Como Treinar O Seu Dragão 3: O Mundo Escondido (2019) - NoSet
Cinema

Como Treinar O Seu Dragão 3: O Mundo Escondido (2019)

Salve Nosetmaníacos, eu sou o Marcelo Moura e hoje vamos falar de uma franquia de sucesso nos cinemas e na TV, que aparentemente dá seu adeus e encerra um capítulo de bons resultados.

Como Treinar O Seu Dragão 3: O Mundo Escondido: Direção Dean DeBlois, produção Bonnie Arnold e Brad Lewis, roteiro Dean DeBlois, baseado em How to Train Your Dragon de Cressida Cowell. Elenco Jay Baruchel, America Ferrera, Cate Blanchett, Craig Ferguson, Kit Harington e F. Murray Abraham. Companhias produtoras DreamWorks Animation e Reel FX Creative Studios, distribuição Universal Studios. Lançamento nos Estados Unidos em 22 de fevereiro de 2019 e no Brasil em 17 de Janeiro de 2019.

Sinopse: “Enquanto Soluço realiza seu sonho de criar uma utopia pacífica com os dragões, Banguela descobre uma companheira indomável, que atrai o Fúria da Noite para longe. Quando o perigo aumenta e o reinado de Soluço como chefe da aldeia é testado, tanto ele quanto o dragão precisam tomar decisões impossíveis para salvar suas espécies.”

Crítica Sem Spoilers: Como Treinar O Seu Dragão é uma interessante franquia de aventura viking da toda poderosa DreamWorks Animation que nos pegou de surpresa, com uma longínqua série para TV, uma trilogia fechando este ano de animações cinematográficas e vários brinquedos, principalmente do seu mascote mais famoso e preferido, Banguela, com quase dez anos de produções.

O primeiro filme de 2010 teve um alto orçamento para uma animação, US$ 165 milhões e não fez feio como uma receita de US$ 495 milhões em todo mundo. O segundo filme de 2014 teve um orçamento um pouco mais enxuto, US$ 145 milhões e um a receita maior ainda chegando a casa dos US$ 622 milhões, um bilheteria que muitos filmes de grande porte suariam para chegar.  Em sua última aventura nos cinemas, com um orçamento mais enxuto ainda, de US$ 129 milhões.

Só com isso, Dreamworks garantiu já sua o custo de sua produção com US$173 milhões, mas ainda tem muita água para descer ladeira e garantir um resultado melhor. Mais de um bilhão nos cinemas por três filmes traz respeito a toda poderosa Dreamworks e dos seus fundadores, Spielberg, Katzenberg e Geffen. Só para lembrar como curiosidade, a principal concorrente da Disney está por detrás das grandes sucessos animados como Sherk, Madagascar e Kung Fu Panda, unanimidades de sucesso e bilheteria garantida.

Voltando ao filme, se no primeiro filme tivemos o descobrimento de Soluço como guerreiro e domador de dragões, ganhando a confiança de seu pai, seus amigos e sua vila, no segundo filme foi mostrado seu amadurecimento como um líder sucessor de seu pai e o respeito de sua vila. A premissa do terceiro filme e fechamento está no amadurecimento de toda esta relação, tanto para o Soluço quanto o banguela. Os dois devem assumir a responsabilidade de seu povo separadamente, humana e dragões, e salvá-los de um terrível vilão. Diversão garantida, um fechamento digno e um sentimento de saudades no final do filme.

Curiosidades: Existiam dúvidas sobre uma seqüência do primeiro filme, mas foi confirmado que ‘com certeza, seriam lançadas mais duas sequências, talvez mais, mas pelo menos três’ pelo CEO Da DreamWorks Animation, Jeffrey Katzenberg, na época em que apenas o primeiro filme da série havia sido lançado, assim confirmado de que fato um terceiro filme seria produzido no futuro. Na época em que o segundo filme da série estava sendo roteirizado, em junho de 2011, Dean Deblois, um dos roteiristas da série, disse que ‘personagens e situações do segundo filme se tornarão muito mais cruciais no terceiro filme’ mais uma vez confirmando que um terceiro filme seria produzido pela Dreamworks depois do lançamento do segundo.

Em uma entrevista feita de 2012, Dean Deblois afirmou que o terceiro filme seria lançado em 2016. Em agosto de 2012, A autora original dos livros que inspiraram a série de filmes, Cressida Cowell, afirmou que a ‘trilogia de filmes e os livros teriam finais semelhantes, explicando o porque do sumiço dos dragões’. Em setembro de 2012, a 20th Century Fox anunciou que o terceiro filme seria lançado no dia 18 de junho de 2016, mas mudou para 17 de junho, um dia antes, pouco tempo depois. Em 2014, a data de lançamento foi adiada para 2017. O motivo foi que ‘os filmes demoravam cerca de três anos para produzir’ e mais de acordo com Dean Deblois em janeiro de 2015, a data de lançamento foi movida para 29 de junho de 2017, e finalmente movida para 17 de janeiro de 2019.

 

Clique para comentar

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Topo