O Bebê de Rosemary de Roman Polanski: Filme, Continuação e Remake (1968 a 2016).

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje falamos de mais uma franquia dos filmes de terror do século passado.

Rosemary’s Baby (1968):

Direção Roman Polanski, produção William Castle, roteiro Roman Polanski, baseado no livro Rosemary’s Baby de Ira Levin. No elenco Mia Farrow, John Cassavetes, Ruth Gordon e Sidney Blackmer, distribuição Paramount Pictures. Com um orçamento baixíssimo de US$ 3.2 milhões e uma receita, para época, épica de US$ 34 milhões. O filme é considerado um clássico dos filmes de terror da década de 1960 e teve uma sequencia feita para a televisão em 1976 chamada Look What’s Happened to Rosemary’s Baby também com Ruth Gordon e Ray Milland, e um remake em 2014 com Zoe Saldana no elenco.

Sinopse: Em 1965, Rosemary Woodhouse, uma jovem dona de casa brilhante, mas um tanto ingênua, e Guy, o marido e um ator em busca de emprego, se mudam para Bramford, um opulento, mas antiquada edifício de apartamentos em New York City.

Crítica: Um dos maiores filmes de terror e suspense de todos os tempos, Polanski se superou contando uma história cheia de meandros, principalmente por causa da belíssima atuação de  Mia Farrow como Rosemary Woodhouse, uma ingênua mulher que se vê envolvida em um culto satânico que pretende trazer a vida um filho do próprio satã.

Filmes assim são tão bons quanto raros, mas infelizmente esses filmes tem continuações no mínimo desastrosas, como as franquias de O Exorcista, A Profecia e Psicose, com inúmeras continuações e remakes, mas somente o original é clássico.

Curiosidades: No telefilme de 1976, Look What’s Happened to Rosemary’s Baby, Patty Duke estrelou como Rosemary Woodhouse e Ruth Gordon reprisou seu papel de Minnie Castevet. O filme apresentou Andrew/Adrian tentando ganhar o seu lugar como o Anticristo. Não agradou como uma sequela os críticos e espectadores, e sua reputação deteriorou-se ao longo dos anos. Um remake de Rosemary’s Baby foi brevemente considerado em 2008. Os produtores destinados foram Michael Bay, Andrew Form e Brad Fuller. Em janeiro de 2014, a NBC fez uma minissérie de quatro horas com Zoe Saldana como Rosemary. A minissérie foi filmado em Paris com a direção feita por Agnieszka Holland. No Oscar de 1969 venceu na categoria de melhor atriz coadjuvante para (Ruth Gordon e foi Indicado na categoria de melhor roteiro adaptado para Roman Polanski. Não vou entrar na questão da prisão decretada nos EUA a Polanski, pois isso nada tem a ver com o trabalho do diretor no filme.

Look What’s Happened to Rosemary’s Baby (1976).

Veja o que aconteceu ao bebê é um filme do gênero horror feito para televisão em 1976, dirigido por Sam O’Steen, que é a sequência do sucesso Rosemary’s Baby. No elenco, destaque para a atriz Ruth Gordon, que repete seu papel de Minnie Castevet, que lhe valeu o Oscar de melhor atriz coadjuvante no filme anterior, e para o ator Ray Milland no papel do marido de Minnie, Roman Castevet. Adrian,  também chamado Andrew , o bebê agora crescido, é interpretado pelo ator canadense Stephen McHattie. Ira Levin, autor do livro original, assina o roteiro junto com o produtor do filme, Anthony Wilson.

Sinopse: O filme começa com os satanistas se preparando para um ritual quando descobrem que Adrian, o filho de Rosemay Woodhouse, agora com 8 anos de idade, desapareceu de seu quarto. Suspeitando que Rosemary é a responsável, eles invocam os poderes do mal para encontrar mãe e filho e os acham escondidos em uma sinagoga. Fenômenos sobrenaturais acontecem para tirá-los de lá e surpreendem os rabinos. Mas como estão em uma casa de Deus, o intento fracassa.

Crítica: Diferente de O Exorcista ou A Profecia, está continuação traz uma filho de satã com os poderes do mal, mas com um coração bom e puro. Tão puro, devido a criação da mãe, que se recusa a fazer o mal, o que deixa o filme bem chato e quase sem sentido, mas o finla é o pior do filme, deixando um espaço para uma terceira parte, que ainda bem que não veio. Sam O’Steen não está nem aos pés do trabalho de Polanski e fracassa em tudo.

Rosemary’s Baby (minissérie 2016):

Baseado em O bebê de Rosemary por Ira Levin, escrito por Scott Abbott e James Wong, dirigido por Agnieszka Holanda, estrelando Zoe Saldana, Patrick J. Adams, Jason Isaacs e Carole Bouquet, produtor Joshua D. Maurer, Alixandre Witlin, David A. Stern, Zoe Saldana, Cisely Saldana, Mariel Saldana, Tom Patricia e Robert Bernacchi, Empresa de produção ionsgate, distribuidor NBC, O bebê de Rosemary é uma adaptação 2014 em minissérie televisiva de quatro horas do best-seller de Ira Levin. Ao contrário das versões anteriores, é definido em Paris, em vez de Nova York. O trabalho não foi bem recebido pelos críticos, muitos dos quais disseram que foi esticado para preencher dois episódios de duas horas. Embora existam várias mudanças notáveis, esta minissérie é considerada uma atualização bastante verdadeira da adaptação cinematográfica original.

Sinopse: Depois de sofrer um aborto, Rosemary (Zoe Saldana) e Guy (Patrick J. Adams) Woodhouse deixam Nova York para Paris, na esperança de fazer um novo começo. Uma série de eventos leva-os a conhecer um casal influente Margaux ( Carole Bouquet ) e Roman Castevet (Jason Isaacs), que os convida viver em seu prédio em um de seus apartamentos caríssimos.

Crítica: Interessante filme televisivo da diretora polonesa Agnieszka Hollanda. O Bebe de Rosemary 2014 é uma bela homenagem, principalmente se você nunca viu o original do mestre Polanski, mas com ressalvas. A atuação de Zoe Saldana é belíssima, pena que não consiga sozinha levar o filme nas costas, fazendo o drama de uma gravidez de risco, além do terror que é o principal ponto do filme, mas que aqui fica um pouco de lado. A mudanças de NY para Paris cai bem e dá mais um ar da dificuldade de se estar em um país com culturas diferentes, mas novamente, o filme é reto e o terror previsível, mesmo muito bem produzido. Resumindo, gostei do drama, mas não me assustei com o terror.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.thor/

Marcelo Moura

Marcelo Moura

http://www.noset.com.br

Moura gosta de Cinema, Tv, Livros, Games, Shows e HQ´s, do moderno ao Cult. Se diverte com o Trash, Clássico e Capitalista. e um pouco de tudo isso você vai encontrar aqui. Muitos dizem que quem escreve é a sua esposa ou mesmo seus três filhos. É ler para crer....

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *