Jared Leto vs David Ayer = Esquadrão Suicida: - NoSet
Cinema

Jared Leto vs David Ayer = Esquadrão Suicida:

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar um pouco mais sobre as polêmicas do filme Esqadrão Suicida.

squad 2

Propaganda enganosa? Sim, em parte isso é verdade. A DC focou tanto no Coringa em seus trailers, em um personagem imortalizado nas mãos de Cesar Romero, Jack Nicholson, Heath Ledger e Mark Hamill (voz), que esqueceu que o filme se chamava Esquadrão Suicida, que tem como personagens principais o Pistoleiro (Will Smith) e a Arlequina (Margot Robbie). Então, nossas expectativas estavam a mil por hora e além disso, a escolha da vilã como Magia (Cara Delevingue) foi ruim, pois caiu aquela primeira premissa que o Universo Dc passaria próximo ao universo real. Mas o filme no geral não é ruim, nossas expectativas é que estavam acima do normal e do que foi apresentado.

squad 1

Uma rápida comparação da Marvel vs DC, temos o seguinte ranking, os cinco primeiro filmes da Marvel antes dos Vingadores (2012), como Thor, Capitão América e Homem de Ferro bateram a casa na bilheteria de no máximo US$ 500 milhões na média mundial, só no primeiro filme Vingadores é que falamos de bilheteria em 1,5 bilhões. Então, se pensarmos que a nova DC começou em Homem de Aço, depois SVB e agora Esquadrão Suicida, a média só nos primeiros dois filmes fica em quase US$ 700 milhões, muito superior a primeira frase da Marvel, se pensarmos que Esquadrão ainda está com bilheterias abertas e promete passar de pelo menos US$ 500 milhões.

LAS VEGAS, NV - APRIL 12: Actors Margot Robbie and Jared Leto of 'Suicide Squad' attends CinemaCon 2016 The State of the Industry: Past, Present and Future and STX Entertainment Presentation at The Colosseum at Caesars Palace during CinemaCon, the official convention of the National Association of Theatre Owners, on April, 12, 2016 in Las Vegas, Nevada. (Photo by Todd Williamson/Getty Images for CinemaCon)

Davied Ayer foi muito criticado por entregar um filme com muitos cortes, um enredo duvidoso e por fazer trailers que não contavam a história do filme. Bom, isso virou realmente um padrão da DC desde SvB, mas quero lembrar que em Vingadores: A Era de Ultron (2015), o que mais se viu foram críticas bem semelhantes, eram os cortes mal feitos, uma trama abaixo do esperado em um filme recheado de ação e efeitos especiais. Ayer teve muita dificuldade para entregar o filme, Will Smith brigou com o elenco, principalmente por seu estrelismo. Smith largou uma pequena fortuna em Independence Day 2 e 3 para fazer Esquadrão Suicida e exigiu o máximo de tudo por isso. Além disso, Leto, que agora se faz de bom moço nas mídias dizendo que gravou várias cenas que não foram aproveitadas, que vai largar tudo e deixar a vida seguir, deveria saber que no seu contrato não vem escrito produtor e diretor, e que sua atuação é claro, seria, e muito, comparada a Ledger. Não achei Leto ruim, pelo contrário, achei seu personagem diferente e em momentos um psicopata extremamente inteligente, igual as HQs clássicas.

O fato de ele tentar ser um Val Kilmer no filme The Doors (1991), onde ele só atendia pelo nome de Jim Morrison o tempo todo, inclusive fora das gravações, foi mais prejudicial para Lato do que a favor, pois novamente criou uma expectativa e divulgação para o filme que nãos se chamava O Coringa, mas sim Esquadrão Suicida. Essa bomba, mais novas gravações após SvB, só serviram para piorar a panela de pressão que o filme estava se tornando e finalmente, após as críticas modistas de sites como Tomatoes e outros nacionais, que usam a falta de argumento e modismo para ganhar ibope, a gota d’água.

suicide-squad-tattoo-cast

Novamente, o filme não é o que esperamos, principalmente porque esperamos mais do Coringa, do Batman e menos da Magia, mas mesmo assim o filme é, e muito, superior a muita coisa que já vimos, principalmente porque é bom e bem feitonas adaptações de seus personagens na transição das HQs para o cinema. Vou repetir uma das poucas boas críticas que li, temos que dividir o filme em dois estágios se quisermos ser sinceros quando avaliamos a obra de Ayer. Esquadrão Suicida, o filme sem as cenas do Coringa e Batman é bom e daria uma nota 7, com eles e toda a expectativa criada, uma nota 5.

suicide_squad_wrap

Gostou da matéria, é só seguir o meu instagram para acompanhar lançamentos e opinar: https://www.instagram.com/marcelo.moura.1253/

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo