou por volta de agosto de 2013, com a reunião Abrams com potenciais atores, testando eles em leituras de roteiro e testes de tela. As audições foram realizadas no Reino Unido, na Irlanda, e os EUA em novembro de 2013 para os papéis de “Rachel” e “Thomas”. A escolha do elenco recomeçou em janeiro de 2014, devido a alterações no roteiro de Kasdan e Abrams. Testes com os atores continuaram até, pelo menos, três semanas antes do anúncio oficial em 29 de abril de 2014, e o elenco final foi formado apenas algumas semanas antes. Testes de atores tiveram acordos de não divulgação rigorosos, impedindo-os, ou os seus agentes e publicitários, de comentar sobre o seu possível envolvimento com o filme. Embora Lucas insinuou que o trio da trilogia original, Carrie Fisher, Harrison Ford, Mark Hamill voltariam para o novo filme, já em março de 2013, a sua participação não foi confirmada até mais de um ano mais tarde. O elenco para novos papéis foi objeto de muita especulação desde o anúncio do filme. Saoirse Ronan, Michael B. Jordan, e Lupita Nyong’o fizeram testes para o filme. Jornais também informaram que Jesse Plemons estava sendo considerado para possivelmente um filho de Luke Skywalker; Adam Driver para um vilão sem nome e Maisie Richardson-Sellers para um personagem desconhecido. Em março de 2014, o ator Dominic Monaghan disse durante uma entrevista que Abrams estava procurando por três atores desconhecidos para interpretar os papéis principais do episódio VII e que os rumores de estrelas envolvidas eram falsos. Daisy Ridley foi escolhida para o filme em fevereiro de 2014, e até o final desse mês um acordo havia sido feito com Driver para ele contornar sua agenda na série Girls. Em março de 2014, as negociações com Andy Serkis e Oscar Isaac começou e continuaram até abril de 2014. Também em abril, John Boyega começou uma conversa mais séria após a saída de Jesse Owens.Denis Lawson, que interpretou Wedge Antilles na trilogia original, foi convidado para reprisar seu papel, mas recusou, afirmando que o papel o teria “cansado” da série. Em 29 de abril de 2014, o anúncio oficial do elenco foi feito, que incluía uma foto do elenco sentado em círculo no Pinewood Studios, perto de Londres para a sua primeira leitura do roteiro. Em sentido horário, a partir do topo, à direita de Abrams estavam Ford, Daisy Ridley, Fisher, Peter Mayhew, o produtor Bryan Burk, presidente da Lucasfilm e produtora, Kathleen Kennedy, Domhnall Gleeson, Anthony Daniels, Hamill, Andy Serkis, Oscar Isaac, John Boyega, Driver, e o roteirista Lawrence Kasdan. Outros membros seriam anunciados como Max von Sydow e Kenny Baker. O anúncio foi inicialmente previsto para 04 de maio (Star Wars Day), no entanto, devido a temores de vazamentos de mídia, o estúdio decidiu fazer o anúncio alguns dias mais cedo. Novos membros do elenco era esperado, incluindo um papel feminino principal. Detalhes oficiais para os novos personagens não estavam disponíveis com o anúncio, mas a Variety informou que Driver estaria desempenhando um papel vilão, o papel de Isaac seria um tipo de Han Solo, Boyega seria um Jedi, e Ridley poderia estar interpretando uma filha de Han e Leia. Em 2 de junho de 2014, Lupita Nyong’o e Gwendoline Christie foram anunciadas no elenco. Para se preparar para o papel, Hamill passou deixar crescer a barba, e foi lhe atribuído um personal trainer e nutricionista, a pedido dos produtores, que queria que ele se assemelham ao antigo Luke. Fisher também recebeu um personal trainer e um nutricionista para se preparar para o papel. A equipe de produção construiu um novo C-3PO para acomodar Daniels. Em maio de 2014, a mãe de Fisher, Debbie Reynolds, afirmou que Fisher já havia perdido 20 quilos em preparação para o filme. Em outubro de 2014, Warwick Davis, que interpretou Wald e weazle em Star Wars Episódio I: A Ameaça Fantasma e Wicket, o Ewok em O Retorno de Jedi, anunciou que ele vai aparecer no episódio VII embora não mencionou o papel que ele estaria interpretando. Em novembro de 2014, a mãe de Fisher, Debbie Reynolds, confirmou que a filha de Fisher, Billie Lourd, vai aparecer no filme.

sw22

Música:
John Williams foi confirmado para compor a trilha sonora para Episodio VII, em Julho de 2013. De acordo com vários relatórios, Williams era esperado viajar para Los Angeles em meados de novembro de 2014 e começar a trabalhar em novas músicas para o teaser trailer.

sw11

Relações com o Universo Expandido:
A trama do Episódio VII deverá ser original, sem se basear diretamente em nenhum dos vários livros, histórias em quadrinhos e outros materiais que foram lançados na franquia Star Wars, ignorando personagens como Jaina e Jacen Solo. Como parte da aquisição, a Disney recebeu uma “extensiva explanação do enredo” por Lucas. Em uma entrevista em vídeo que foi parte do anúncio da compra, Kennedy explicou que ela e Lucas já se reuniram com os roteiristas para discutir o roteiro do filme.

sw10
Trilogia de Thrawn:
Timothy Zahn, o autor da Trilogia de Thrawn (série de livros pertencente ao universo expandido de Star Wars), foi informado por Lucas dos planos de várias trilogias de Star Wars durante as discussões de desenvolvimento da trilogia de Thrawn. Depois do anúncio da Disney, chegou a se especular que o material seria a base para a nova trilogia, mas Zahn declarou que a trilogia de Thrawn deve ficar na lacuna entre o Episódio VI e o Episódio VII. A terceira trilogia cinematográfica deve envolver os filhos de Luke, o que faria com que cada trilogia compreenda diferentes gerações dos Skywalkers. Zahn também falou sobre a especulação de algum conflito lógico entre os filmes e o universo expandido, declarando que “os livros sempre foram apenas os livros.” A trilogia de Thrawn introduziu noções que foram usadas depois nos livros e filmes de Star Wars, indicando que Lucas “tem mantido um olhar atento sobre o que já foi feito”.

sw18

Bilheteria:
Nas primeiras horas de estreia, o filme arrecadou 14 milhões de dólares, um recorde, e lucrou 100 milhões em ingressos antecipados. O filme foi a maior bilheteria nos EUA para uma quinta-feira (US$ 57 milhões nas sessões de meia-noite) e abriu com $ 120.500.000 milhões na América do Norte, tornando-se o primeiro filme a arrecadar mais de 100 milhões em apenas um dia, superando o recorde anterior de Harry Potter e as Relíquias da Morte: Parte 2, de 91 milhões. Em apenas um dia ele quebrou o recorde de maior abertura no fim de semana em dezembro, anteriormente detido por O Hobbit: Uma Jornada Inesperada. Em 20 de dezembro, o sétimo episódio da saga chegou ao recorde de $247,966,675 milhões de dólares arrecadados nos EUA em apenas três dias de exibição, superando Jurassic World (208 milhões), o que o torna a maior bilheteria de estreia da história dos EUA. Na segunda 21, foi revelado que O Despertar da Força quebrou o recorde mundial de Jurassic World ($ 525 milhões) para um fim de semana, arrecadando $ 529 milhões mundialmente, o que o torna a maior estreia de todos os tempos. No Brasil, o filme teve uma estreia excelente, de acordo com os números provisórios do Filme B, mas ainda ficou atrás de outras franquias populares. Com 2 milhões de espectadores no primeiro fim de semana, Star Wars perde apenas para os mais de 2 milhões de espectadores de Velozes e Furiosos 7 e de Vingadores: Era de Ultron e o 3 milhões de A Saga Crepúsculo: Amanhecer – Parte 2. Mesmo assim, registra números impressionantes, como a média de 1.364 espectadores por sala. O Despertar da Força acumulou US $ 81.8 milhões na segunda-feira 21, em todo mundo, chegando a 610 milhões mundialmente. Na América do Norte ele arrecadou $ 40.1 milhões na segunda-feira, passando o recorde de 27 milhões anteriores do Homem Aranha 2. Os analistas já previam uma grande segunda feira para Star Wars 7, dado o fato de que 73% das escolas estão em recesso de férias, bem como 87% faculdades nos EUA. Na terça-feira 22, tornou-se o filme de maior bilheteria numa terça-feira na América do Norte, arrecadou $37,361,729 milhões de dólares, passando o recorde anterior de O Espetacular Homem-Aranha ($35,016,884 milhões). Na quinta-feira 24 tinha arrecado mais de $325,438,146 milhões na América do Norte e $765,938,146 milhões ao redor do mundo, em apenas cinco dias, é o único filme da história a conseguir este valor em menos de uma semana. Depois de uma semana de sua estreia, na sexta-feira 25, o filme chegou a 813 milhões ao redor do mundo. Na América do Norte fez $391,051,329 milhões em sua primeira semana, a maior bilheteria conquistada em 7 dias. Na sexta-feira 25, Star Wars 7 disparou para US R$ 49,3 milhões em $ 4.134 cinemas na sexta-feira, passando a melhor abertura para o natal que antes pertencia a Sherlock Holmes em 25 de dezembro de 2009 que fez US R$ 24.600.000, tornando-se o maior dia de Natal para um filme nos cinemas de todos os tempos. Em 10 dias de lançamento, o filme chegou a US $1,090,573,329 ao redor do mundo e US $544,573,329 na América do Norte, é o filme mais rápido a chegar a este valor tanto nos EUA\CAN como no mundo.

At.
Marcelo The Moura

sw21

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo