Crítica: Escobar - A Traição | Inspirado no livro "Amando Pablo, Odiando Escobar" - NoSet
Cinema

Crítica: Escobar – A Traição | Inspirado no livro “Amando Pablo, Odiando Escobar”

Pablo Emilio Escobar Gaviria (1949 – 1993) foi um dos maiores narcotraficantes da história, o colombiano ganhou fama mundial como: “o senhor da droga colombiano”, “o rei do tráfico”, entre outros. Sua história já inspirou muitos curtas, documentários e até séries, inclusive, a série americana e de co-produção Colombiana; Narcos, que é distribuída pela plataforma de streaming Netflix e tem Wagner Moura como protagonista na pele de Pablo Escobar.

Diferente de outras obras já produzidas sobre a vida do traficante; Escobar – A Traição é uma adaptação do livro “Amando Pablo, Odiando Escobar” que foi escrito pela jornalista e ex-amante de Pablo, Virginia Vallejo. Ela narra desde o momento que conheceu Pablo, o relacionamento dos dois e tudo que presenciou e vivenciou ao lado do traficante nesse submundo das drogas.

Capa do livro “Amando Pablo, Odiando Escobar” escrito por Virginia Vallejo e que deu origem ao filme.

O filme é bem rico em detalhes, com uma carga dramática muito grande que pela temática nos remete um pouco a filmes nacionais como: Cidade de Deus, Tropa de Elite 2, entre outros títulos que mostra como funcionam todos os mecanismos do tráfico de drogas, como um homem com o porte de Pablo Escobar se articula e até que ponto chega para manter o “negócio” e o padrão de vida.

O longa foi escrito e dirigido por Fernando León de Aranoa (Diretor em Um Dia Perfeito,2015) que pelo visto mergulhou fundo nessa empreitada, pois apesar de não ter lido o livro – ainda – suponho que ele tenha feito um excelente trabalho, uma vez que ele consegue mesclar perfeitamente os momentos de Escobar com Virginia, a vida agitada do traficante e até os momentos (mesmo que pequenos) dele com a família, que é o que ele tem de mais precioso. Se Fernando não soubesse conduzir bem os fatos, o que poderia acontecer era ele focar no relacionamento de Pablo com a amante Virginia e suas consequências, e acabaria tudo virando uma grande novela mexicana.

O elenco é de tirar o fôlego de tão bem encarnados Javier Bardem faz Pablo e também é um dos produtores e Penélope Cruz interpreta Virginia, ambos possuem uma química muito boa, mas isso tem explicação os atores são casados fora das telonas, ficaram juntos depois de contracenarem em Vicky Cristina Barcelona (2008), casaram-se em 2010, mas anteriormente já trabalharam juntos em dois outros filmes: Jamón, Jamón (1992) e Carne Trêmula (1997). Além deles o elenco conta com Peter Sarsgaard vivendo Shepard, um policial investigador americano que trabalha no consulado dos Estados Unidos na Colômbia e é quem mais persegue Escobar. Já Julieth Restrepo vive a esposa de Escobar, Maria Vitoria Henao, um papel impactante também, dá mulher que apesar de tudo está ao lado do homem que ama, mas sabe a realidade da vida deles e preza pelo bem estar dos filhos.

Em Resumo, Escobar – A Traição é um bom filme, não sabemos o quanto daquilo ali pode ser ou de fato é verdade, mas sabemos que a realidade da vida de um dos maiores traficantes do mundo não deve ter sido muito diferente daquilo. Uma história impactante, dramática e ao mesmo tempo envolvente por ter essa narração detalhista de uma mulher e sua perspectiva. Vale a pena pela ação também e percepção que temos da inteligência dessa figura que foi Pablo Escobar.

Nota: 

Trailler

Título Original: Loving Pablo

Direção: Fernando León de Aranoa

Elenco: Javier Bardem, Penélope Cruz, Peter Sarsgaard, Julieth Restrepo, Óscar Jaenada, Juan Sebástian Calero, Joavany Alvarez

Sinopse: 1981, Colômbia. Líder do Cartel de Medellín, Pablo Escobar (Javier Bardem) é um dos maiores traficantes de cocaína para os Estados Unidos, o que faz com que governo de Ronald Reagan insista na criação de um tratado entre os dois países que permita que ele seja julgado em solo americano. Decidido a combater tal ideia, Escobar se candidata e é eleito deputado federal. Paralelamente, ele se envolve com Virginia Vallejo (Penélope Cruz), uma popular apresentadora de TV que não se importa em como o amante consegue sua fortuna, apenas em como o dinheiro é empregado.

Quer ganhar par de ingressos para assistir este filme? Preencha o formulário abaixo, o resultado sairá no próximo podcast no dia 23/08/2018, boa sorte!

[contact-form][contact-field label=”Nome” type=”name” required=”1″][contact-field label=”E-mail” type=”email” required=”1″][contact-field label=”Endereço:” type=”textarea”][/contact-form]

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo