A Franquia de Karate Kid de John G. Avildsen, Ralph Macchio e Pat Morita (1984 – 2010): - NoSet
Cinema

A Franquia de Karate Kid de John G. Avildsen, Ralph Macchio e Pat Morita (1984 – 2010):

Salve Nosetmaníacos. Moura assistiu a franquia e indica.

Karate Kid – A Hora da Verdade (1984):

Direção John G. Avildsen, produção Jerry Weintraub, roteiro Robert Mark Kamen, elenco Ralph Macchio, Noriyuki “Pat” Morita e Elisabeth Shue, distribuição Columbia Pictures. Com o incrível orçamento de US$8 milhõe e uma maravilhosa receita para época de US$ 91 milhóes, The Karate Kid é um filme de artes marciais e drama romântico norte-americano, seguindo o estilo de história underdog no molde do sucesso anterior de Avildsen de 1976, o filme Rocky. O filme conta a história de um jovem lutador que deseja aprender caratê, e para isso convence um experiente mestre a lhe dar aulas, que acabam por transformar-se em lições de vida. O filme foi um grande sucesso de público e continua popular até a atualidade. Também obteve comentários favoráveis da crítica, tendo Pat Morita recebido uma indicação de melhor ator coadjuvante ao Óscar daquele ano e também uma indicação na mesma categoria ao Globo de Ouro.

Sinopse: O jovem Daniel Larusso ou Daniel San (Ralph Macchio) e sua mãe (Randee Heller) recentemente se mudaram de Newark, Nova Jérsey para a região do Vale de São Fernando no sul da Califórnia. Porém, Daniel não consegue se ambientar em sua nova morada, até que conhece Ali Mills (Elisabeth Shue), uma garota atraente que gosta dele. Porém, a situação de Daniel se complica quando o ex-namorado de Ali, Johnny Lawrence (William Zabka), e sua gangue começam a atormentá-lo. Um dia, quando é cercado pela gangue de Johnny, ele é salvo por um Senhor Miyagi (Pat Morita), um velho mestre de caratê. Disposto a ajudar Daniel, Miyagi resolve passar-lhe os ensinamentos de sua arte marcial, para que ele possa se defender da gangue de Johnny, que também luta caratê. Então ele enfrenta a gangue em uma competição de luta. O filme é famoso por mostrar o ensaio de artes marciais por Daniel San por meio de atividades cotidianas do dia a dia, como limpar o carro ou pintar uma parede.

Curiosidades: De acordo com o comentário de edição especial em DVD, o estúdio originalmente queria o papel do Sr. Miyagi para ser interpretado por Toshiro Mifune, mas o escritor Robert Mark Kamen se opunha para a escolha de elenco. Mako Iwamatsu também foi considerado para o papel de Mr. Miyagi, mas não estava disponível devido a compromissos anteriores para filmar Conan the Destroyer, mas ele acabaria por desempenhar um papel semelhante no filme Sidekicks. A trilha sonora com músicas do filme foi lançado pela Casablanca Records. O destaque fica para Joe Esposito com “You’re the Best” que foi apresentada durante a montagem do torneio perto do final do filme. A música “Cruel Summer” sucesso de 1984 da banda Bananarama também está presente no filme, mas foi excluída do álbum da trilha sonora. “Moment of Truth” do Survivor é outra grande faixa que só é exibida nos créditos. Outras canções que aparecem na produção foram deixadas fora do álbum, incluindo “Please Answer Me”, interpretada por Edge Broken e “The Ride “, interpretada por The Matches. “The Ride” nunca foi lançada em nenhum álbum, mas foi disponibilizado no iTunes, Amazon.com e Rhapsody, em Abril de 2009 para o 25º aniversário do filme. O filme está classificado como número 31 na lista da Entertainment Weekly que elege os 50 melhores filmes de temática High School. O filme mantém 90% de aprovação no site especializado Rotten Tomatoes, com base em 41 comentários. Roger Ebert chamou o filme de melhor do ano, lhe dando quatro estrelas, de quatro possíveis, e o descreveu como um “excitante, dócil história comovente, com uma das amizades mais interessantes em muito tempo”. Janet Maslin do The New York Times também fez uma análise positiva. The Karate Kid provocou um grande impacto em Portugal, e um enorme sucesso também. Muitos miúdos e crianças na escola brincavam ao “Karate Kid”, brincadeira derivada do filme. A sua estreia na televisão ocorreu seis anos depois do seu lançamento. A estreia aconteceu na RTP1, na sexta-feira, dia 12 de Outubro de 1990, dia em que o filme foi transmitido na “Sessão da Noite” às 21 e 20, a seguir a um bloco de desenhos animados de 10 minutos. A partir daí, nunca mais o êxito do filme teve limite em terras de Afonso Henriques. Durante muitos anos, já mais tarde, a SIC ou a TVI passaram a reexibir este filme em ocasiões especiais, e estrearam as suas continuações na televisão. The Karate Kid gerou uma franquia de produtos relacionados e objetos, como figuras de ação, bandanas de cabeça, posters, camisas e um videogame, The Karate Kid (game). Uma curta série animada exibido na rede NBC em 1989. O filme teve três sequencias e lançou a carreira do ator Ralph Macchio, que iria se transformar em um ídolo teen na capa de revistas como a Tiger Beat. Ele revitalizou a carreira de Morita, anteriormente conhecido principalmente por seu papel cômico de Arnold em Happy Days, que foi indicado para o Oscar de melhor ator coadjuvante por sua performance como o Sr. Miyagi. Morita reprisou seu papel nas três seqüências que se seguiriam:

Karate Kid 2 – A Hora da Verdade Continua (1986):

Direção John G. Avildsen, produção Jerry Weintraub, William J. Cassidy, Susan Ekins e Karen Trudy Rosenfelt, roteiro Robert Mark Kamen, elenco Ralph Macchio, Pat Morita, Danny Kamekona, Yuji Okumoto, Tamlyn Tomita e Nobu McCarthy. The Karate Kid, Part II é um filme norte-americano do gênero drama e ação lançada no ano de 1986 dirigido novamente por John G. Avildsen e mantendo o elenco principal com Ralph Macchio e Pat Morita reprisando seus papeis como Daniel Larusso e Kesuke Miyagi respectivamente. O filme é a sequência de The Karate Kid de 1984.

Sinopse: Daniel LaRusso (Ralph Macchio) viaja para Okinawa pra visitar o pai de seu mestre Miyagi (Pat Morita) que se encontra muito doente. Mas esta será uma viagem que vai levar Miyagi de volta para encarar uma longa e amarga disputa com um de seus mais ferrenhos inimigos. Nessa viagem Daniel aprende muito a respeito da antiga tradição Japonesa e o preço da honra à medida que ele também se vê envolvido na odiosa vingança.

Curiosidades: Os locais de filmagem foram na ilha de Oahu, Hawaii nos Estados Unidos. As cenas de abertura para este filme têm lugar imediatamente após o final do primeiro e parecem perfeitamente amarrar os dois filmes juntos. Embora a cena de abertura da Parte II foi originalmente planejado para o final do primeiro filme, a cena do confronto no estacionamento foi filmado durante a Parte II. A música mais conhecida do filme foi “Glory of Love” de Peter Cetera que foi um hit nos E.U.A e recebeu uma indicação ao Oscar de Melhor Canção. Quando os personagens Daniel e Miyagi são conduzidos por Chozen e seu amigo depois de chegar na cidade de Okinawa, Chozen escuta músicas no rádio do carro até que ele atinja uma estação que toca “Fascination”, a mesma canção a que Ali e Johnny estavam dançando no club country no final da rodovia no filme original. A trilha sonora também é conhecida como sendo o último álbum lançado pela United Artists Records. Em 1987 nos Prêmios ASCAP, Bill Conti ganhou o Top Box Office Films para a música original, que foi lançada pela gravadora United Artists Records. Ele também recebeu uma outra indicação ao Oscar de Melhor Canção Original por “Glory of Love”. Em conformidade com a mudança do título do primeiro filme Karate Kid para o seu lançamento no Japão, a Parte II foi rebatizada de Best Kid 2 (Besuto kiddo 2).

Karate Kid 3 – O Desafio Final (1989):

Direção John G. Avildsen, produção Jerry Weintraub, Karen Trudy Rosenfelt, Sheldon Schrager e Doug Seelig, roteiro Robert Mark Kamen, elenco Ralph Macchio, Pat Morita, Thomas Ian Griffith, Martin Kove, Robyn Lively, Sean Kanan e Rafaela Giachinni. The Karate Kid, Part III é um filme norte-americano do gênero ação e drama lançado no ano de 1989. Foi dirigido novamente por John G. Avildsen e estrelado pelos astros dos filmes anteriores Ralph Macchio, totalmente fora do peso e sem vontade de estar mais na franquia, e Pat Morita. Neste filme, o diretor tenta resgatar a ideia original e repetir o sucesso do primeiro filme. Está tudo lá, o torneio de Karatê, a academia Cobra Kai, e os belos cenários da California, além de uma personagem feminina junto ao protagonista, mas que desta vez não se envolve amorosamente. É o terceiro filme da série Karate Kid, sendo o último com o ator Ralph Macchio.

Sinopse: Em Los Angeles, Daniel (Ralph Macchio) é desafiado por um lutador de karatê que quer destruir seu mestre, Miyagi (Pat Morita). Inicialmente ele reluta em aceitar o desafio, mas termina sendo obrigado a aceitá-lo. Porém, desta vez ele não conta inicialmente com o apoio de seu mestre, que defende os ideais de defesa e sabedoria do karatê não seus títulos, mas com uma situação difícil em vista treinou Daniel a arte do Kata

Curiosidades: The Karate Kid, Part III foi produzido pela Columbia Pictures e pelo Weintraub International Group. Sendo lançado nos Estados Unidos dia 30 de Junho de 1989, na França dia 19 de Julho e em Portugal dia 25 de Agosto do mesmo ano. O filme recebeu críticas negativas, sendo rejeitado pelos principais críticos de cinema. A já mencionada fórmula do sucesso do primeiro filme, não emplacou aqui. A falta de aptidão do ator Ralph Macchio para artes marciais, que no primeiro filme foi tolerável por ele aparentar ser apenas um menino franzino, aqui não se faz presente, o ator estava com 27 anos na época. A produção pecou em sugerir ao público que havia passado apenas um ano, mas na verdade eram 5 do primeiro filme. As belas cenas de Kata com o litoral californiano ao fundo e as frases prontas do senhor Myiagi, em 1989, não surtiram mais efeito. Personagens como Jessica e Mike plagiam claramente os personagens Ali e Johnny do primeiro filme. Esse filme fez negócios consideravelmente menores do que os dois primeiros filmes da série, agregando apenas US$ 39 milhões nas bilheterias. Além de ser o início da decadência do ator Ralph Macchio, tanto que no 4º filme, foi substituído pela atriz Hilary Swank. Depois do filme receber várias críticas negativas, contando a atuação exagerada de Macchio, Ralph até trabalhou em outros filmes como em “Meu Primo Vinny” (1992), ao lado de Marisa Tomei, que não teve muito destaque.  No premio de Framboesa de Ouro, o filme recebeu 5 indicações, nas categorias de pior filme, pior diretor, pior ator (Ralph Macchio), pior ator coadjuvante (Pat Morita) e pior roteiro.

Karate Kid 4 – A Nova Aventura (1994):

Direção  Christopher Cain, produção Jerry Weintraub, Susan Ekins e R.J. Louis, roteiro Mark Lee, elenco Hilary Swank, Pat Morita, Michael Ironside, Constance Towers e Chris Conrad, distribuição Columbia Pictures. The Next Karate Kid é um filme americano do gênero drama e ação. Este é o quarto filme da série The Karate Kid, sendo o último com a presença do personagem Kesuke Miyagi interpretado por Pat Morita. O filme foi lançado primeiramente na Bélgica em 3 de Agosto de 1994; no mesmo ano teve sua estreia nos Estados Unidos em 12 de Agost, em Portugal em 16 de Dezembro e no Brasil, o filme estreou em 12 de janeiro de 1995.

Sinopse: Durante as comemorações pelos soldados japoneses que lutaram na Segunda Guerra Mundial, o mestre Miyagi encontra a viúva de seu comandante. Ela apresenta a ele a neta Julie, uma adolescente problemática que sofre pela perda dos pais. O senhor Miyagi decide ensinar karatê à jovem para que ela encontre o caminho certo para a sua vida.

Curiosidades: As cenas interiores e exteriores foram filmadas no Brookline High School. O filme foi o maior fracasso da franquia tanto de público quanto de crítica, Karatê Kid – A Nova Aventura, recebeu apenas 6% de aprovação dos site especializado Rotten Tomatoes, arrecadando apenas US$ 9 milhões nas bilheterias. A ganhadora do Oscar, Hilary Swank, tem uma estreia abaixo do esperado no filme da franquia de karate Kid, Sorte da atriz logo se recuperou em filmes como P.S Eu te Amo, Menina de Ouro e Meninos não Choram, mostrando todo talento desta atriz com vários filmes em seu repertório.

Karatê Kid (2010):

Direção Harald Zwart, produção Jerry Weintraub, Will Smith, Jada Pinkett Smith, James Lassiter e Ken Stovitz, roteiro de Script Christopher Murphey, roteiro Robert Mark Kamen, elenco Jaden Smith, Jackie Chan, Taraji P. Henson, Zhenwei Wang, Yu Rongguang e Wen Wen Han, distribuição Sony/Columbia. Com orçamento de US$ 40 milhões, o nova versão da franquia fez a belíssima receita de US$ 360 milhões em todo mundo. The Karate Kid conhecido como The Kung Fu Dream na China e Best Kid no Japão e Coreia do Sul é um filme norte-americano-chinês dos gêneros ação e drama. O filme é um reboot do filme original de 1984.

Sinopse: Dre Parker (Jaden Smith) é um garoto de 12 anos que poderia ser o mais popular da cidade de Detroit, Estados Unidos, mas a carreira de sua mãe acaba os levando para a cidade de Pequim, na China. No novo país, Dre se apaixona pela sua colega de classe Mei Yin, que torna-se sua amiga, mas as diferenças culturais tornam essa amizade impossível. Pior ainda, os sentimentos de Dre fazem com que o aluno mais brigão da sala e prodígio do Kung Fu, Cheng, torne-se seu inimigo, fazendo com que Dre sofra bullying nas mãos dos amigos de Cheng, sem poder reagir. Sem amigos na nova cidade, Dre não tem a quem recorrer exceto ao zelador do seu prédio Mr. Han (Jackie Chan), que é secretamente um mestre do Kung Fu. À medida que Han ensina Dre que o Kung Fu é muito mais que socos e habilidade, mas sim maturidade e calma, Dre percebe que encarar os brigões da turma será a aventura de uma vida. E os ensinamentos de seu mestre o torna forte e explica o que é o verdadeiro Kung-Fu.

Curiosidades: A música oficial do filme é “Never Say Never”. Ela foi escrita por Adam Messinger e produzida pelos The Messengers. Foi cantada por Justin Bieber e Jaden Smith. O vídeo clipe foi divulgado em 31 de Maio de 2010. “Remember the Name” por Fort Minor foi utilizada no trailer para promover o filme. “Hip Song” cantado por Rain foi utilizada para promover os países da Ásia e apareceu no trailer do filme. O vídeo clipe foi divulgado em 22 de Maio de 2010. Detroit e Pequim foram as cidades que serviram de locação para a história. A trilha sonora do filme foi lançada em Junho de 2010 pela gravadora Madison Gate Records. O álbum possui canções famosas como Back in Black, Poker Face, Higher Ground e Low. O filme estreou em primeiro lugar nas bilheterias americanas, arrecadando US$ 56 milhões em seus primeiros três dias. The Karate Kid recebeu críticas geralmente positivas, obtendo uma média de 67% de aprovação no Rotten Tomatoes, que se baseou em 183 críticas recolhidas. Por comparação, o Metacritic calculou uma média de 61/100, através de 37 críticas. Apesar do filme ter o estilo de ensinamentos e luta do Kung Fu, por uma questão de Marketing e para atrair os fãs da franquia original, optou-se pelo enredo e nome do filme como karate Kid.

Att.

Marcelo The Moura

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo