Os Invisíveis: Os Judeus Entre os Nazi - NoSet
Cinema

Os Invisíveis: Os Judeus Entre os Nazi

Em agosto de 1941, o Chanceler da Alemanha Adolf Hitler ordena a todos os judeus o uso da Estrela de Davi iniciando a marginalização. Conforme a Grande Guerra avançava, suas rações alimentares foram reduzidas e seus apartamentos foram marcados. Em outubro do mesmo ano, começaram as primeiras deportações para os campos de extermínio no Oriente Europeu. Somente por decreto do Ministro dos Armamentos e Munições do Terceiro Reich Albert Speer os empregados judeus em fábricas de armamentos foram poupados até a derrota alemã de Stalingrado. Em março de 1943, quase todos os judeus foram deportados de Berlim e, em Junho, o país estava livre de judeus segundo o anuncio do Ministro de Propaganda Joseph Goebbles. O longa-metragem alemão em formato de documentário com dramatização dos fatos dirigido e escrito por Claus Rafle e da co-autora Alejandra Lopez se trata de quatro protagonistas sobrevivendo ao contexto.

 

Cioma Schoenhaus (Max Mauff) , 17 anos, um artista gráfico da escola de artes aplicadas de Bassel, seria deportado com seus pais . Graças ao seu trabalho na fábrica de armas e munição, ele conseguiu escapar até cair na clandestinidade. Ele se tornou profissional em falsificar passaportes para outros fugitivos. Hanni Lévy (Alice Dwyer), 18 anos, órfã aos 16 anos, conta com ajuda de outros refugiados para se esconder e de poucos alemães não-nazistas como um barbeiro que lhe tingiu o cabelo de para andar livremente por Berlim sem suspeitas a não sua lesão no dedo indicador por trabalho forçado na fábrica têxtil Zehlendorf.

Eugene Friede (Aaron Altaras), 16 anos, saiu da proteção do padrasto cristão e da mãe judia devido a grande vigia da polícia alemã sobre si. Até o final da guerra, ele estava se escondendo com amigos, parentes e conhecidos em Berlim e especialmente com Hans Winkler (Andreas Schmidt) em Luckenwalde onde morou com uma família alemã, usou um uniforme da Juventude Hitlerista, deu abrigo a fugitivos do campo de concentração e formou o grupo de resistência Comunidade para a Paz e Construção fundada por judeus e “arianos” contrários a Hitler com o objetivo de informar a sociedade sobre os horrores do Fuhrer.

Ruth Arndt-Gumpel (Ruby O. Fee) 20 anos, ao lado de toda a sua família, se esconde em várias casas alemãs, até se disfarçar de viúva de guerra e ir trabalhar como empregada doméstica para um oficial nazista cuja casa era o centro do mercado negro e de festas militares. Junto com os quatro atores principais merecem destaque três atores coadjuvantes interligando toda a trama: Andreas Schmidt pelo seu vasto portfólio no cinema alemão e europeu falecido ao final das filmagens cuja dedicatória lhe pertence, Lutais Floriano como o representante dos poucos judeus fugitivos da câmara de gás e a figura da anti-heroína Stella Goldschlag interpretada por Laila Maria Witt, uma judia contratada pela Gestapo para delatar seus semelhantes em troca da liberdade de deportação.

As cenas, baseadas em verdadeiros eventos e experiências dos quatro modelos dos personagens do filme, alternam-se com entrevistas detalhadas com as quatro testemunhas contemporâneas sobreviventes. As filmagens ocorreram de 30 de março a 4 de maio de 2016 em Berlim, Renânia do Norte-Vestfália e Baixa Saxônia. Em Lower Saxony eram algumas cenas em Bückeburg rodado. Aqui, as câmaras não muito espaçosas sob o teto do castelo serviam de cenário para os esconderijos do “invisível” nos sótãos de Berlim.
A submersão de refugiados antes da perseguição dos nazistas dentro de sua própria cidade natal era extremamente arriscada. Também é mostrada a situação perigosa dos salvadores judeus. Sem abrigo, os judeus dificilmente poderiam se esconder por um longo tempo. A bagagem transportada causaria suspeita durante as verificações. Documentos em falta levaram à prisão. Alguns dos que foram submersos, também conhecidos como “ilegais” ou “submarinos”, conseguiram se coordenar com os ajudantes, alguns encontraram seu salvador por acidente, outros tiveram uma pequena rede que forneceu comida e abrigo por um longo tempo. Um verdadeiro alerta para as próximas gerações sobre os riscos dos extremismos.

Trailer:

Título Original: Die Unsichtbaren | The Invisibles
Direção: Claus Räfle
Roteiro: Claus Räfle, Alejandra López
Elenco: Cioma Schoenhaus, Max Mauff, Hanni Lévy, Alice Dwyer, Eugene Friede, Aaron Altaras, Ruth Arndt-Gumpel, Ruby O. Fee, Andreas Schmidt, Lutais Floriano e Laila Maria Witt.
Distribuição: A2 Filmes | Mares Filmes

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo