Rocketman: A Vida e Obra de Sir Elton John (2019) - NoSet
Cinema

Rocketman: A Vida e Obra de Sir Elton John (2019)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais um clássico filme sobre a vida e a obra de um mestre da música moderna.

Rocketman:

Direção Dexter Fletcher, produção Adam Bohling, David Furnish, David Reid e Matthew Vaughn, roteiro Lee Hall. Elenco Taron Egerton, Jamie Bell, Richard Madden e Bryce Dallas Howard. Companhias produtoras New Republic Pictures, Marv Films e Rocket Pictures, distribuição Paramount Pictures, com lançamento em 16 de maio de 2019.

Com um baixíssimo orçamento de US$ 40 milhões e uma morna, mas ainda boa receita de US$ 195 milhões em todo mundo, Rocketman é um filme musical biográfico de 2019 baseado na vida do músico Elton John. Dirigido por Dexter Fletcher e escrito por Lee Hall, é estrelado por Taron Egerton como John, com Jamie Bell, Richard Madden e Bryce Dallas Howard. O filme segue os primeiros dias de John como um prodígio na Royal Academy of Music para sua parceria musical com Bernie Taupin. O filme é intitulado após a música de 1972 de John “Rocket Man”.

Um filme biográfico de Elton John estava em desenvolvimento há quase duas décadas, com o projeto passando por estúdios que incluem Walt Disney Studios e Focus Features, diretores incluindo Michael Gracey e atores como Tom Hardy e Justin Timberlake. Depois que diferenças criativas com a Focus interromperam o início de produção inicial em 2014, John levou o projeto para a Paramount Pictures, com Egerton e Fletcher entrando no elenco em abril de 2018. A filmagem começou em agosto de 2018 e foi concluída no final daquele ano.

Rocketman estreou no Festival de Cannes em 16 de maio de 2019, foi lançado no Reino Unido em 22 de maio de 2019 e nos Estados Unidos em 31 de maio de 2019, arrecadando US$ 195,2 milhões ao redor do mundo, através de um orçamento de US$ 40 milhões.

O filme recebeu aclamação dos críticos, com destaque para o desempenho de Egerton e elogios aos figurinos, ao estilo visual, à trilha sonora e às sequências musicais do longa. É a primeira grande produção de Hollywood a mostrar uma cena de sexo gay masculino.

Sinopse: O filme conta a história da vida de Elton John, de seus anos como prodígio na Royal Academy of Music, através de sua parceria musical influente e duradoura com Bernie Taupin, bem como suas lutas com depressão, abuso de substâncias e aceitação de sua orientação sexual.

Os eventos do filme são contados em flashback com a Narrativa moldura de Elton em uma reunião alcoólicos anônimos. Os flashbacks também contêm números musicais das canções de John, como imaginado em sua cabeça durante os momentos cruciais de sua vida.

Crítica: Polêmico, brilhante, inesquecível, uma obra de arte, Rocketman é, na minha humilde opinião, o melhor musical biográfico de todos os tempos, quase perfeito, que merece ser visto mais de uma vez para se entender a qualidade desta obra e provavelmente sua influência nos próximos filmes biográficos que virão.

O diretor Dexter Fletcher criou um musical teatral de alta qualidade, lembrando muito filmes como Moulin Rouge de Baz Louhrmann, brincando com seus flashbacks, cores e ambientes, e trazendo a verdadeira essência do musical da Brodway para as telas. A cena da piscina onde John tenta o suicido e encontra seu lado infantil-menino no fundo da piscina ainda me impressiona pela qualidade trabalhada pelo diretor, transformando a consciência e o subconsciente em realidade cinematográfica, e quanto é difícil se criar uma a cena assim.

As músicas escolhidas estão perfeitas encaixadas para cada momento histórico, mesmo que tenha uma licença poética como em todo filme biográfico, tudo se encaixa perfeitamente, e você não estranhar que as pessoas na cena comecem a dançar, é dentro da cabeça de Elton John que o diretor Fletcher nos coloca e sua perspectiva sobre seu mundo, família, amigos, drogas, sua sexualidade e suas dúvidas.

Do elenco Taron Egerton impressiona demais como Elton John, interpretando, cantando e se assumindo devidamente com um personagem nada fácil de se interpretar. Assim como o ganhador do Oscar Rami Malek (Bohemian Rhapsody), onde o ator se mescla com o personagem, devido aos seus polêmicos trejeitos e extravagancias, Egerton (mais conhecido pela franquia Kingsman) aqui demonstra um lado camaleônico de interpretação teatral lindíssimo, dramático quando necessário, que esperamos que continue cultivando em outros projetos.

Difícil não comparar ou fazer referencias do ótimo filme Boehmian Rhapsody sobre a vida de Mercury do diretor Brian Singer (X-Men) com o filme de Elton John, e mesmo que eu ache a vida de Freddy Mercury retratada por Singer um filme sensacional , ganhador de vários prêmios e reconhecimento mundial, que você sai cantando todas as músicas logo após assistir, mas na minha opinião Rocketman tem mais personalidade, é uma trabalho de arte mais complexo e foge do conceito simples de biográfica musical, sendo mais uma biografia teatral musical, onde o cinema e arte estão mais alinhadas artisticamente.  Sim, eu quis ser polêmico e ouvir a sua opinião, meu leitor!!! No final da matéria tem meu instagram, é só entrar e opinar.

Curiosidades: Elton John e seu marido David Furnish tentaram produzir um filme baseado em sua vida por quase duas décadas. Os primeiros esforços datam de 2000, quando o desenvolvimento começou na Walt Disney Pictures . O fotógrafo David LaChapelle foi escalado para dirigir o filme depois de trabalhar no vídeo do single de John de 2001, ” This Train Don’t Stop There Anymore “, que apresentava Justin Timberlake como um jovem John. No entanto, o projeto definhou por quase duas décadas. Em um artigo escrito para o The Guardian , John disse que lutou para fazer o filme decolar, porque os estúdios queriam que fosse reduzido a umPG-13 Classificação vez de um R.

Em janeiro de 2012, John anunciou que havia nomeado Timberlake como sua primeira escolha para interpretá-lo no filme. Lee Hall foi escolhido para escrever o roteiro. Em março de 2013, Michael Gracey foi contratado para dirigir, com Tom Hardy escalado em outubro para interpretar John e Focus Features adquirindo os direitos de distribuição nos Estados Unidos. As filmagens foram inicialmente planejadas para começar no outono de 2014. No entanto, diferenças criativas entre John e Focus, juntamente com problemas de orçamento, levaram ele e Furnish a levar o projeto para outro lugar.

Em julho de 2017, foi anunciado que Hardy não estava mais envolvido e Taron Egerton entrou em negociações para substituí-lo. Enquanto editava Kingsman: The Golden Circle , Matthew Vaughn ficou sabendo do projeto e se interessou em produzir o filme com a condição de que Egerton interpretasse John. Vaughn, em seguida, pegou Dexter Fletcher , que havia substituído Bryan Singer durante a produção da rainha biopic Bohemian Rhapsody , para dirigir o filme desde Gracey estava ocupado com The Greatest Showman e mais tarde foi creditado como um dos produtores executivos do filme. Os produtores então filmaram uma sequência de Egerton como John cantando duas das canções de John e a apresentaram a Jim Gianopulos , que havia trabalhado com Vaughn na franquia Kingsman na 20th Century Fox e agora era o CEO da Paramount Pictures. A Paramount e New Republic Pictures concordaram em financiar o filme em troca dos direitos de distribuição mundial. Foi relatado que Egerton cantaria as canções do filme, produzido por Giles Martin , que foi contratado como produtor musical para o projeto. Em uma entrevista no CinemaCon , Egerton afirmou que o filme seria mais uma fantasia – musical em oposição a um filme biográfico direto.

Em abril de 2018, Taron Egerton foi oficialmente escalado para interpretar o músico do filme. Egerton já havia aparecido com John no filme Kingsman: The Golden Circle de 2017, e Egerton, como Johnny the Gorilla, cantou a canção de John ” I’m Still Standing ” no filme de animação de 2016 Sing. Em junho, o papel de Bernie Taupin foi dado a Jamie Bell. Em julho, Richard Madden entrou em negociações para interpretar John Reid e Bryce Dallas Howard foi escalado para interpretar a mãe de John. Gemma Jones foi anunciada como escalada para o filme em outubro.

A produção começou em 2 de agosto de 2018. Em outubro de 2018, foi anunciado que o filme seria rodado em Londres. As filmagens começaram no Bray Film Studios perto de Maidenhead em Berkshire.

A trilha sonora do filme foi lançada pela Virgin EMI (Reino Unido) e Interscope Records (EUA) em CD e formatos digitais em 24 de maio de 2019 e também foi lançada pela Interscope Records em vinil em 23 de agosto de 2019. O álbum contém 22 faixas de vários sucessos realizados pelo elenco do filme e uma faixa recém-escrita ” (I’m Gonna) Love Me Again ” com vocais de Taron Egerton e Elton John juntos.

Em março de 2019, foi relatado que a Paramount Pictures estava pressionando o diretor Dexter Fletcher e o produtor Matthew Vaughn para fazer uma cena de sexo entre Taron Egerton e Richard Madden, para que o filme pudesse receber classificação PG-13 nos Estados Unidos, influenciado por o sucesso financeiro da Bohemian Rhapsody no ano anterior. Fletcher negou os relatórios, dizendo que o filme “sempre foi e sempre será a fantasia musical que a Paramount e os produtores apóiam e acreditam apaixonadamente” e disse que as acusações eram “nada além de rumores”.

Na Rússia, onde o filme foi lançado em 6 de junho de 2019, cerca de cinco minutos de filmagem foram removidos da edição final. A Central Partnership , distribuidora russa do filme, removeu todas as cenas envolvendo homossexualidade e drogas, um movimento que foi criticado por John e Paramount. O filme foi censurado na Malásia , gerando a condenação dos críticos de arte de que o país estava se tornando um “estado babá”. Safaruddin Mohammad Ali, chefe do Conselho de Censura Cinematográfica do país, disse:” Não permitimos cenas que promovam LGBTQ em filmes que são para exibição pública “, acrescentando que” Embora seja sobre a vida real de Elton John, não é para ele permitir que o público veja tudo o que ele faz ou quaisquer atividades que ele se dedique que não seja a nossa cultura “.

O filme foi proibido em Samoa, uma nação cristã conservadora. O censor principal Leiataua Niuapu, do Conselho de Censura do país, explicou: “É uma boa história, porque é sobre um indivíduo que tenta seguir em frente na vida. Ele [John] passou por uma vida familiar difícil e conseguiu seguir em frente e se tornar muito sucesso. Mas há atos que não são bons para exibição pública e contra a lei. ” O filme também foi proibido no Egito, onde o próprio Elton John foi proibido de visitá-lo em 2010. A razão dada foi seus “sentimentos anti-religiosos”, embora o jornalista da Film Stories Simon Brew argumentasse que a proibição “parecia muito clara. tinha mais a ver com a sexualidade deJohn”.

Em outubro de 2019, a diretora digital da Entertainment Weekly Shana Krochmal acusou a Delta Air Lines de remover “quase todas as referências” à sexualidade de John na versão do filme exibida na companhia aérea, incluindo cenas de beijos e sexo gay. Em resposta, um porta-voz da Delta disse que “os parâmetros de conteúdo da Delta não pedem de forma alguma a remoção de conteúdo homossexual do filme” e que “Valorizamos a diversidade e a inclusão como núcleo de nossa cultura e missão e revisaremos nossos processos para certifique-se de que o conteúdo do vídeo editado não entre em conflito com esses valores “.

A atuação e performance musical de Taron Egerton como Elton John foi aclamada pela crítica, bem como pelo próprio John.

Na bilheteria mundial, nos Estados Unidos e Canadá, o filme foi lançado ao lado de Godzilla: King of the Monsters e Ma, sendo projetado para arrecadar $ 20-25 milhões em 3.610 cinemas em seu fim de semana de estreia. O filme arrecadou US $ 9,2 milhões em seu primeiro dia, incluindo US $ 1,8 milhões em prévias de quinta-feira à noite e US $ 580.000 em exibições avançadas de Fandango em 18 de maio, totalizando US $ 2,3 milhões. Ele estreou com $ 25,7 milhões, terminando em terceiro, atrás de Godzilla: King of the Monsters e Aladdin. O filme caiu 46% em seu segundo fim de semana para $ 14 milhões, terminando em quinto e então ganhou $ 9,4 milhões em seu terceiro fim de semana, subindo para a quarta posição.

No Reino Unido, estreou com US $ 6,4 milhões, terminando em segundo, atrás do novo lançamento Aladdin. Na semana seguinte, o filme foi projetado para arrecadar cerca de $ 20 milhões nos mercados internacionais em que foi lançado ao lado dos EUA e acabou ganhando $ 19,2 milhões em 39 países fora dos EUA no fim de semana.

Rocketman recebeu uma resposta amplamente positiva da crítica, com alguns chamando-o de um dos melhores filmes lançados em 2019 , além de ser considerado o filme musical mais revisado do ano e um dos lançamentos britânicos mais revisados do ano , elogiando a atuação e vocal de Egerton performance, figurino, trilha sonora e sequências musicais. Na revisão agregador site Rotten Tomatoes, o filme tem 89% de aprovação com base em 373 críticas, com média de 7,61 / 10. O consenso dos críticos do site diz: “Vai demorar muito até que um filme biográfico de rock consiga capturar os altos e baixos da vida de um artista como Rocketman.” No Metacritic , tem uma pontuação média ponderada de 69 de 100, com base em 49 críticos, indicando “avaliações geralmente favoráveis”. O público entrevistado pela CinemaScore deu ao filme uma nota média de “A−” em uma escala de A + a F, enquanto os da PostTrak deram uma média de 4 de 5 estrelas e 69% de “recomendação definitiva”.

Em sua estreia no Festival de Cannes o filme foi aplaudido de pé. Também recebeu uma ovação de pé dos eleitores do Oscar na exibição da Academia. Steve Pond do TheWrap disse: “É tudo grandioso, divertido e cafona; uma fantasia musical que alcança o céu e chega lá com freqüência suficiente para torná-lo divertido.” The Guardian ‘ s Peter Bradshaw deu ao filme três estrelas de cinco, dizendo Egerton realizada uma ‘boa impressão do músico flamboyant’, e escrito, ” Rocketman é um honesto, sincero tributo à música de Elton John e sua imagem pública.” No mesmo jornal,Mark Kermode deu ao filme cinco estrelas, escrevendo que “Fletcher é a verdadeira estrela deste show, um diretor cujo entusiasmo pela narrativa musical transparece em cada quadro.” O crítico do Chicago Sun-Times , Richard Roeper, também gostou muito do filme, dando-lhe três estrelas e meia em quatro e elogiando seu “olho quase no nível de documentário para detalhes quando se trata de recriar capítulos históricos como como os shows esgotados no Dodger Stadium em 1975, quando Elton vestiu um uniforme de lantejoulas dos Dodgers e cantou um hit após o outro para as massas que o adoravam. ”

Christy Lemire, do RogerEbert.com, tinha sentimentos confusos sobre Rocketman , premiando-o com duas estrelas e meia em quatro e afirmando que o filme é uma “cinebiografia estereotipada, pintura por números”.

Linha do Tempo: Como Rocketman não foi feito para ser um documentário cronologicamente preciso, a licença criativa foi obtida com o tempo ou especificidades das pessoas reais ou eventos históricos retratados no filme.

A linha do tempo da amizade e carreira de Elton John e Bernie Taupin foi alterada em certa medida, já que a primeira música que escreveram juntos depois de se conhecerem em 1967 foi “Scarecrow”, enquanto “Border Song” só foi escrita em 1969. John e Taupin também passou dois anos trabalhando como compositores para Dick James, começando em 1968, e criou faixas para artistas como Roger Cook e Lulu , com o primeiro álbum da dupla sendo 1969’s Empty Sky. Em relação à afirmação de que John e Bernie nunca tiveram uma discussão, o encarte do álbum de 1975 Captain Fantastic and the Brown Dirt Cowboyapresenta uma entrada do diário de 12 de janeiro de 1969 escrita por John que diz: “Tive uma briga com Bernie.” Em uma entrevista de 2011, Elton não conseguia se lembrar sobre o que eles discutiram.

Dick James foi quem encorajou o então Reggie Dwight a escolher um nome artístico, e em 7 de maio de 1972, ele mudou legalmente seu nome para Elton Hercules John; no entanto, John é mostrado fazendo um teste para James tocando ” Daniel ” e ” Acho que é por isso que eles chamam de Blues “, mas as canções não foram escritas até 1972 e 1983, respectivamente.

Embora Elton John tenha adotado seu primeiro nome de um colega de banda de bluesologia (o saxofonista Elton Dean), ele não mudou seu sobrenome enquanto olhava para uma foto de John Lennon : o sobrenome foi inspirado pelo primeiro mentor e amigo de Elton, Long John Baldry , que contratou Bluesology como sua banda de apoio em 1966. Elton John admirava Baldry como uma das poucas pessoas na cena musical que era abertamente gay e altamente estimada.

Elton John namorou uma senhoria chamada Arabella, mas na verdade ele namorou uma secretária chamada Linda Hannon (nascida Woodrow) por dois anos e foi noivo dela em 1969. John acabou afundando em uma depressão suicida devido ao estresse enfrentado a perspectiva de viver uma vida doméstica nos subúrbios, e tentou se matar em sua cozinha por asfixia com gás inerte, mas não conseguiu (deixando as janelas da cozinha abertas e sendo encontrado por Bernie Taupin). Menos de um mês antes do casamento, John rompeu repentinamente o noivado a conselho de Long John Baldry. Elton e Taupin acabaram escrevendo a música “Someone Saved My Life Tonight” baseada no noivado fracassado e nos conselhos de Baldry. Linda revelou seu desapontamento por não ter sido mencionada no filme.

A apresentação de Elton John em 1970 no Troubadour foi, na verdade, bem mais de um ano após o último show de Neil Young no local (Young não fez outro show lá desde), e o show de Elton, em 25 de agosto de 1970, foi na verdade em uma terça-feira (como oposto à segunda-feira no filme). Elton John é mostrado tocando “Crocodile Rock” no Troubadour, mas a música foi escrita em 1972, e também é visto se encontrando com sua banda de apoio na noite do show, mas ele estava em turnê com o baixista Dee Murray e o baterista Nigel Olsson todos sobre a Inglaterra desde abril de 1970, quatro meses antes de irem para Los Angeles. O guitarrista no show do Troubadour é fictício: Elton John não teve um guitarrista até Davey Johnstone em 1972.

Elton John é visto conhecendo John Reid na casa de Mama Cass em Los Angeles, mas eles realmente se conheceram em uma festa de Natal da Motown Records em Londres em dezembro de 1970.

O show de Elton John no Dodger Stadium aconteceu em 1975, um ano antes da gravação de “Don’t Go Breaking My Heart”, enquanto Elton John conheceu Renate Blauel enquanto ela trabalhava como engenheira de som em um de seus álbuns , foi em Too Low for Zero , de 1983, não em Victim of Love , de 1979 . Ele a pediu em casamento em 10 de fevereiro de 1984 na Austrália, e eles se casaram em Sydney no Dia dos Namorados do mesmo ano. Eles anunciaram oficialmente seu divórcio em 18 de novembro de 1988.

Embora Elton John tenha cancelado um show no Madison Square Garden em Nova York, isso foi em 1984, e porque ele estava com uma gripe viral. John deu entrada na reabilitação em 1990 no Advocate Lutheran General Hospital em Chicago, alguns meses depois que um jovem amigo, Ryan White , morreu de AIDS , e após uma visita a seu namorado na época, Hugh Williams, em um clínica de reabilitação em Prescott, Arizona.

“I’m Still Standing” não foi escrita enquanto Elton John estava na reabilitação, nem o videoclipe foi filmado depois que ele saiu: a música foi gravada em 1982, e a música e o videoclipe foram lançados um ano depois.

O meio-irmão de Elton John, Geoff Dwight, contestou a caracterização do pai de John, Stanley Dwight, afirmando: “Meu pai era gentil e falou o que pensava, mas encorajou todos nós, incluindo Elton, a fazer o que éramos bons. , quando ele começou a torcer pelo Watford , foi meu pai quem o levou aos jogos.” Em uma entrevista anterior de 2010, Geoff lembrou: “Quando eu estava crescendo, Elton estava sempre lá e nos divertíamos muito nas férias em família e coisas assim”. A madrasta de John, Edna, disse ao biógrafo Philip Sir Elton de Norman para 2001 : The Definitive Biographyque “Stanley foi considerado um monstro autoritário, mas não é verdade. Ele era um homem adorável, um bom pai e um marido amoroso.” Ela acrescentou que, longe de desencorajar o talento musical do filho, Stanley comprou-lhe um piano em 1963, mostrando o recibo a Norman. Ele também escreveu uma carta para felicitar Elton por ganhar uma bolsa de estudos para a Royal Academy of Music .

Por outro lado, o retrato da mãe de Elton John, Sheila, foi visto como sendo muito mais preciso. Ela não permitiu que ele usasse um corte de cabelo no estilo de Elvis Presley, embora Elton idolatrasse o visual do americano.

A representação de Dick James foi contestada pelo músico Caleb Quaye , que era membro da antiga banda de Bluesology de Elton. Quaye descreveu James como “um cavalheiro” e criticou-o sendo mostrado no filme como um cockney rude e desbocado. “Ele não era cockney. Ele era um músico da velha escola, mas estava bem vestido, você nunca ouviu um Palavrões dele. Ele era como um pai, ele nos deu a oportunidade de aprender nosso ofício. Eu não entendo a fantasia de retratá-lo assim porque ele não era nada parecido. ” Filho de Dick, Stephen James (que ajudou a descobrir Elton e encorajou Dick a contratá-lo para sua gravadora DJM Records), também criticou a representação de seu pai no filme, chamando John de “basicamente um covarde” e alegando que ele queria destruir “todos que foram úteis ou bons” durante os primeiros dias de sua carreira, acrescentando: “Não entendo por que ele parece sentir a necessidade de tentar destruir todos que o ajudaram. Nós sempre tentamos fazer o melhor por ele e promover sua carreira. Estou realmente muito chateado por ele ter se voltado contra as pessoas dessa forma. Basicamente, elas retratam meu pai no filme completamente oposto ao que ele era na vida real. ”

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

 

Topo