Minha Mãe É Uma Peça (2013 – 2016): - NoSet
Cinema

Minha Mãe É Uma Peça (2013 – 2016):

Salve Nosetmaníacos. Noset assistiu ao filme e indica de pé.

cartaz_2

Minha Mãe É Uma Peça – O Filme:

Direção André Pellenz, produção Iafa Britz, roteiro Paulo Gustavo e Fil Braz, elenco Paulo Gustavo, Mariana Xavier, Rodrigo Pandolfo, Herson Capri, Ingrid Guimarães, Alexandra Richter, Samantha Schmütz e Suely Franco. Produção Telecine Productions, Globo Filmes, Riofilme e Migdal Filmes, distribuição Paris Filmes e Downtown Filmes.

19533696_20130620151332847

Sinopse: Dona Hermínia (Paulo Gustavo) é uma mulher de meia idade, divorciada do marido (Herson Capri), que a trocou por uma mais jovem (Ingrid Guimarães). Hiperativa, ela não larga o pé de seus filhos Marcelina (Mariana Xavier) e Juliano (Rodrigo Pandolfo), sem se dar conta que eles já estão bem grandinhos. Um dia, após descobrir que eles consideram ela uma chata, resolve sair de casa sem avisar para ninguém, deixando todos, de alguma forma, preocupados com o que teria acontecido. Mal sabem eles que a mãe foi visitar a querida tia Zélia (Suely Franco) para desabafar com ela suas tristezas do presente e recordar os bons tempos do passado.

naom_5716dec904110

Crítica: Toda vez que vou ver um filme nacional, me preocupo em não ter o estereótipo de pensar na Globo Filmes ou de Comédia Nacional, porque apesar de adorar Se Eu Fosse Você e curtir muito Até que a Sorte nos Separe, temos muita porcaria por ai. O time do Vai que Cola já tinha lançado um esquecível filme de mesmo nome em 2015 sem muito sucesso e isso preocupa. O que posso de Minha Mãe é uma Peça a não ser que amei o filme. E não é por causado do roteiro ou somente pela história, mas pelo seu conteúdo simplesmente simples e ao mesmo tem fantástico, interpretado de maneira grandiosa pelo Paulo Gustavo. O filme encanta pelo versatilidade do ator que em nenhum momento nos faz acreditar que não é uma mãe e sim um homem interpretando as milhares de mães que existem no grande Brasil. Ponto para direção de Pellens, que consegue construir em pouco tempo de filme, um pouco mais de 1h, uma história repleta de pequenos elementos do cotidiano da Dona Hermínia, que no pós crédito é explicado que ela é na vida real e de quem é essa história, imperdível.   Gostei de quase todo o elenco, mas principalmente da Suely Franco, atriz da velha guarda, que demonstra a frieza de ser a base das loucuras de Paulo Gustavo. Infelizmente apenas Ingrid Guimaraes que parece um pouco fora do contexto de seu personagem, principalmente porque a atriz não parece em nenhum momento visualmente dez anos mais nova que Paulo Gustavo. Maldades a parte, o filme brilha e vale a pena ser conferido, com orçamento de R$ 5,5 milhões, o filem chegou a linda receita R$ 50 milhões, mostrando que dá para fazer filmes nacionais lucrativos.

Multishow-Vai-Que-Cola-2-temporada-28AGOSTO2014

Curiosidades: Em abril de 2011, Paulo Gustavo menciona o filme em uma entrevista para o jornal Diário do Nordeste. “Estou captando recursos para o filme de “Minha mãe é uma peça” e continuo em turnê pelo Brasil” diz Paulo. O longa-metragem veio a ser confirmado um mês depois, em maio de 2011,com produção de André Ribeiro e Rafa Coleone  mas a produção só veio iniciar em novembro de 2012, também foi divulgado que as filmagens iriam iniciar ainda no mês anunciado e iria ser finalizada em dezembro de 2012, com filmagens ocorrendo na capital carioca e em Niterói. Sobre o roteiro, Paulo Gustavo informou que foi feito por ele e Felipe Braz. “Os personagens que são apenas citados no monólogo vão entrar na história”, diz Paulo Gustavo, que teve a ideia a partir do sucesso da peça Divã. O ator e autor também divulgou que convidou Marieta Severo, atriz que interpreta a personagem Nenê em A Grande Família, para fazer a irmã da personagem Hermínia, interpretada por Paulo. Em novembro de 2012, as filmagens do filme iniciaram, e depois de cinco semanas, veio a finalizar em dezembro de 2012. Na primeira semana de agosto, o longa “Minha Mãe é Uma Peça – O Filme” assumiu a posição de principal bilheteria do ano para uma produção nacional. O filme dirigido por André Pellenz arrecadou um total de R$ 45,8 milhões, contra R$ 44 milhões de “De Pernas pro Ar 2”, segundo filme brasileiro com maior bilheteria em 2013. Os dados são da consultoria Rentrak.

Papel-de-Parede-elenco-do-filme-minha-mae-e-uma-peca-35072

Minha Mãe é uma Peça 2:

Após atrair mais de 4,5 milhões de espectadores aos cinemas, Minha Mãe é uma Peça já tem uma sequência engatilhada. Ao menos esta é a vontade do protagonista Paulo Gustavo e da produtora Fil Braz. A grande novidade da continuação será a presença de Luana Piovani, que interpretará a nova namorada de Carlos Alberto (Herson Capri). Com isso Ingrid Guimarães, que participou do primeiro filme, não estará na sequência. Além dos atores já citados, o longa-metragem contará também com Rodrigo Pandolfo e Mariana Xavier, intérpretes de Juliano e Marcelina. A história irá girar em torno das tentativas de Dona Hermínia em encontrar um namorado, aproveitando a fama conquistada com seu programa de TV. O problema é que os possíveis relacionamentos nunca dão certo porque ela sempre coloca os filhos em primeiro lugar. Com o início das filmagens em 3 de abril de 2016, a continuação foi dirigida por César Rodrigues, que substituiu seu antecessor André Pellenz, e conta com o retorno dos atores do primeiro filme como Herson Capri, Rodrigo Pandolfo e Mariana Xavier. Também terá uma nova personagem da trama que é Lúcia Helena (Patrícya Travassos), irmã de dona Hermínia que foi morar nos Estados Unidos e volta para visitar a família.

filmes_3977_Minha-Mae-e-uma-Peca_10

Att.

Marcelo The Moura

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo