Os Caça-Fantasmas: Ghostbusters (Filmes, HQ e Desenho 1984 - 1991) - NoSet
Cinema

Os Caça-Fantasmas: Ghostbusters (Filmes, HQ e Desenho 1984 – 1991)

Salve Nosetmanáicos. Quem tem medo de Fantasmas? Eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de uma franquia milionário dos cinemas, tv e HQs.

Ghostbusters-Wallpapers-WIde

Os Caça-Fantasmas (1984):

Direção e produção Ivan Reitman, roteiro Dan Aykroyd e Harold Ramis, elenco Bill Murray, Dan Aykroyd, Harold Ramis, Sigourney Weaver, Ernie Hudson, Rick Moranis e Annie Potts.

ghostbusters-wallpaper-hd-i7

Sinopse: Peter, Raymond e Egon são professores universitários de parapsicologia da Universidade Columbia de Nova Iorque, que subitamente têm sua verba para pesquisa suspensa e são colocados na rua pelo reitor, que os considera uma farsa. Isto, porque o trio prefere estudar manifestações sobrenaturais, dentre outras coisas do gênero, que a ciência formal não considera. Assim, os três resolvem criar uma empresa especializada em casos de aparições sobrenaturais. Compram um edifício desativado do corpo de bombeiros, uma ambulância Cadillac Miller-Meteor ano 1959 nomeado de Ecto-1 e fazem um anuncio na televisão. No começo, os clientes são poucos e escassos, e os caça-fantasmas usam de seu talento individual para manter o negócio: Dr. Egon Spengler é um gênio da ciência, Dr. Raymond “Ray” Stantz é um especialista em história da paranormalidade e metalurgia e o Dr. Peter Venkman tem habilidade de manipular as pessoas, conhecido como charlatão. Depois do primeiro chamado atendido por Venkman, mais movido a interesses próprios com a cliente Dana Barrett, ele descobre que estranhos fenômenos acontecem quando objetos do apartamento dela chamam pelo nome de “Zuul”. Os negócios melhoram quando em uma noite, a recém contratada secretária Janine MelnitZ, recebe um pedido de ajuda do Sedgewick Hotel para retirarem um monstro verde e gosmento que atormenta os hóspedes em uma noite em que teriam uma festa de gala. Os caça-fantasmas atendem o chamado, com uma certa inexperiência nos equipamentos nunca testados.

ghostbusters_black_and_white_2_by_rgbfan475-d52ncrh

Crítica: Com o melhor do Saturday Night Life, Bill Murray, Dan Aykroyd e Rick Moranis, juntamente com a musa atriz da ficção e terror, Sigourney Weaver (Aliens e Avatar), Caça Fantasmas I é um clássico filme de comédia com pitadas de terror que marcou uma geração. Seja pelo maravilhosos contexto, pelo ótimo carro ecto um, pela música clássica GhostBusters, o filme teve a química certa para o sucesso. Com um orçamento de apenas US$ 30 milhões, o filme alcançou recorde de bilheteria fazendo US$ 291 milhões em todo mundo e criando uma legião de fãs.

ghostbusters-evz

Curiosidades: A ideia do filme surgiu da fascinação de Dan Aykroyd pela paranormalidade, e foi concebida por Aykroyd como um veículo para ele mesmo e seu amigo, John Belushi, do Saturday Night Live. A história original escrita por Aykroyd era bem diferente da filmada. Na antiga versão, os caça-fantasmas viajariam pelo espaço, pelo tempo e para outras dimensões atrás de enormes fantasmas (sendo que Stay-Puft, o homem de marshmallow seria apenas um deles). Além disso, os caça-fantasmas seriam um time parecido com uma “SWAT” usando as mochilas de prótons para lutar contra os fantasmas. No roteiro original, eles ainda usariam capacetes removíveis com visores transparentes. Aykroyd apresentou a ideia ao diretor e produtor Ivan Reitman, que gostou mas imediatamente refutou as parafernálias nos desenhos iniciais de Aykroyd.

Na sugestão de Reitman, a história teria grandes modificações, com um final envolvendo Aykoryd e Ramis trancando uma maldição de 3 semanas em um abrigo antiaéreo de uma ilha isolada da costa americana. Inicialmente, eles escreveram o roteiro com os papéis já definidos especialmente para ter John Belushi, Eddie Murphy e John Candy. Entretanto, como Belushi faleceu de overdose enquanto o roteiro era escrito, e nem Eddie Murphy nem Candy estavam disponíveis na época devido a outros projetos, Aykroyd e Ramis reescreveram dando uma “polida” no básico, mantendo a ideia de ficção científica. Com o conceito básico dominado por Aykroyd e os elementos extras de Ramis, Bill Murray foi escolhido para interpretar Peter Venkman, devido a sua grande habilidade na improvisação, personagem esse inicialmente feito para Belushi. Há comentários de que Bill Murray tenha improvisado em praticamente todas as refilmagens de cenas, alguns dos comentários falavam que ele jamais havia lido o roteiro de verdade, porém a história que ficou é que ele improvisou em poucas falas, usando seu talento para fazer o personagem soar espontâneo. Louis Tully foi um personagem escrito inicialmente para ser interpretado por John Candy, mas esse não pode aceitar o papel por outros compromissos. Então, o personagem foi entregue a Rick Moranis, que transformou o personagem em um nerd contador. Gozer também era para ter outro ator, Paul Reubens, que também não pode atender. Estava programado para Gozer ser uma pessoa normal, que usaria terno, mas o personagem foi modificado e entregue a Slavitza Jovan, uma jovem modelo sérvia que ainda assim tinha alguns problemas com pronuncias de algumas palavras da língua inglesa. As mochilas de prótons também foram modificadas da ideia original, onde seriam bastões gastos em cada braço dos caça-fantasmas.

O personagem Winston Zeddemore, escrito originalmente para Eddie Murphy (que teve que recusar por estar filmando Um Tira da Pesada), teria uma participação maior no filme, já participando da caça ao monstro Geléia do início do filme e seria lambusado no lugar de Peter Venkman. Quando Ernie Hudson aceitou, foi decidido que ele seria contratado para demonstrar o aumento nos chamados pela quantidade de fantasmas na cidade. O templo de Gozer era o maior e mais caro set de filmagem já construído. Para poder ter toda a energia necessárias para os efeitos visuais, os outros cenários eram desligados e seus geradores eram levados para o set. O local escolhido para representar o templo foi o prédio do Sedgewick Hotel, que fica no endereço da 55 Central Park West em Manhattan, de frente com o Central Park. Outros hotéis foram estudados para representar o local do apartamento de Dana Barrett e Louis Tully, porém foram descartados. Dentre os problemas que ocorreram durante as filmagens, estava o fato de terem descoberto que já havia um filme chamado The Ghost Busters, de 1975, com Larry Storch e Forrest Tucker. A Columbia Pictures deu uma lista com vários outros nomes de sugestão para o filme, mas foi decido que o nome seria “Ghostbusters”, com as palavras “ghost” (fantasma) e “buster” (caçador) unidas, diferenciando do outro filme e tendo esse nome devidamente registrado. O filme gerou um show especial no parque temático da Universal Studios Florida, na Flórida, EUA. O show só foi encerrado em 1997, para dar lugar a atração baseada no filme Twister. Mesmo depois de cancelado, os personagens dos caça-fantasmas ainda apareceram em outra atração do parque, dessa vez ao lado dos personagens do filme Beetlejuice, porém já bem descaracterizados. O carro Ecto-1 também participou de vários desfiles da “Macy’s Holiday Parade” (tradicional desfile de feriado da loja Macy´s de Nova York), porém na versão interna do parque. Ecto-1 só não participou mais dos desfiles em 2005, quando a Universal não entrou em acordo para a renovação dos direitos sobre a marca. Porém, a réplica do edifício de bombeiros dos caça-fantasmas ainda continua no parque, mas sem o tradicional logo do lado de fora.

663338

A NECA (National Entertainment Collectibles Association – Associação Nacional de Entretenimento e Colecionáveis) lançou alguns artigos baseados no filme, mas produziu apenas personagens secundários dos filmes, depois de Bill Murray recusar os direitos sobre um boneco com sua face. Assim, apenas Gozer, Geléia e os cerberus do filme, Zuul e Vinz Clothor ganharam suas versões, além de uma réplica de Stay-Puft, o Homem de Marshmallow. Também houve algumas réplicas do Ecto-1. iBooks publicou a novela Ghostbusters: The Return de Sholly Fisch, além da Rubies’ Costumes (empresa especializada em fantasias) lançar uma linha baseada nos personagens do filme, incluindo mochila de prótons e outros apetrechos. Uma versão mais assustadora da biblioteca fantasma do começo do filme foi criada, mas retirada da versão final do filme por ser considerada inapropriada para o público alvo ao qual o filme buscava, atingindo uma classificação de faixa etária de 8 anos de idade. Depois, a ideia foi reaproveitada para o filme A Hora do Espanto, também lançado pela Columbia Pictures. O famoso fotógrafo Richard Edlund foi o responsável pelos efeitos visuais de ambos os filmes, sendo ele multipremiado durante a carreira. Em 1984, os donos dos direitos sobre Gasparzinho exigiram uma indenização de cerca de 52 milhões de dólares por danos morais por considerarem o logo do filme um plágio de sua marca.

O caso foi encerrado em 1986, com a seguinte frase do juiz de direito Peter Leisure, do Estado de Nova York: “Há várias maneiras de enxergar a figura de um fantasma em desenho”. Curiosamente, anos mais tarde, Dan Aykroyd voltou a intepretar Ray Stantz no filme Gasparzinho (com produção de Steven Spielberg e estrelado por Bill Pullman e Christina Ricci) em uma participação especial onde ele foge de uma casa mal assombrada e diz a frase “Who ya gonna call? Somebody else…” (“quem você irá chamar? outra pessoa…”), em clara referência a música tema do filme. A trilha sonora do filme foi composta por Elmer Bernstein. Participaram dos arranjos Peter Bernstein, David Spear e Patrick Russ. Da música se originaram os dois principais bordões do filme, Who you gonna call? Ghostbusters! (Quem você irá chamar? Caça-Fantasmas!) e I ain’t ‘fraid of no ghost(s) (Eu não tenho medo de fantasmas). Ambas entraram na canção-tema, interpretada por Ray Parker Jr.. A canção se tornou um grande sucesso, sendo número 1 na parada da Billboard por três semanas, e número 1 por duas semanas na da Black Singles. A canção ainda rendeu a Parker Jr. uma nomeação ao Oscar na categoria de melhor canção original. O videoclipe foi considerado um dos principais para alavancar a indústria de videoclipes, sendo o número 1 também na MTV. Dirigido por Ivan Reitman e produzido por Jeffrey Abelson e Keith Williams, o videoclipe conta com várias tomadas de Parker em situações cômicas, intercaladas com cenas do filme e com participações especiais de várias personalidades como Chevy Chase, Irene Cara, John Candy, Nickolas Ashford, Melissa Gilbert, Jeffrey Tambor, George Wendt, Al Franken, Danny DeVito, Carly Simon, Peter Falk e Teri Garr.

ghostbusters-2

Os Caça-fantasmas II (1989):

Direção Ivan Reitman, roteiro Dan Aykroyd e Harold Ramis, elenco Bill Murray, Dan Aykroyd, Harold Ramis, Ernie Hudson, Sigourney Weaver, Annie Potts e Rick Moranis. Ghostbusters II é um filme americano continuação do filme homônimo de 1984 também dirigido por Ivan Reitman. O filme mostra as aventuras de um grupo de parapsicologistas em uma organização que combate atividades paranormais. A sequência foi, até então, a maior arrecadação de bilheterias no cinema nos três primeiros dias de exibição, com US$ 29.472.894,00, recorde que só foi quebrado na semana inicial da exibição de Batman, com US$ 40.505.884,00. No geral, o filme foi bem recebido pelos fãs, recebendo também críticas variadas.

ghostbusters-ii-5601e0f4d5e25

Sinopse: Cinco anos depois dos acontecimentos no primeiro “Ghostbusters”, os quatro integrantes do grupo encontram-se a resolver problemas paralelos, uma vez que a cidade está praticamente sem novas atividades paranormais. Ray Statnz com Winston Zeddemore agora elaboram festas de aniversários para crianças,usando o seu equipamento de caça-fantasmas como um tipo de diversão. Ray é dono de uma livraria, Peter Venkman tem o seu próprio show de TV sobre psiquiatria, enquanto Egon Spengler continua com as pesquisas paranormais. Dana Barrett tem um filho chamado Oscar e trabalha na restauração de pinturas antigas. O seu chefe, o dr. Janosz Poha, trabalha na restauração de um quadro de Vigo the Carpathian, um cruel ditador da Moldávia do século XVI.

Crítica: Apesar de bem nas bilheterias, Caça Fantasmas 2 apresenta o pior que se pode ter ao se fazer um filme. O elenco, que no primeiro é o que mais se diverte, aqui aparentemente brigam o tempo todo e não estão mais a vontade, principalmente devido aos exageros de Bill Murray, que tem quase seu personagem dr. Peter Venkman, execrado pelo resto do elenco. Dizem as más linguas que o terceiro não saiu porque Murray se recusava a voltar ao papel que o apresentou ao mundo. Depois do sucesso do primeiro filme e da série animada The Real Ghostbusters, a Columbia Pictures resolveu investir na continuação. Entretanto Dan Aykroyd, Harold Ramis e Ivan Reitman achavam que apenas o primeiro filme já havia sido suficiente e estavam engajados em outros projetos. Porém, eles toparam escrever um novo roteiro. Annie Potts também trabalhava em sua própria série de TV chamada Designing Women. Todo o elenco estava satisfeito com os resultados das bilheterias e das críticas. Houve conversa sobre a possibilidade de um terceiro filme, mas foi refutada e considerada a ser lançada como um jogo de videogame, conforme o próprio Aykroyd informou a revista Game Informer, quando disse: “Para quem tem apetite para um terceiro filme, pode ter isso com o jogo de videogame”. Uma resposta estranha já que os filmes estavam com tudo no mercado. Novamente a dificuldade de Aykroyd trabalhar com Murray.

Curiosidades: Não há título na abertura do filme. O filme é apresentado por uma animação contendo apenas o logo do fantasma fazendo o número 2 com as mãos. O título do filme só é mostrado no final dos créditos. Na versão final dos cinemas, Geléia sobrevoa a Estátua da Liberdade e vai em direção a câmera (como fez no final do primeiro filme). Já na versão caseira, em VHS, mostra apenas a cabeça da estátua com o Geléia escrevendo seu próprio nome nos créditos com sua gosma. A Estátua da Liberdade era controlada por um pesado joystick avançado. O nome completo do vilão Vigo, visto na enciclopédia eletrônica de Egon, era Prince Vigo von Homburg Deutschendorf, um jogo de palavras contendo os sobrenomes do ator que interpretou Vigo e das crianças gêmeas que fizeram o bebê Oscar, filho de Dana. O apartamento de Peter Venkman é localizado no Flatiron Building, cruzamento da Broadway com a Quinta Avenida. Entre os figurantes do filme, estão presente Brian Doyle-Murray, irmão mais velho de Bill Murray que interpretou um doutor psiquiatra, o político Ben Stein interpretando um assessor do prefeito, Cheech Marin, supervisor da doca que vê o Titanic chegando ao porto, Philip Baker Hall como um dos chefes de polícia e Bobby Brown como porteiro da Mansão Gracie quando os caça-fantasmas encontram com o prefeito da cidade na cena em que Egon diz a uma criança que a mochila de prótons não é um brinquedo.

285297
Os Caça-Fantasmas (Desenho):

Criadores Dan Aykroyd e Harold Ramis, The Real Ghostbusters foi um desenho animado norte-americano da década de 1980, baseado no filme homônimo de 1984. O desenho foi produzido pela Sony Pictures Television, DiC Entertainment e Coca-Cola e foi exibido originalmente pela ABC. No Brasil foi exibido pela Rede Globo. O “The Real” (“Os Verdadeiros”) do título foi adicionado depois de um briga judicial com a Filmation que já possuía um desenho animado com o título de Ghost Busters (Os Fantasmas no Brasil), continuação da série live-action homônima ao filme, The Ghost Busters (anos 70) que no Brasil tinha o título de Trio Calafrio. Essa séria continuava as aventuras dos investigadores paranormais Dr. Peter Venkman, Dr. Egon Spengler, Winston Zeddemore, Dr. Ray Stantz, sua secretária Janine Melnitz e seu mascote fantasma Geleia (Slimer, no original). Houve também duas séries de HQs, uma publicada mensalmente nos EUA pela NOW Comics e outra publicada no Reino Unido pela Marvel Comics, além de uma popular linha de brinquedos produzida pela Kenner.

img_b

Geleia e os Caça-Fantasmas:

Percebendo o apelo infantil do personagem Geleia, a série foi renomeada em 1988. No nome original, “The Real Ghostbusters” passou a ser “Slimer! and the Real Ghostbusters”, enquanto na versão brasileira passou de “Os Caça-fantasmas” para “Geleia e os caça-fantasmas”. Houve também mudanças nos traços dos personagens, sempre evoluindo e ganhando mais detalhes, além da série ser distribuída em vários outros canais americanos.

1

Spin-offs: Em 1988, com o sucesso da série animada e com a popularidade do personagem Geleia, esse ganhou uma série própria, mais curta e com enredo mais simples, voltado para um público ainda mais jovem, onde Geleia tinha maior apelo. Slimer! (Geleia! – eventualmente também intitulado como “As aventuras de Geleia”) era baseada em histórias simples do personagem principal com alguns amigos como Fred, o cachorro, Junior, Catherine e Jason. Chilly Cooper, um motorista de um caminhão de sorvetes, Luigi um chefe italiano, Manx um gato, Brusier um cachorro da vizinhança, Morris Grout gerente do hotel Sedgewick e o professor Norman Dweeb, um cientista mal com uma poodle chamada Elizabeth. Geleia também participou de um especial que reuniu vários outros personagens de desenhos famosos chamado Cartoon All-Stars to the Rescue, ao lado de Alf, Michelangelo das Tartarugas Ninjas, alguns Smurfs, outros dos Muppet Babies e vários mais.

Extreme Ghostbusters:
Em 1997, atendendo pedidos de uma nova franquia, uma breve sequência foi produzida chamada Extreme Ghostbusters (Os Novos Caça-fantasmas no Brasil). Um grupo de jovens liderados por um velho Egon, Janine e Geleia. Os outros três caça-fantasmas originais só aparecem em um episódio, voltando da aposentadoria.

189953

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo