Mulher Maravilha DC Fandome: Quem é a Mulher Leopardo e Maxwell Lord na DC Comics. - NoSet
Cinema

Mulher Maravilha DC Fandome: Quem é a Mulher Leopardo e Maxwell Lord na DC Comics.

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de mais um dos maravilhosos trailers do DC FanDome e vamos explicar quem é a Mulher Leopardo e Maxwell Lord na DC Comics.

Wonder Woman 84:

Wonder Woman 1984 é um filme americano de super-herói para o segundo semestre de 2020, baseado na personagem homônima da DC Comics e distribuído pela Warner Bros. Pictures. Será a sequência de Wonder Woman (2017), e o nono filme do Universo Estendido da DC. O filme foi dirigido por Patty Jenkins e roteirizado também por Jenkins e Dave Callaham. No elenco Gal Gadot, Chris Pine, Kristen Wiig, Pedro Pascal, Ewen Bremner, Saïd Taghmaoui, Connie Nielsen, Robin Wright, Gabriella Wilde, Kristoffer Polaha, Amr Waked, Natasha Rothwell e Ravi Patel.

No trailer acima, estamos em 1984 e Diana Prince entra em conflito com dois inimigos formidáveis: Maxwell Lord e a Mulher-Leopardo, além de ter que entender a volta de seu falecido amor Steve Trevor.

O que mais gostei foram as cenas de ação, principalmente a tão aguardada adaptação da principal vilã da Mulher Maravilha. Já é possível ver no novo trailer a Mulher-Leopardo uniformizada e lutando de igual para igual com a Diana.

Uma surpresa na apresentação foi a aparição da super atriz Lynda Carter, a primeira mulher maravilha dos seriados de 1975, que honra. A cara de alegria e surpresa de Gal Gadot foi impagável.

Mas muitos não sabem quem é Maxwell Lord e a Mulher Leopardo na Marvel Comics, então nós do Noset fizemos um resumo das principais características de ambos para que você possa entender as verdadeiras intenções dos vilões da Mulher Maravilha.

Mulher-Leopardo: Cheetah (Guepardo ou Chita) também conhecida como Mulher-Leopardo é uma vilã das HQs da DC Comics e bem conhecida por ser uma das maiores e mais antigas arqui-inimiga da Mulher-Maravilha. Ao longo dos anos houve três diferentes mulheres e uma versão masculina de Cheetah. A atual é Barbara Minerva.

Criada por William Moulton Marston (Mulher Maravilha) e H. G. Peter, a personagem deveria representar a loucura da inveja e outras emoções negativas. Desde então, a personagem passou por diversas mudanças. Nas HQs houveram quatro diferentes Leopardos antes dos “Novos 52”: Priscilla Rich e Deborah Domaine, durante a Era de Ouro e Prata; Barbara Ann Minerva, após a Crise das Infinitas Terras, e Sebastian Ballesteros, um homem que conseguiu o poder do leopardo. A principal é Barbara Ann Minerva, a Chita principal, criada por Len Wein e George Pérez em Mulher Maravilha vol.2 #07, em agosto de 1987.

Seu nome original em inglês é Cheetah, cuja tradução é Guepardo ou Chita, e no passado, nas edições brasileiras e na televisão, no antigo desenho animado “Super-Amigos”, seu nome não era traduzido, mas de alguns anos para cá os editores brasileiros resolveram batizá-la em português como Mulher-Leopardo.

Personagens que vestiram a roupa da Cheetah:

Priscilla Rich: A primeira aparição da Mulher-Leopardo, aconteceu na Wonder Woman #6 (Out. 1943), a HQ foi escrita por Charles Moulton e desenhada por Harry G. Peter. Priscilla Rich, a primeira encarnação da vilã era, basicamente, a personificação da inveja nas HQs. Depois de ver a Mulher-Maravilha roubando toda a atenção de um evento de caridade, a atriz e socialite ficou extremamente enciumada e com inveja. Priscilla Rich, que sofria de algum tipo de transtorno de dupla personalidade, se vê no espelho e enxerga a si mesma vestindo uma fantasia de chita. A visão serve de inspiração para Rich, que decide adotar essa nova identidade, perseguindo Diana em busca de “vingança” utilizando diversas armas para tentar parar a amazona. Priscilla foi um membro da Corporação Vilania, uma equipe de criminosas inimigas da Mulher Maravilha.

Priscilla teve vários confrontos com a super-heroína até que se retirou em sua mansão em Maryland. Em Wonder Woman #274 (Dez.1980), o vilão Kobra tentou recrutá-la para sua organização. Mas seus asseclas encontraram Priscilla reclusa e inválida. A agente do Kobra raptou a sobrinha Deborah Domaine e então ela se tornou a segunda Cheetah, vindo a falecer. Essa história foi publicada no Brasil pela Ebal na revista Lançamento número 3 (série com a Mulher Maravilha), agosto-setembro de 1983.

Deborah Domaine: Debora Domaine, a segunda encarnação da vilã, era uma mulher muito rica e bem sucedida, sendo também a sobrinha de Priscilla Rich. Debora não conhecia o segredo de sua tia, que só vem a revelar que era a insana Cheetah no seu leito de morte. Chocada com o que lhe é dito, a moça desmaia e é sequestrada por Kobra, líder terrorista que buscava novos recrutas. Kobra torturou Deborah, fazendo uma lavagem cerebral na garota até que ela ficasse completamente louca e se tornasse a nova versão da Cheetah, agora com garras afiadas implantadas em seu traje. Debbie também teve várias batalhas com a Mulher-Maravilha e foi um membro da Sociedade Secreta dos Super-Vilões, inimigos da Liga da Justiça.

Barbara Ann Minerva: A Dra. Barbara Ann Minerva era uma arqueóloga que pesquisava uma tribo da África cuja guardiã era uma criatura com os poderes do Guepardo. A guardiã foi assassinada e Barbara, com a ajuda da sacerdotisa Chuma, tomou o lugar da antiga guardiã, esperando ganhar imortalidade. Os poderes lhe seriam dados após Barbara beber uma combinação de sangue humano com uma planta sagrada do deus Urzkartaga. Mas como Barbara não era uma virgem, sua transformação foi amaldiçoada. A Mulher Maravilha enfrentou a nova Cheetah quando esta descobriu os poderes do Laço da Verdade e tentou roubá-lo.

Durante um breve período, Minerva perdeu seus poderes para o negociante Sebastian Ballesteros. Minerva matou Ballesteros e recuperou seus poderes. Com a ajuda do vilão Flash Reverso, que se tornara seu amante, Minerva teve sua velocidade aumentada. Ela se juntou a Sociedade Secreta dos Super Vilões.

Sebastian Ballesteros: O milionário argentino Sebastian Ballesteros foi o quarto a receber os poderes do Guepardo (o Homem-Leopardo). Ele era um agente e amante de Circe, inimiga das Amazonas. Ele convenceu o deus Urzkartaga de que poderia usar os poderes melhor do que Barbara Ann Minerva. Barbara se tornou uma das Fúrias e matou Ballesteros.

Maxwell Lord: Maxwell Lord IV é um vilão que aparece nas HQs publicadas pela DC Comics, o personagem apareceu pela primeira vez em Justice League # 1 (maio de 1987) e foi criado por Keith Giffen, JM DeMatteis e Kevin Maguire.  Descrito como um empresário astuto e poderoso, Maxwell Lord foi influente na formação da Liga da Justiça Internacional no Universo DC. Em Live Actions Maxwell Lord apareceu em um episódio de Smallville interpretado por Gil Bellows, também estava na primeira temporada da série de televisão Supergirl interpretada por Peter Facinelli. Nesta versão, ele é o fundador da Lord Technologies e desconfia de muitas agências governamentais e super-heróis. O personagem fará sua estreia cinematográfica no filme Wonder Woman 1984 da DC Extended Universe como um carismático empresário e empreendedor, interpretado por Pedro Pascal.

Em suas descrições originais nas HQs, Maxwell Lord não tinha habilidades, mas mais tarde se tornou um meta humano como resultado dos Dominadores no arco Invasão, devido a bomba genética que explodiu na Terra. Os poderes de Lord permitem que ele influencie telepaticamente as mentes das pessoas, normalmente na forma de transmitir uma sugestão subconsciente a outras pessoas. Usar seu poder faz o nariz de Max sangrar e requer grande esforço mental.

Com o tempo, os poderes de Lord cresceram a ponto de ele poder assumir o controle total de outros seres, até mesmo do Superman, embora fosse necessário muito tempo e paciência para ele estabelecer o nível necessário de controle sobre o Homem de Aço. Seus poderes o tornaram uma ameaça à segurança global fazendo com que a Mulher Maravilha fosse forçada a matá-lo após questioná-lo sob o Laço da Verdade, que confirmou que sua morte era a única maneira de libertar Superman.

Maxwell Lord é responsável pela morte do segundo Besouro Azul e após os novos 52, voltou a vida como o líder do Esquadrão Cheque Mate, uma versão diferente do Esquadrão Suicida da Amanda Waller, com quem sempre tem diferenças pessoais.

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

 

 

 

Topo